Cantinho da Daya: Noites de Paixão - Alison M King


Título: Noites de Paixão
Autora Nacional: Alison M King
Idioma: Português
Editora: The Books
Ano: 2017
Páginas: 200



Oi, leitores!


Hoje vou trazer a resenha do livro Noites de Paixão, do autor Alison M King. Nele vamos conhecer Mia, uma jovem trabalhadora, que morava sozinha e vive sem muitas ambições. 

Ela tinha rotina comum, até que decidiu viajar com o seu, até aquele momento, namorado e depois de uma discussão foi abandonada na estrada sozinha. Nessa estrada, encontrou o jovem Alec, que a levou até a casa dele. 

Poderia uma simples carona mudar muita coisa na vida de uma pessoa? Com certeza!

Mia encontrou um corpo na casa de Alec. Como toda pessoa normal, ela teve a certeza de que estava diante de um psicopata, mesmo ele afirmando que era um vampiro e que apenas precisava se alimentar (embora eu não entenda como exatamente essa explicação de Alec possa ser reconfortante).

Mesmo com todo esse cenário, Mia se viu envolvida por Alec. Os dois acabam se envolvendo loucamente, em uma relacionamento um pouco doentio e possessivo de ambas as partes. Em pouco tempo de convívio, ambos já alegavam sentir amor um pelo outro e Mia professava a certeza de que desejava o vampiro ao seu lado para sempre. Além disso tudo, eles mantinham um relacionamento com cenas eróticas compulsivas. 

Infelizmente, a narrativa do autor me incomodou muito. Ele descrevia muito algumas cenas não tão importante, enquanto outras partes da história  eram rápidas demais, deixando lacunas sem explicação (ex: o autor finalizou um capítulo em um momento crucial, pensei que seria para dar mais emoção para o seguinte.. mas no capítulo seguinte, a cena já "tinha passado", "acabado"... Havia sido abandonada pela história, o que me deixou muito frustada). O lado positivo é que a leitura se torna rápida e dá para finalizar em poucas horas.




Sinopse do Skoob: Mia vivia de forma automática. Via a vida passar sem ambições ou esperanças de que algo pudesse acontecer para mudar a sua rotina até que um psicopata entra abruptamente em sua vida. Alec se dizia um vampiro, mas Mia não acreditava em seres fantásticos. 
Havia somente algo que ambos sabiam, ele era um assassino.
Mia seria capaz de conviver com essa verdade? Alec dominaria seu desejo de matá-la?

Nascida em 1982, baiana. Bacharel em Administração, trabalha na área financeira de projetos. É apaixonada por romance e suspense.

Um comentário

  1. Oi Daya,
    Amiga só plea capa eu já fugiria dele kkkkk, mas depois desses acontecimentos um tanto quanto sem lógica, tenho certeza de que não vou ler de jeito nenhum.

    beijokas

    ResponderExcluir