Resenha: Um minuto, Mag Alves



Título: Um minuto
Autora Nacional: Mag Alves
Número de páginas: 296
Ano: 2017
Editora: Sonho de Livro

Um minuto é um drama. Quem acompanha minhas resenhas sabe que fujo de dramas, dor e sofrimento. Então imaginam o tempo que levei para ler esse livro. Isso explicado, vamos à resenha.

Mag Alves criou um romance – se espera cenas hot esqueça, é um romance romântico, não é uma história erótica – dramático abordando de maneira respeitosa e consciente um drama que aflige centenas de milhares de pessoas ao redor do mundo: Depressão.

Mariana, sua personagem principal, sofre da doença depois de perder o marido de maneira inesperada. Nada parece ser capaz de ajudar a moça a sair do buraco.

Isso até conhecer uma pessoa que abriu mão de uma vida – aqui não interessa se era o que ele queria, se era feliz, se já queria largar tudo – estruturada para ajudar a família em um momento complexo.

Essas duas almas machucadas podem ser a ajuda que a outra precisa. Não estou falando de muletas ou de um “romance por pena”, estou falando de almas que se reconhecem e que se ajudam mutuamente. Para Mariana e Fábio, por um acaso, são um casal. Nós nos vemos torcendo pelo casal, não como em um romance romântico, mas porque o sofrimento do outro nos lembra do nosso próprio, logo queremos fazer algo para ajudar.

Outro ponto positivo da história é a relação que a Mariana tem com a família do ex-marido, eles são um apoio, não um estorvo.

Como a versão que li foi a anterior a que está publicada na Amazon, não vou avaliar revisão ou diagramação, seria injusto tanto com a autora, quanto com a editora. Colocar aqui que “tem graves erros de revisão” sendo que todos já podem ter sido corrigidos seria apenas desmerecer a obra e o trabalho por pura preguiça, então depois que eu ler a versão nova – revisada – eu comento.

Recomendo para quem gosta de romances dramáticos.





Sinopse: Depois de perder o marido de forma repentina, Mariana, uma jovem bancária se torna uma pessoa sem vontade de viver.

Fábio morava em Londres e, mesmo sem experiência no mundo dos negócios se viu obrigado a voltar ao Brasil para ajudar a revolver problemas na empresa do pai.
De uma forma inusitada o destino fará com que o caminho dos dois se cruze, mas se apaixonar de novo não faz parte dos planos de Mariana, pois ela acha que se envolver com outra pessoa é trair Gustavo, o marido falecido.
Será que Fábio conseguirá mostrar para Mariana que se pode amar outra pessoa depois de se perder um grande amor para a morte?Ou Mariana não conseguirá enxergar nada além da dor que sente pela perda do marido?
Acompanhe a história de Fábio e Mariana e veja como em apenas UM MINUTO nossa vida pode mudar.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Obrigada pela resenha linda, e por você ter saído de sua zona de conforto, para ler meu livro. Obrigada!!!

    ResponderExcluir