Cantinho da Daya: The Originals - 1ª Temporada




Oi, pessoal!



The Originals tem três temporadas lançadas no Netflix, mas hoje vou trazer a resenha da primeira temporada da série. Eu gosto bastante de histórias com vampiros e comecei a assistir sem nenhuma indicação, só por curiosidade mesmo e quando percebi já estava um pouco viciada e apaixonada pelos personagens. Depois, pesquisando na internet, soube que The Originals é um spin-off da série The Vampires Diares.

A série The Originals é focada na família dos primeiros vampiros criados, conhecidos como os originais e eles são imortais. Tudo começa quando Klaus retorna a cidade de Nova Orleans, onde eles moraram há séculos atrás e ajudaram a construir. Mas algo acontece no passado e eles precisaram fugir as pressas, deixando tudo para trás. Klaus é convocado por uma bruxa, mas chegando na cidade, encontra a cidade reconstruída e habitada por vampiros com harmonia com os humanos, as bruxas e os lobos. O atual chefe dos vampiros é o seu pupilo, a pessoa que ele criou e ensinou tudo o que sabia, Marcel. 

Klaus tem uma personalidade um pouco forte ou posso dizer totalmente sem controle rs. Ele não vai descansar enquanto não descobrir o que a bruxa quer, acreditando que estão tramando algo contra ele. Logo descobre que as bruxas estão com a sua ex-namorada, Hayley, que está grávida dele. Mas como um vampiro pode engravidar? Porque Klaus não é totalmente um vampiro, ele é um híbrido. A mãe dele era uma bruxa e o pai um lobo, mas ele foi transformado em vampiro. Um pouco confuso, né? Mas, com o tempo percebemos que klaus é diferente dos outros e possui poderes dos dois seres sobrenaturais e Hayley é uma loba. Então, é possível procriar!

Logo no primeiro episódio, o irmão mais velho de klaus, Elijah chega na cidade para entender a ida do irmão e quando descobre o verdadeiro motivo, acha que é uma forma dele se redimir e ser uma pessoa melhor, com o um coração melhor. Será que é possível?

Essa primeira temporada é voltada para os cinco personagens (os três irmãos Klaus, Elijah e Rebekah, o vampiro Marcel e a loba Kayley). Klaus decide que vai fazer de tudo para o seu bebê nascer, ele quer ter a sua família e não vai deixar que nada aconteça para destruir esse sonho. Mas você acha que Klaus quer só isso? É muito pouco para ele, pois ele quer tudo, ele quer o poder da cidade novamente. Antes os irmãos que mandavam na cidade, agora ele quer ser o novo líder dos vampiros e não vai medir esforços para conseguir o que quer. Aí começa a adrenalina da história... pois Marcel não vai deixar o poder facilmente, mesmo que seja para o seu grande mentor.



Eu não sabia para quem torcer, as vezes ficava com raiva de Klaus e torcia pela vitória de Marcel e em outros momentos torcia para Klaus ou um dos seus irmãos. A história é muito envolvente, tornando impossível abandonar os capítulos. Em todo o momento um dos irmãos quer o poder, mas o outro fica vulnerável e mesmo sendo algo tão clichê, é impossível não se render a essa série. 

Os irmãos Mikaelson são bastante unidos, mas nada impede da irmã Rebekah ficasse na dúvida se retornaria para a sua cidade natal ou viveria a sua vida de luxo, longe da adrenalina e dos irmãos. Nós já sabemos a resposta, pois Rebekah mesmo mimada e birrenta, não deixaria os seus irmãos sozinhos, mesmo que futuramente faça algo para se vingar de um deles ou dos dois rs.



Já comecei a assistir a segunda temporada, mas deve demorar um pouco para terminar pois são 22 capítulos com 45 minutos cada. Não comecei a assistir a série The Vampires Diares, quem sabe futuramente e eu conte o que achei!!




Sinopse: Esta nova série é sexy e eletrizante, assinada pelo mesmo produtor executivo de The Vampire Diaries. Conta à história da família de vampiros originais e do perigoso Klaus (Joseph Morgan), um híbrido de vampiro e lobisomem que retorna para o mágico caldeirão que é o Bairro Francês em Nova Orleans. Uma cidade que ele ajudou a construir séculos atrás. Agindo a partir de uma misteriosa dica de que um plano está sendo elaborado contra ele, as dúvidas de Klaus o levam até o seu antigo ex-protegido, o diabólico Marcel (Charles Michael Davis), um carismático vampiro com controle total sobre os habitantes humanos e sobrenaturais da cidade. Determinado a ajudar Klaus a encontrar sua redenção, seu irmão, Elijah (Daniel Gillies), o segue e rapidamente se vê forçado a ficar ao lado dos inimigos de Marcel. Enquanto isso, a irmã de Klaus e Elijah, Rebekah (Claire Holt), deve decidir se ela se unirá aos seus irmãos em Nova Orleans para ajudá-los a reclamar sua terra natal e todas suas extraordinárias ofertas. Phoebe Tonkin também está no elenco, entre outras.

Nascida em 1982, baiana. Bacharel em Administração, trabalha na área financeira de projetos. É apaixonada por romance e suspense.

Nenhum comentário