O Marco leu: Como Estarás Daqui a Meio Século


Título: Como Estarás Daqui a Meio Século
Autor: Abílio Gonçalves
Editora: Chiado
Ano: 2017
Páginas:209

 
Não sabia nada do livro “Como Estarás Daqui a Meio Século”  ou do autor Abílio Gonçalves quando comecei a leitura. Imaginava apenas que uma obra que tratasse de velhinhos num asilo traria muita emoção, pois trata de pessoas cheias de experiência pra compartilhar, mas com pouco tempo e saúde para aproveitar, pois estão na iminência de passarem dessa para uma melhor. Pessoas que ao verem a morte de perto pensam nas coisas erradas que fizeram ou nas certas que deixaram de fazer, emocionam qualquer um, faz com que olhemos para dentro e pensarmos coisas desse tipo, sem ter que esperar pra chegarmos no final da nossa vida, incapazes de fazer alguma para mudar.


Infelizmente encontrei pouquíssimo dessa sensação. O livro não tem grandes erros e a trama segue bem linear do início ao fim. Sem as grandes emoções que tanto esperava. Além disso a história tem dois grandes mistérios. Como uma das senhoras sempre ganha no bingo? E quem matou Paulo, um funcionário do asilo? A resposta da primeira me pareceu muito forçada. Fiquei me perguntando como alguém poderia trapacear no bingo. Isso empolgava minha leitura, mas quando tive a resposta não fiquei nada convencido de que aquilo poderia ocorrer de verdade. Eu me senti um pouco traído.

Dei alguns sorrisos com os personagens Maria, com sua mania de roubar remédios e experimentá-los; e Álvaro, que reforma seu antigo Citroen e engana as pessoas fingindo não estar escutando. A história é contada de forma epistolar, durante dez dias acompanhamos a visão diária de cada um dos oito velhinhos que vivem no asilo. Não achei que a escrita e pensamentos dos idosos eram suficientemente distintas ao ponto de parecerem personagens diferentes, cada um com suas características e personalidade.

Posso dizer que “Como Estarás Daqui a Meio Século” é um livro leve, de leitura rápida e divertida, mas que não consegue criar as emoções e a nostalgia que eu esperava.




Sinopse do Skoob: Uma casa de repouso localizada à beira-mar, um ginásio onde se pratica zumba, jogos de Bingo à noite e um crime violento são alguns dos ingredientes da história de oito idosos. Por entre os relatos alucinados, o roubo de medicação e os testemunhos contraditórios, o trabalho dum investigador aposentado não é facilitado. Uma narrativa efectuada na primeira pessoa, pelas oito personagens principais, é o pretexto para discutir os problemas dos idosos residentes em casas de repouso, as suas relações com as famílias, a forma menos adequada como são tratados pelos funcionários do lar, com a morte sempre presente pois, afinal, “é o que estamos todos à espera”

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário