Primeiras Impressões: O bosque de Faias - Amanda Bonatti



Título Original: O bosque de Faias
Autora Nacional: Amanda Bonatti
Editora: The Books
Ano: 2018
Páginas: 413


Olá, pessoal, tudo bem com vocês? Faz tempo que não apareço por aqui hein? Vida corrida dá nisso, mas isso não significa que a gente não está acompanhando tudo neste mundo literário de todos nós!

Hoje eu vou contar para vocês um pouquinho sobre um livro nacional que começou a fazer sucesso lá no wattpad e logo conseguiu uma casa editorial (nossa nova parceira, a The Books), sendo impresso numa versão muito fofa que logo garantirei a minha com certeza! Estou falando do Bosque de Faias da talentosa Amanda Bonatti que já tem outros trabalhos publicados e todos muito, muito elogiados pelos leitores.


Essa capa está maravilhosa, não acham?
A Amanda se aventurou por um gênero bem diferente do que vinha escrevendo até então (acompanho ela faz um tempo, já li outras obras da autora) e o resultado não poderia ter sido diferente: sucesso na certa! Acho que ela finalmente descobriu o seu dom de verdade na escrita, que é o de criar romances de época maravilhosos e envolventes. Eu comecei a ler O bosque de faias ainda no wattpad, sem revisão (mas a autora é revisora, então fala sério, estava já muito bom!) e deixarei aqui minhas primeiras impressões acerca desta obra. Posteriormente, quero ler o livro completo na edição da The Books e conferir como essa linda história ficou.

Em O bosque de Faias vamos conhecer Joana, a mais velha das filhas da família Hour, uma família francesa pertencente a Burguesia da época. Embora a família tenha uma boa vida, por conta do pai possuir algumas terras e tudo mais, os pais de Joana anseiam casar as filhas com homens ricos e conseguir através do casamento mais status social, só que gente... a Joana não é uma mocinha obediente e que abaixa a cabeça para o pai. Não! Ela não quer saber de casamento arranjado e fica doida com os pretendentes que o pai lhe arruma, o que deixa a irmã, Sophie, desesperada, pois se Joana não se casar, ela não pode se casar também. (Aqui eu me lembrei muito de Bianca e Catarina de Megera Domada, e adorei! haha)

Tem um desses jantares que é especialmente engraçado, o pretendente é um homem até boa pinta, mas como Joana quer ter liberdade de escolher, ela afugenta o cara de uma maneira que deixa os pais de cabelos em pé. Joana veste um vestido muito "imoral" para a época, dá respostas bastante atrevidas e diz para o rapaz que seu passatempo favorito é LER, o resultado disso? O pretendente foge para as montanhas, ainda que ache Joana muito bonita!

Só que Joana já tem 22 anos e precisa se casar, o que faz a família não desistir, principalmente com a chegada de um tal lorde na cidade que envia convites para todas as famílias que tenham filhas moças na idade de casar... Meu... conseguem imaginar o alvoroço que isso causa?

Neste contexto, conhecemos Alexandre, um serviçal do tal Lorde que fica encarregado de entregar os convites, só que gente, Alexandre é boa pinta, bonitão e se veste bem, o que leva a louca família de Joana a achar que ele... ELEZINHO é o lorde Phillip! Enquanto ele tenta se explicar, a mãe da Joana não deixa o rapaz falar! hahaha (e aqui eu me lembrei da mãe maluca da Elizabeth Bennet de Orgulho e Preconceito) para terem noção, eles até organizam um JANTAR para Alexandre, acreditando que ele é o lorde. Alexandre pretendia se explicar, mas algo acontece e o faz manter esta farsa, podem imaginar o que é?

Quando chegava à cidade, em um dia qualquer, Alexandre passou por um bosque de faias e encontrou lá uma bela jovem aos pés de uma árvore a ler um livro. Esta jovem era extremamente atrevida e chamou sua atenção de forma considerável... Tanto que ele não conseguia esquecê-la. Por sua vez, esta jovem achou o rapaz um insuportável e vê-lo outra vez era a última coisa que queria, ainda mais porque ele perturbou o seu sossego no bosque...

Como esta história vai acabar? Bem, eu estou tão curiosa quanto vocês, pois não pude acompanhar todos os capítulos no wattpad, mas assim que eu ler, farei uma resenha completa! Mas se vocês ficaram tão curiosos quanto eu, corre no site da The Books e adquira já o seu! A Amanda tem uma escrita leve, maravilhosa e deixou claro suas pesquisas para contextualizar o livro da melhor forma possível, sem falar que suas referências clássicas só enriqueceram a obra. Uma excelente indicação para os amantes de romance de época!

Eu vou ficando por aqui, pessoal, um beijo grande e até a próxima!
Compre clicando AQUI!



Sinopse: Joana é uma jovem francesa criada no seio de uma família pertencente à burguesia do século XIX. Ela luta pelo seu direito de liberdade; no entanto, em uma época em que os pais ditavam as regras e firmavam acordos nupciais unicamente baseados em dotes e interesses, ela precisará usar de toda a sua força e rebeldia para alcançar o que quer.

Nasceu em fevereiro de 1994 na cidade de Curitiba, no Paraná; criada na cidade Siqueira Campos. Aos oito anos começou a escrever seus primeiros contos em restos de cadernos escolares e, desde então, nunca mais parou. Atualmente, dedica-se à escrita de romances e às pesquisas no ramo da linguística aplicada.

Um comentário

  1. De queixo caído com essa resenha linda!!! Ah, espero que logo consigas ler o que veio depois dessa confusão toda. Ameiii sua parceria com a The Books ����

    ResponderExcluir