Devaneios da Bel: Tão Perto (Homens de Roterdã Livro 1)





Título: Tão Perto - Homens de Roterdã - Livro 1
Título original: Tão Perto - Homens de Roterdã - Livro 1
Páginas: 362
Autor(a): Márcia Lima
Tradução: -
Editora: Independente
Ano: 2015
Gênero: Romance, Romance Brasileiro, Romance Contemporâneo

Sinopse Amazon: Quando tudo que se pode fazer é confiar, uma pergunta se torna necessária: “Até onde você iria por amor?” Quando um misterioso executivo cruza o caminho da advogada Laura Soares, ela descobre que não existem limites que não possam ser cruzados por amor.Aos 26 anos, e com uma história de vida conturbada e cheia de cicatrizes, Laura está feliz com sua vida tranquila, sua gata e seu pequeno apartamento térreo em Amsterdã.Os primeiros anos de formada não são exatamente como ela espera e, depois de cair em um escândalo de corrupção, o caso Van Galagher parece de longe, tudo que Laura precisa para limpar sua ficha e tornar-se uma advogada reconhecida na Holanda. O que Laura não espera é que em uma brincadeira do destino, toda a sua vida controlada venha abaixo, junto com um copo de café. Ao aceitar um caso internacional de restituição de guarda, Laura não espera encontrar do outro lado da mesa o homem que foi capaz de mexer com seus sentimentos com nada mais que uma trombada.Quando a garota dos cabelos castanhos tropeça em Adrian no centro de Amsterdã, a única coisa que passa por sua mente é que ela seria a ultima coisa de que ele precisa. Jovem, doce e cheia de sonhos – tudo que ele não é mais. Depois de 37 anos e um casamento destruído, tudo que ele espera é ter seus filhos de volta.Forçado a aceitar um acordo, ele tem em Laura a única possibilidade de encurtar os passos até seus objetivos. “Um acordo seria o suficiente para manter seus corações á salvo?”




Primeiro livro da série Homens de Roterdã, da autora brasileira Márcia Lima, coloca o leitor em contato com culturas e costumes diferentes. Através de uma história de dor, amor e superação, somos apresentados a personagens que têm como primeira impressão o sofrimento e a dor da traição. 

Laura é uma jovem advogada, brasileira, que ainda no início de sua carreira passa por um complicado caso de corrupção. Quando achava que nada mais daria certo, seu caminho cruza com o de um executivo poderoso, duro e inflexível, que por conta de uma traição no passado não confia em ninguém, nem mesmo nele.

Uma mulher alegre, exuberante, forte e determinada, que depois de vários revezes não se abate, encontra um homem que não vê nada de interessante no jeito agradável e delicado dela; ao contrário, acredita que a delicadeza dela é motivo para que ele esconda a atração que sente, tratando-a como um capacho.

Laura e Adrian não são opostos que se atraem, eles são polos do mesmo imã, feitos do mesmo material, apenas trabalhados de maneira diferente. Enquanto para um o mundo se torna um lugar hostil e inóspito, para outro sempre há esperança de um amanhã melhor.

Li esse livro quando foi postado em uma plataforma de auto publicação e confesso que esperava ansiosamente pelos capítulos semanais. Até que um dia resolvi mandar uma mensagem para a autora e qual não foi minha surpresa por ganhar uma amiga? Pois é, Márcia tem um dom para escrever, mas que vai além, é uma pessoa do bem.
Voltando à história.

Márcia criou dois personagens que são, ao mesmo tempo, fáceis de amar e ainda mais fáceis de odiar. A primeira impressão sobre Adrian, o poderoso executivo que salva a reputação de Laura enquanto inferniza sua via, é de ódio mortal. Ele parece um homem frio, calculista, incapaz de amar alguém novamente depois de perder o amor da sua vida para uma série de traições que destruiu sua família e o deixou com a pior inimiga que um homem pode ter.
Já Laura é doce, tão doce que chega a ser chata. Juro, tive ganas de matar Laura em várias ocasiões diferentes. Além da doçura, ela tem uma força e um amor que são capazes de suplantar essa vontade de matar a personagem.

A construção dos personagens, principais e secundários, é feita de maneira crível, trabalhados com personalidades, ideias e sentimentos únicos. Uma das coisas que mais chamou a minha atenção foi a maturidade da escrita, não apenas da construção de tramas, situações, reviravoltas, mas da escrita de maneira geral. Não parece, de maneira alguma, ser a primeira experimentação no mundo das letras por parte da autora.

Há todo um suspense na segunda metade da história – ou melhor, há um adensamento no suspense –, que prende a atenção do leitor. A história vai em um crescendo que culmina com um final – óbvio, por se tratar de um romance – que agrada mesmo quem queria algo diferente e deixa um gostinho de quero mais, o que a autora providenciou com a continuação da série.

Alguns dos personagens secundários tiveram suas histórias contadas em livros próprios, que são tão apaixonantes quanto esse primeiro volume.

Minha recomendação? Eu li e gostei muito, acho que você precisa ler para ter a real dimensão dessa história.

Nota? Cinco, claro. 

Nascida em 1972, em Volta Redonda - RJ, jornalista, escritora, curiosa, observadora e que ama conversar com as pessoas e ouvir suas histórias. Escrever é mais quem um hobby para ela, é um vício. Um bastante saudável até. E para mantê-lo é preciso ler, ler muito e depois ler mais um pouco. Além de assistir muitos filmes e de conversar com muitas pessoas - na fila do banco, do mercado, na pr

Nenhum comentário