Culinária Literária: Ginger Ale


Vocês já leram Tubarão, de Peter Benchley? Conhecem O Complexo de Portnoy, de Philip Roth? Talvez os 24 Contos de F. Scott Fitzgerald ou ainda Casada com um príncipe, de Maisey Yates.
O que todos esses livros têm em comum, e mais algumas centenas de livros? A citação de uma bebida muito comum nos Estados Unidos: Ginger Ale. Depois de ler várias e várias citações, resolvi descobrir o que era e... estou viciada, não passa um dia sem que eu beba pelo menos um copo bem gelado.
Ginger Ale é um tipo de refrigerante à base de gengibre e limão, que pode ser usada ou não com bebidas alcoólicas. Eu tenho bebido com água mineral e gelo.

Vamos à receita:
1 xícara de gengibre descascado e picado;
1 xícara de açúcar;
3 xícaras de água;
casca e suco de 1 limão – prefira o siciliano, é mais leve e dá um sabor todo especial.
Modo de preparo
Em uma panela, coloque o gengibre, o açúcar, a água, o suco e as raspas do limão e deixe ferver em fogo brando, mexendo de vez em quando. Caso dê uma espuma esbranquiçada, retire com uma colher e descarte. Depois de mais ou menos meia hora o caldo estará mais grosso – como um xarope ralo – e terá reduzido cerca de dois dedos da quantidade inicial. Desligue o fogo, espere esfriar e coe. Guarde em pote fechado na geladeira.

Refrigerante de Ginger Ale:

3 colheres (sopa) do xarope
Meio copo de água mineral com gás
Gelo e limão à gosto.

Calda para molhar bolo:

Meio copo de refrigerante de guaraná e duas colheres do xarope, misture bem e molhe o bolo.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário