Leituras da Mari: Bruxa da Noite - Nora Roberts


Título no Brasil: Bruxa da Noite (Primos O'Dwyer # 1)
Título Original: Dark Witch 
Autora: Nora Roberts
Tradução: Maria Clara de Biase
Editora: Arqueiro
Idioma: Português
Páginas: 320 
Ano: 2015


Com diversos pseudônimos, Nora Roberts é uma autora com mais de 200 Best-sellers no mercado. Com romances que "vendem como água" e encantam, é amplamente conhecida pela classe leitora, até por aqueles que ainda não a leram.


Primos O'Dwyer é uma trilogia no estilo continuativa, onde para saber o final é preciso ler as três obras completas. No primeiro livro, A Bruxa da noite, conheceremos o início dessa história. Sorcha era conhecida como "a bruxa da noite", repeitada por todo o condado por ser bondosa e fazer de tudo para auxiliar e curar os que dela necessitavam. O grande poder da bruxa acaba despertando o interesse de Cabhan, um bruxo das trevas que deseja dominar a todos através de uma união matrimonial com ela. Só que ela é boa, já é casada com um guerreiro que muito ama e tem três filhos que são a luz de sua vida, e não tem o mínimo interesse em coadunar com os planos de Cabhan. 

No inverno de 1263, após Cabhan assassinar o marido Sorcha, a bruxa da noite transfere seus poderes para os três filhos (Brannaugh, Eamon e Teagan) pouco antes de enfrentar o bruxo das trevas, na tentativa de derrotá-lo. Infelizmente, ela não estava forte o suficiente para isso, mas conseguiu preparar-lhe uma armadilha, lançando uma maldição: mesmo que ela não o destruísse, o seu sangue o faria, o "sangue dos três". 



Em 2013, Iona Sheehan é uma americana que vai para a Irlanda em busca de... bem, ela diz que é de suas origens, mas na verdade é amor, reconhecimento e atenção, tudo que não havia recebido de seus pais. Ela havia acabado de descobrir ser uma "dos três", descendente do sangue de Sorcha. Junto aos primos Irlandeses Brannah e Connor, ela precisará aprender rápido a desenvolver e fortalecer seus poderes, pois a união dos três despertou o interesse assassino de Cabhan, que agora está de volta para destruir a linhagem daquela que tentou matá-lo.


A história é narrada em terceira pessoa, permeada pelo romance de Iona com Boyle, seu chefe, um homem forte, que conhece o mundo da magia mesmo sendo desprovido dela, por ser melhor amigo de Connor. Cada personagem tem temperamento e estilo bem delimitados. O estilo da autora, com a descrição detalhada de cenas mais leves de pura interação entre os personagens, é evidente ao longo de toda a leitura, levando o leitor a imaginar em detalhes a maioria das cenas. Isso é excelente, já que os diálogos em si não foram assim tão críveis para mim (Ionna é abusivamente sincera, chegando a ser inconveniente, e todos acharem isso excelente e darem razão a ela foi um tanto irritante para mim).

Não foi aquele livro que me arrebatou... A história é leve, o romance é praticamente um plano de fundo, sem muita importância frente o embate entre os bruxos, que mesmo sendo interessante, é um tanto previsível. Apesar de não estar tão interessada a respeito do livro 02, Feitiço da Sombra, com a história de Connor, mas a de Brannah, em como o problema dela com Fin será resolvido, acabou me deixando curiosa e para chegar a ela, preciso ler sobre Connor... Então vamos nessa.rs.


Sinopse: De uma das autoras mais queridas do mundo chega uma trilogia sobre a terra a que nos conectamos, a família que guardamos no coração e as pessoas que desejamos amar...
Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.
Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.
Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.
Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.
Leia resenhas de outras séries da autora clicando nas imagens abaixo: 


Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Adoro Nora Roberts. Uma pena não ter gostado tanto.
    Não conhecia esse livro e fiquei curiosa em ler. Quero dar minha opinião!



    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Eu sou mega fã da Nora Roberts, mas nao conhecia esse livro! Muito obrigada pela dica, vou procurar o livro aqui em Portugal!
    Beijos

    http://a-lilianaraquel.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Fiquei sabendo dessa série, mas ela não me chama a atenção porque esse gênero raramente me prende, e olha que sou super fã da Nora!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mari!
    Só li um livro da Nora na vida e não curti muito. Ainda quero ler outros livros dela para ver se realmente vou gostar, mas confesso que estou receosa também.
    Adorei sua resenha de "Bruxa da Noite", mas o livro não me chamou atenção. Acho que deve procurar um outro da autora para ler. rsrs...
    Ainda assim, obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Oii! Eu só li uma obra da Nora e o tema havia sido sobre bruxas também, mas essa história parece ser um pouco mais envolvente, principalmente por conter um vilão mais construído. Pena que a história não te agradou muito, fiquei curiosa em relação ao enredo e espero ler um dia para conferir. Obrigada pela dica. Bjss!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Sou grande admiradora das obras da Nora e esta não foi a primeira resenha que li em que as pessoas se decepcionaram com o livro. Gostei da parte do romance, apesar de considerar clichê o amor entre funcionária e chefe. Que pena que os diálogos são pouco críveis. A questão da magia também não é interessante para mim, pois não curto livros de fantasia. Acho que, apesar de ser da minha autora mais diva, vou deixar passar essa.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, achei interessante isso de a bruxa transferir seus poderes para três descendentes que tanto tempo depois vão se reunir. Mesmo com suas ressalvas, é uma leitura que me interessaria.

    ResponderExcluir
  8. oi tudo bem?
    Eu gostei do livro, mas assim como vc não me senti arrebatada por ele, alguns aspectos me incomodaram um pouco, mas de modo geral eu gostei bastante. Os demais volumes são bem melhores ;)
    bjos

    ResponderExcluir
  9. São tantos livos que à Nora Roberts publica que fico completamente perdido rs. Fiquei curioso em conhecer essa obra, gostei em partes e faço questão de ler, nem que seja por ebook. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  10. Oii!!

    Eu tô pra ler essa série já faz um tempo mas ainda não consegui. AMO a Nora, mas todo mundo fala que esse livro é médio, não muito bom, daí acabo adiando um pouco mais a leitura, espero que a trilogia melhore a partir do segundo livro <3

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Eu já tinha visto a capa do livro e alguns comentários mas ainda não tive oportunidade de ler. Uma pena você não ter gostado muito. Muito boa sua resenha, sincera e direta. Boas leituras, bjo

    ResponderExcluir