Cantinho da Daya: Amor de Todas as Formas


Título no Brasil: Amor de Todas as Formas 
Autora: Tatiana Amaral, MS Fayes, Raiza Varella, JC Ponzi, Mila Wander
Editora: Pandorga
Ano: 2017
Páginas: 384



Oi, pessoal!

Amor de Todas as Formas traz cinco contos, de cinco autoras nacionais. 

O primeiro conto é da Tatiana Amaral, uma autora muito conhecida no meio literário erótico. Nele vamos conhecer Melissa e Robert Carter, ois dois estão casados há algum tempo e, com a correria do dia-a-dia, estavam deixando a vida de marido e mulher um pouco de lado. Robert estava sempre ocupado com o trabalho enquanto Melissa acompanhava de perto a rotina da empresa e cuidava dos filhos. Isso até que acontece algo e Melissa percebe a importância de cuidar do seu casamento, ter momentos íntimos com o seu marido e acreditar no amor. É a história mais madura e com algumas cenas quentes.



Agora vamos para o conto mais fofo do livro rsrs.

O segundo conto, Pas de Deux, é da autora MS Fayes. Nele vamos nos apaixonar pela história da bailarina Samantha, uma jovem que luta para ser reconhecida e treina arduamente para conseguir alcançar o topo. Na sua adolescência, Sammy estudou com Adam e sempre sentiu algo a mais por ele. Adam sempre foi muito petulante e, atualmente, sendo um bailarino já reconhecido, não seria diferente. Agora os dois vão treinar juntos para uma nova apresentação e o leitor vai acompanhar as atrapalhadas de Sammy. Como será que ela vai se comportar com essa paixão guardada por anos bem ali ao seu lado?

O terceiro conto é da autora Raiza Varella, que nos traz dois personagens já conhecidos da sua famosa trilogia, Encantados. Vamos acompanhar a história de Vivian e Bernardo. Eles são casados, têm um filho e são apaixonados, mas Bernardo guarda um segredo e, com receio de como a sua esposa irá reagir, acha melhor nunca contar. O problema é que Vivian o pega no flagra e eles ficam em uma situação bem complicada. A partir daí, o leitor vai acompanhar os desafios desse casal. De quebra, revemos os outros personagens de trilogia, descobrindo como cada um se encontra atualmente.


O quarto conto é chamado Amuleto, da autora JC Ponzi. Ele já começa com cenas bem eletrizantes, deixando o leitor ansioso para saber mais da história. Clarke é um homem misterioso, perigoso e, ao mesmo tempo, um cavalheiro. Samantha sofreu desde pequena e luta para conseguir sobreviver. Eles se encontram em uma situação complicada, mas Clarke resolve ajudá-la para conseguir ter um futuro melhor. A história terminou de uma forma inesperada, deixando-me um pouco angustiado. Acredito que a autora deve continuar essa história no futuro (ao menos é isso que eu espero rsrs).



O quinto e último conto, Uma Louca Noite no Supermercado, é da autora Mila Wander. Para mim, foi a história mais engraçada do livro, fechando com chave de ouro. Viviane é uma jovem que precisa entregar um relatório para a sua chefe e, como não tem hora para terminar, vai preparar café para conseguir se manter acordada. Como não achou pó de café na empresa em que trabalha, resolve ir ao supermercado que fica bem pertinho. No caminho ela se molha toda por causa da chuva torrencial e resolve ir ao banheiro para poder se secar e melhorar a sua aparência. Quando sai de lá, encontra o supermercado escuro e trancado... A partir daí começa essa louca noite!

No final, gostei bastante de cada um dos contos; eles fluem muito bem e eu sempre terminava querendo um pouco mais dos personagens.




Sinopse do Skoob: Não existe um jeito certo de amar nem a hora certa para o amor chegar. O amor pode aparecer no supermercado depois que a porta se fechar, que mal tem? Ou quem sabe aparecer através de uma forma pura, meiga e delicada como em uma linda dança de balé? Ao espiar por uma janela proibida, quem sabe você se depara com aquele garoto de olhos azuis que sonha? Você pode viver uma aventura deliciosa, mesmo não parecendo muito correta, e essa aventura aquecerá seu coração. O destino tem, sim, o poder de unir dois corações de caminhos opostos, afinal, no amor não existe impossível. Todo dia é dia de comemorar o amor. O importante é abrir o coração, sair do convencional, driblar as asperezas da vida, estar pronto para dar um fora na rotina e viver todos os dias uma grande paixão. Experimente o Amor… De Que Forma? Não importa! O Que Importa Mesmo É Se Entregar Ao Amor De Todas As Maneiras.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Yaaaay! Que bom que gostou dos meus bailarinos, Daya! Fiquei feliz! São fofos, né?

    E os contos estão bem diferentes entre si... Cada um com a sua característica...

    Bjuuu

    MS Fayes

    ResponderExcluir