Leituras da Mari: Os Pilares da Terra



Ok, eu não vou fingir que essa foi uma leitura rápida, pois não foi. São mais de 900 páginas de texto com bastante descrição, tanto de ambientes quanto de vestimentas e personagens. Ainda assim, foi uma leitura bastante interessante.

A história de Pilares da Terra tem o foco inicial na construção da Catedral de Kingsbridge. Tom sempre sonhou em ter a oportunidade de construir algo grandioso, que deixasse sua marca no mundo, como uma catedral e após o incêndio e destruição da antiga catedral viu ali apresentada a oportunidade de realizar o seu sonho.

A uma primeira vista, parece tudo bem "chatinho": um cara construindo uma catedral por páginas e páginas... Contudo, não é bem assim que as coisas funcionam. Uma nova, bela e ampliada catedral envolve mais do que apenas fé, mas migração de visitantes das cidades maiores e mais próximas para aquela, o que significaria que o dinheiro deles estaria "migrando" de uma cidade para a outra... E quando se mexe com dinheiro, não importa o século, a coisa fica bem feia.


Intrigas, inveja, mortes, traições... Tudo isso é possível encontrar em Pilares da Terra. Follett escreveu uma obra detalhada, que nos conduz por uma viagem no tempo com uma coerência histórica em relação à época (porque a cidade em si é fictícia, assim como os personagens) impressionante. O final então... É surpreendente, emocionante. 

Leitura super recomendada.

Sinopse: Os Pilares da Terra conta uma épica história que mistura o bom e o mau, traições, intrigas, violência e beleza. Ambientada em um cenário de guerra, conflitos religiosos e disputas de poder que destruirão famílias e vidas. Enquanto isso, uma magnífica Catedral, em Kingsdridge, começa a crescer, com o sonho de Tom.

Nascida em 1983, carioca, casa. Bacharel em Fonoaudiologia, licenciada em Letras-Inglês e pós graduada em Psicopedagogia. É revisora literária e autora da obra A Beleza de um Cacto.

Nenhum comentário