Cantinho da Daya: A Última Carta


Título no Brasil: A Última Carta
Autora: Carla Laurentino
Editora: Bezz - Leque Rosa 
Ano: 2016
Páginas: 280


Oi, leitores!

Muito bom começar uma leitura sem pretensão e ser surpreendida com uma história encantadora. A autora nacional Carla Laurentino apresenta aos leitores Violet Bernadth, uma jovem determinada e decidida para aquela época.

Violet seria apresentada à sociedade, iniciando a fase adulta, e os seus pais estavam determinados a arranjar um ótimo pretendente para a única filha. Diferente das jovens daquela época, Violet não era uma garota que sonhava com um casamento perfeito e sem amor. Ela tinha outros pensamentos e preocupações para tentar resolver e entender em sua vida.

Desde pequena, Violet percebeu que era diferente. Se ela tocasse nas mãos de outra pessoa ou em um objeto com grande poder sentimental, o que essa pessoa ou esse objeto vivenciou, tudo era repassado na memória de Violet. Não foi fácil ter que esconder isso por muitos anos, pois muitos iam achar que ela estava louca e poderia ser internada em um hospício. O que ela não imaginava era que em uma noite essas visões iam penetrar em sua vida profundamente e ela ia querer fazer de tudo para desvendar o mistério trazido por elas.

Nesse mesmo ano, o mundo ia conhecer o maior navio já construído e mais o seguro, o Titanic. O leitor vai poder presenciar a relação que a autora faz com o naufrágio e a sua história com a personagem principal, Violet.

Não posso deixar de falar sobre o maravilhoso pretendente da personagem, Thomas Wycombe. As famílias estavam determinadas a unirem esse casal e , claro, eu também rs. Ele é um jovem que combina perfeitamente com a protagonista, com o seu jeito sarcástico e misterioso. 

Se você acha que vai encontrar um romance de época, daqueles bem açucarados, está bem enganado. A autora conseguiu inserir um mistério que vai intrigar a personagem e os leitores a tentar solucionar os constantes assassinatos. Conseguindo prender o leitor do começo ao fim!

A autora escreveu muito bem um romance de época, com um toque sobrenatural e uma pitada de mistério.





Sinopse do Skoob: Londres, 1912. 
O início da temporada social londrina marca, também, o início da vida adulta de muitas moças da alta sociedade inglesa, apresentando-as aos seus futuros maridos, sogras e títulos. Além disso, este foi o ano em que o homem iria mostrar todo o seu poderio naval, com o lançamento do maior e mais seguro navio já construído até então, o Titanic. 
Entretanto, para Violet Bernadth, a chegada aos dezoito anos parece bem menos animadora. Desde muito jovem, a garota é obrigada a esconder um grande segredo de seus familiares e de suas melhores amigas. Violet carrega em suas mãos algo verdadeiramente incomum: o poder de enxergar o passado. Ao tocar as mãos de outra pessoa ou qualquer objeto de grande valor sentimental, ela é capaz de desvendar as memórias mais obscuras impregnadas na superfície ou na pele de seus respectivos donos. Acostumada a lidar com suas estranhas visões, Violet nunca foi prejudicada por seu “dom”, mas, durante uma festa oferecida por seus pais, tudo mudará. 
Com sua iminente apresentação à Sociedade, seus pais têm planos matrimoniais para ela, apresentando-a ao belo, mas sarcástico Thomas Wycombe, ao mesmo tempo em que é surpreendida por uma visão avassaladora de uma mulher desconhecida, que a coloca em meio a uma trama cheia de assassinatos, lembranças dolorosas e um inesperado segredo de família capaz de mudar para sempre tudo o que um dia acreditou ser verdade. 
Com tantas informações desencontradas e misteriosas, em quem Violet irá confiar para não sair machucada não só fisicamente, mas também em seu coração?

Nascida em 1982, baiana. Bacharel em Administração, trabalha na área financeira de projetos. É apaixonada por romance e suspense.

Nenhum comentário