Leituras da Mari: As cartas que escrevemos



Título no Brasil: As cartas que escrevemos
Autora: Brittainy C. Cherry

Editora: Record
Ano: 2018
Pág: 73

As cartas que escrevemos é uma história curta, rápida e graciosa.

Ana terminou com o grande amor da vida dela após descobrir que estava com câncer, pois não queria “atrasar a vida do rapaz” que planejava desistir da futura carreira de ator para cuidar dela. Jake, desolado, acata o desejo da namorada e vai embora para Hollywood... Contudo, ele nunca foi capaz de esquecer aquela garota, sua antiga amiga de infância e primeiro amor.

Agora Ana está de casamento marcado com Henry, o ex melhor amigo de Jake; ou ao menos é isso que o convite na mão do ator afirma.

Mentiras, saudade, cartas extraviadas, manipulação... e um amor que não se importa de esperar. A história de amor de Ana e Jake é capaz de encantar os leitores com uma lida relâmpago antes de dormir, que promete proporcionar sonhos cor de rosa com corações e casamentos.

Eu gostaria de contar mais, só que é um conto, um dos contos do livro ABC do amor vendido em separado pela editora na Amazon, e qualquer detalhe extra poderia virar Spoiler. Então, saibam que é fofo e que é um conto, então é ligeirinha a história.




Sinopse do Skoob: Quando Jake descobre que seu amor de infância, Ana Louise, vai se casar, ele decide deixar Los Angeles para voltar à pequena cidade no interior de Kansas onde nasceu e cresceu. Ana Louise está prestes a se casar com Henry, o ex-melhor amigo de Jake. Cada um seguiu com sua vida, mas ela era feliz com Henry... Não era? Entre um término conturbado e um reencontro inesperado, quem sabe o que pode acontecer às vésperas de um casamento? 
De um jeito doce e por vezes cômico, Brittainy C. Cherry escreve uma história envolvente sobre amor e, acima de tudo, perdão.

Nenhum comentário