Devaneios da Bel: The Murder Notebooks



Título: The Murder Notebooks
Título original: The Murder Notebooks
Páginas: - 
Autor(a): Anne Cassidy
Tradução: Viviane Diniz
Editora: Rocco
Ano: 2012-2014
Gênero: Jovens e Adolescentes, Literatura e Ficção, Mistério e Suspense, Românticos

Vocês topam passar quatro semanas na companhia de uma agradável e pouco convencional senhora inglesa?
Anne Cassidy nasceu em Londres em 1952 e trabalhou por alguns anos como professora antes de se tornar escritora em tempo integral.
Ela é especialista em histórias de crime e thrillers para adolescentes, e escreveu uma série de livros de A Family Affair (1995); Accidental Death (1996); End of the Line (1996); No Through Road (1996); Brotherly Love (1997); Death by Drowning (1999); Killing Time (1999); e Dead Quiet (2000).
Seus livros também incluem Missing Judy (2002), a história de Kim, cuja irmã Judy está desaparecida há seis anos, e Looking for JJ (2004). JJ é Jennifer Jones, uma garota que é libertada depois de cumprir uma sentença por homicídio culposo por um crime que cometeu quando tinha dez anos de idade. Este livro foi finalista do prêmio Whitbread Children's Book de 2004 e ganhou o prêmio Booktrust Teenage.
Assim como sua ficção policial, Anne Cassidy também escreveu livros para crianças menores, com o objetivo de levá-los à leitura. Estes incluem Tadpoles, por exemplo, Ben's Rocket (2015) e Must Know Stories, incluindo clássicos como Cinderella (2014).
Seus livros recentes incluem “A história da minha vida” (2007), a história de Kevin, um adolescente que é atraído pelo crime; Esqueça-me Não (2008); Apenas ciumento (2009); e Heart Burn (2011).
Nas próximas quatro semanas vou resenhar sua série mais conhecida no Brasil: The Murder Notebooks, que é composta pelos livros:

Livro 1: Hora Morta (Dead Time)

Hora morta é o primeiro livro da série The Murder Notebooks, da britânica Anne Cassidy, cujas histórias fazem sucesso entre adolescentes e adultos ao redor do mundo. Durante três anos, Rose Smith viveu feliz ao lado da mãe, Kathy, do padrasto, Brendan, e de Joshua, filho de Brendan. Tudo mudou quando, uma noite, Kathy e Brendan saíram para um jantar a dois e desapareceram, deixando os filhos adolescentes para trás. Enquanto Rose passou a morar em Londres com a avó materna, Anna, que ela sequer conhecia, Joshua foi mandado para a casa de um tio em Newcastle.

Cinco anos depois, Rose e Joshua estão prestes a se ver pela primeira vez desde que foram morar em casas separadas. Mas um crime em uma estação de trem força os dois a adiarem o encontro e acaba por envolvê-los em um jogo perigoso, que inclui assassinato, bullying, ciúme e intrigas. Paralelamente, Joshua investiga o desaparecimento do pai e da madrasta com a ajuda do amigo Skeggsie, sem saber que chegar perto da verdade pode colocar sua vida em risco.

Ao longo da investigação comandada por Joshua, surge uma pista: Frank Palmer, que trabalhou com o pai do jovem na polícia, garante que Brendan e Kathy estão vivos. Embora Frank se recuse a dar mais informações, ele acaba apresentando, sem querer, peças que podem ajudar a solucionar o mistério – seis cadernos com anotações em código, mapas e fotos.

Além da preocupação com a própria segurança e o desejo de saber o paradeiro da mãe e do padrasto, a solitária Rose precisa lidar com as incertezas de seu coração. Sentindo-se cada vez mais atraída por Joshua, ela questiona se o que os une é uma relação de irmãos ou algo mais. E tudo fica ainda mais confuso quando ela descobre outro ponto em comum: eles fizeram tatuagens de borboleta, do mesmo jeito que os pais e Frank. Como o desenho do inseto se encaixa no quebra-cabeça? Dê as mãos a Anne Cassidy e mergulhe no universo de Hora morta para começar a decifrar The Murder Notebooks.



Livro 2: A Morte de Rachel (Killing Rachel)

A busca de Rose Smith e Joshua Johnson por seus pais continua. Em A morte de Rachel, segundo livro da série The Murder Notebooks, a britânica Anne Cassidy mostra a dupla às voltas com os cadernos criptografados que podem ser a chave para o súbito desaparecimento de Kathy, mãe de Rose, e Brendan, pai de Joshua. Mas um novo mistério aparece no caminho dos dois: Rachel Bliss, com quem Rose não falava desde a época em que estudavam juntas, é encontrada morta depois de várias tentativas de entrar em contato com a antiga amiga. Além da angústia de ignorar o que houve com a mãe e de uma ponta de remorso por não ter levado Rachel a sério, Rose precisa lidar com os próprios sentimentos em relação a Joshua. A cada dia, cresce a atração que ela sente pelo rapaz, mas paira a dúvida no ar: será que ele a vê apenas como amiga? Afinal, antes de seus pais desaparecerem os quatro formavam uma família e, nessas condições, os dois jovens seriam como irmãos. Para complicar ainda mais a cabeça de Rose, ela encontra uma carta que Rachel jamais lhe enviou, com informações sobre Kathy e Brendan obtidas depois que o casal sumiu. Seria uma outra mentira de Rachel ou a confirmação de que os policiais poderiam estar vivos? A intuição de Joshua estará certa e a ida a Norfolk trará respostas? Em mais uma trama repleta de suspense, Anne Cassidy faz os leitores perderem o fôlego e darem mais um passo na direção de decifrarem o mistério em The Murder Notebooks.


Livro 3: O Túmulo da Borboleta (Butterfly Grave)

É véspera de Natal, e o tio de Joshua sofre um acidente que o deixa em coma. Determinados a ajudar, Rose, Joshua e o amigo Skeggsie decidem visitá-lo em Newcastle. Na viagem, Josh está convencido de que alguém está seguindo-os. Será que ele está imaginando coisas?

Nenhum deles sabe em quem confiar. O tio de Josh tem um passado obscuro que envolve um assassinato. Enquanto Rose fica obcecada por pistas de antigos casos de homicídio não resolvidos e Joshua alimenta a paranoia de que alguém está espiando cada passo que dão, uma morte inesperada e brutal ocorre na cidade.
O túmulo da borboleta é o terceiro livro da série The Murder Notebooks, de Anne Cassidy. Um thriller tenso e ágil, perfeito para o público juvenil.


Livro 4: Dias Sombrios (Dead and Buried)

Sete dias se passaram desde que a mãe de Rose e o pai de Joshua desapareceram. Enquanto a polícia investiga o paradeiro do casal, os irmãos se hospedam na casa de Paul e Alice Towsend, o casal do lar adotivo provisório. Tudo o que eles sabem é que nenhum corpo foi encontrado. E sem mais nenhuma pista só lhes resta a esperança.








Então é isso, nos vemos na semana que vem com o primeiro livro!

Nascida em 1972, em Volta Redonda - RJ, jornalista, escritora, curiosa, observadora e que ama conversar com as pessoas e ouvir suas histórias. Escrever é mais quem um hobby para ela, é um vício. Um bastante saudável até. E para mantê-lo é preciso ler, ler muito e depois ler mais um pouco. Além de assistir muitos filmes e de conversar com muitas pessoas - na fila do banco, do mercado, na pr

Nenhum comentário