Devaneios da Bel: Um Olhar de Amor – Os Sullivans de São Francisco #1 – Bella Andre



Título: Um Olhar de Amor – Os Sullivans de São Francisco #1
Título original: The Look of Love
Autor(a): Bella Andre
Tradução: Bárbara Menezes
Editora: Novo Conceito
Páginas: 254
Ano: 2012
Gênero: Ficção, Romance, Romance Estrangeiro

Sinopse: Chloe Peterson está tendo uma noite ruim - o machucado grande em sua bochecha pode provar isso. E quando seu carro patina para fora da estrada molhada em direção a uma vala, ela está convencida de que até o cara maravilhoso que a salvou do meio da tempestade deve ser muito bom para ser verdade. Por ser um fotógrafo de sucesso que viaja frequentemente pelo mundo, Chase Sullivan tem seu jeito com mulheres bonitas, e quando ele está em casa, em São Francisco, um de seus sete irmãos normalmente está acordado para começar um pouco de diversão. Chase acha que sua vida é ótima do jeito que está - até a noite que encontra Chloe e seu carro destruído na rodovia Napa Valley. Não apenas nunca tinha conhecido alguém tão adorável, por dentro e por fora, mas como também percebe que ela tem problemas maiores do que seu carro batido. Logo, ele será capaz de mover montanhas por amor - e proteção - a ela, mas ela deixará? Chloe prometeu nunca cometer o erro de confiar em um homem novamente. Mas a cada olhar que Chase lança a ela - e a cada carinho doce e pecaminoso - conforme a atração entre eles sai faísca e esquenta, ela não pode fazer nada a não ser se perguntar se encontrou a única exceção. Apesar de Chase não perceber que sua vida mudaria para melhor em um instante para sempre, ele não é o único a querer lutar por essa mudança. Ao contrário, ele está se preparando para uma luta pelo coração de Chloe.

Resenhar séries, ainda mais séries longas, é sempre complicado, porque se a série está terminada, podemos analisar livro por livro, se não está, temos que ficar esperando até o próximo lançamento. Aqui eu dei sorte, já são 19 livros dessa série específica. Pensando bem, dá para ficar até o final do ano só resenhando os livros de Bella. Poderia ter escolhido Nora Roberts, aí ficaria o resto da vida... Vamos lá.

Um Olhar de Amor é o livro um da série sobre os Sullivans, os homens dos sonhos de quase toda a população feminina do planeta Terra. Eles são lindos, ricos e educados. Todos os meninos Sullivans são solteiros. Ou eram até começar a série.
Na apresentação dos mocinhos dos sonhos, conhecemos Chase, um fotógrafo conhecido, bem relacionado, que está trabalhando em um editorial de moda, nos vinhedos do irmão mais velho – que não é importante ainda, mas terá um livro para chamar de seu.
Chase é um cara honesto, bom caráter, mulherengo e bon vivant, irmão presente e um cara sempre alegre, apesar de sofrer com a perda do pai.
Durante as sessões de foto ele conhece – ou melhor, ele salva – Chloe Peterson, uma mulher bonita, mas sofrida, com um passado recente que a atormenta e persegue. Ela quer seguir em frente, mas um ex-marido violento não permite. Engraçado, não tinha notado até chegar a essa parte da minha resenha que o tema é algo próximo demais da nossa atual realidade, mas vida que segue.
Chloe está fugindo do passado, fugindo das humilhações e da violência. Tentando deixar para trás os sonhos desfeitos, a dor de se culpar por escolhas ruins. Chloe é “perto de casa” demais para muitas e muitas mulheres ao redor do mundo.
O encontro é rápido, o desejo que um sente pelo outro é avassalador, a “dança” entre os personagens, criando e desfazendo situações, desculpas, razões para ficarem juntos ou para se afastarem de vez, mas tudo faz sentido. É real.
O que não funciona é a passividade de Chloe. Quando ela toma as rédeas de sua vida e abandona o marido abusador, ela é forte e dona de seu próprio destino. Aí ela conhece Chase e vira Rapunzel, da Disney, esperando ser resgatada. Deixou que um homem – novamente – decidisse tudo por ela.

“... a verdadeira força vem de aprender a confiar novamente.” 

Bella Andre tem uma magia literária, os livros são romances fofos, com histórias delicadas e simples, enredos sem grandes reviravoltas, mas que prendem o leitor – principalmente os que estão dispostos a se entregar a essas tramas.
Mais uma coisa que me irritou profundamente? Sexo. Sim, eu sei que sexo vende e que as leitoras de Bella esperam calor escapando das páginas, mas são cenas demais, sexo demais, sexo longo demais. Pulei todas as cenas, elas não acrescentavam nada na trama.
Chase, o fotógrafo, e Chloe, a artesão, formam um casal meio modorrento. Ele corre atrás dela e ela corre dele. Depois se encontram, aceitam que foram feitos um para o outro e tudo se acerta.
Leitura boa para uma tarde de preguiça. Recomendo.
Nota? Três.

Nascida em 1972, em Volta Redonda - RJ, jornalista, escritora, curiosa, observadora e que ama conversar com as pessoas e ouvir suas histórias. Escrever é mais quem um hobby para ela, é um vício. Um bastante saudável até. E para mantê-lo é preciso ler, ler muito e depois ler mais um pouco. Além de assistir muitos filmes e de conversar com muitas pessoas - na fila do banco, do mercado, na pr

Nenhum comentário