Devaneios da Bel: Outra Vez Você (Série Santuário Livro2) – Nina Reis




Título: Outra Vez Você (Série Santuário Livro 2)
Título original: Outra Vez Você (Série Santuário Livro 2)
Autor(a): Nina Reis
Tradução:
Editora: Independente
Páginas: 95
Ano: 2013

Sinopse Amazon: Dez anos antes...Uma jovem é sequestrada por guerrilheiros.
Após meses de negociações frustradas, uma equipe de mercenários e chamada para o resgate. Soldados de elite, especializados em situações de alto risco.
Um soldado cujo o lema é "Honorare ad Finen". Um homem com uma missão.
Duas almas unidas pela dor, que se encontram em um momento limite e descobrem nos braços um do outro, uma paixão tão intensa que é capaz de unir suas vidas para sempre.
Em meio a uma longa jornada, transformaram dor e paixão em um amor tão profundo, que é capaz de unir um homem que descobre dentro de si uma sensibilidade que ele esconde de si mesmo e uma mulher que encontrou a força de reconstruir a vida e a coragem de se entregar a um amor maior que o tempo. 
A equipe especial de Caetano está de volta. Quem leu A História de Nós Dois, livro 1 da Série Santuário, lembra de Caetano e Marina, o “mercenário e a freira”. Agora vamos conhecer mais um integrante do clã do líder da equipe. Borregard (Bo) é um homem forte, destemido e que leva a vida vivendo um dia de cada vez. Até que uma jovem sequestrada muda seu foco. Alicia passou por maus bocados, teve parte dos sonhos prejudicados porque era a pessoa errada, no local errado. Levada por guerrilheiros a jovem passa por situações desesperadoras até ser resgata quando as negociações não funcionam mais.
Fragilizada, com o psicológico em frangalhos, Alicia se agarra a força de Bo, nascendo um casal improvável: a menina “quebrada” e o guerreiro invencível.
Nina tem o talento de envolver o leitor em suas narrativas, onde usa a delicadeza para contar até mesmo as passagens menos agradáveis.
Outra Vez Você é narrado em terceira pessoa, no passado, algo que os leitores tendem a rejeitar, mas que acaba criando uma empatia com quem está lendo a história, porque dá a chance de conhecer ângulos diferentes da narrativa. O que aqui se torna necessário, porque o livro não é um romance apenas, ele é recheado de cenas de ação (assim como algum drama).
Há uma passagem de tempo de 10 anos, entre o primeiro encontro, quando Bo resgata Alicia do inferno e o reencontro deles. Bo, um homem endurecido pela vida, acredita que depois de ver Alicia em seu pior e de viver uma intensa, mas, em sua opinião, fugaz paixão o melhor é se afastar e deixar que ela viva sua própria vida e se recupere de tudo o que passou. Nenhum dos dois acredita nisso, mas é o que acontece.
Quando se reencontram têm muita coisa para conversar e acertar. Nina consegue construir dois personagens intrigantes e com várias nuances, mostrando que o amor pode surgir e nos atropelar onde menos esperamos. Alicia e Bo não são simples, não vivem um amor sem problemas, talvez seja essa complexidade que os torna tão intrigantes.
Por ser um livro curto dá para ler rapidinho, menos de um dia.
Nota? Quatro.

Nascida em 1972, em Volta Redonda - RJ, jornalista, escritora, curiosa, observadora e que ama conversar com as pessoas e ouvir suas histórias. Escrever é mais quem um hobby para ela, é um vício. Um bastante saudável até. E para mantê-lo é preciso ler, ler muito e depois ler mais um pouco. Além de assistir muitos filmes e de conversar com muitas pessoas - na fila do banco, do mercado, na pr

Nenhum comentário