Cantinho da Daya: As coisas não são bem assim - Renata R. Corrêa


Título no Brasil: As coisas não são bem assim
Autora Nacional: Renata R. Corrêa
Editora: Pandorga
Idioma: Português
Ano: 2017
Páginas: 136


Oi, pessoal!

Quando li a sinopse do livro As coisas não são bem assim, da autora nacional Renata R. Corrêa, fiquei muito curiosa para saber o desfecho, pois me identifiquei com a personagem, que perdeu uma pessoa importante em um acidente de trânsito.

Comecei a leitura ansiosa para conhecer Clarice, uma jovem que, ainda como estudante de medicina, sofre um acidente de carro com o namorado e mais um casal de amigos. O seu amado foi o único que não conseguiu sobreviver. Após 01 ano, Clarice ainda não conseguiu superar essa dor e vive somente para o trabalho e a casa, sempre chorando pelos cantos com saudades. 

Além dos seus pais, ela só possui uma amiga de infância que as vezes a arrasta para sair, mas Clarice sempre procura uma desculpa para não aproveitar a noite. Um dia, ela estava no mercado e encontrou uma menininha que tentava alcançar algo na prateleira; enquanto Clarice a ajuda acaba conhecendo o pai da pequena Duda. 

Não demora muito para a primeira coincidência acontecer. Clarice vai, a convite de sua amiga, em um aniversário e, quando chega lá, descobre que a aniversariante é a pequena Duda e que o pai da menininha é viúvo. Os dois conversam um pouco e descobrem que tem algo em comum, a dor de perder um ente querido. Poderia daí surgir algo mais?

Não posso negar que é uma história bonita, delicada e esperançosa, que nos induz a acreditar que podemos ser felizes e amar novamente. Fiquei apenas um pouco incomodada com a correria da narrativa, e olha que nem sou muito fã de obras detalhadas. Não existiu um aprofundamento da história, na minha visão, tornando tudo bastante superficial, corrido.




Sinopse do SkoobClarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor da sua vida, às vésperas de formatura, após sofrerem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro. Depois de mais de um ano do falecimento de seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai de Duda, uma menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um sentimento sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado. É uma bonita e delicada história sobre recomeço, fé, esperança e sobre o poder do amor.

Nascida em 1982, baiana. Bacharel em Administração, trabalha na área financeira de projetos. É apaixonada por romance e suspense.

Nenhum comentário