Mês Os Bridgertons: Um Beijo Inesquecível (Os Bridgertons #7)

Castelo de Itaipava, Petrópolis-RJ.

Título no Brasil: Um beijo inesquecível (Os Bridgertons #7)
Título Original: It's in his kiss
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272
Ano: 2016

Esse era um dos livros da série para os quais eu mais criei espectativa após a história da Penélope, no livro 04. Hyacinth é a caçula da família Bridgerton e a única que não conheceu o pai, que morreu quando ela ainda estava na barriga da mãe.

De acordo com Violet, a mãe, o nascimento da pequena salvou a matriarca da depressão e por conseguinte salvou toda a família. Em consequência, Hyacinth acabou sendo superprotegida de uma forma um tanto diferente... Era lotada de carinho? Sim, mas seu maior presente foi ganhar a liberdade para poder dizer o que queria e explorar as diversas possibilidades de quem desejava ser como pessoa.



Ela sempre quis casar, embora muitos de seus parentes não acreditem nisso. O problema é que com toda a sua sinceridade e a autoestima na lua, é considerada uma mulher difícil de ser controlada e consequentemente não muito atrativa para homens com mente restrita. Ela nunca encontrou em seus pretendentes alguém que realmente desafiasse sua capacidade intelectual, que fosse páreo para suas conversas irônicas e de duplo sentido... Isso até Lady Danbury (sim, ela mesma! Amo essa velhinha!) resolver que sua "protegida" precisava casar com seu neto, Gareth St. Clair, um mulherengo ainda maior que os irmãos Bridgertons!

Gareth era o filho mais novo em um lar sem mãe e onde o pai amava apenas o filho mais velho e nutria grande desprezo pelo caçula. Se não fosse por Lady D, ele jamais teria ideia do que era ser amado. Mulherengo que só e sem o mínimo interesse em contrair matrimônio, encara as sugestões nada discretas da avó com bastante sarcasmo.

St. Clair é um verdadeiro desafio à mente afiada de Hyacinth, o que, diferente do esperado, não a faz cair de quatro, mas a assusta consideravelmente. É claro que o orgulho dela não a deixará assumir isso nem para ela mesma e, quando um diário antigo coloca uma caça ao tesouro no caminho desse casal, as maiores loucuras podem acontecer.

Um beijo inesquecível é um livro bastante diferente dos anteriores da série, pois tenta incluir um pouquinho de aventura à trama. Hyacinth é praticamente a Lady Danbury mais nova, o que é divertidíssimo! Foi delicioso de se ler! Ouso dizer que foi o meu favorito, quase empatando com o da Penélope.


Veja onde comprar no site da editora, clicando aqui


Sinopse do Skoob: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.
Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.
Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples e de tão complicado quanto um beijo.

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Mentira, meu preferido também é o da Penelope, mas tem muita gente que não concorda. Adorei rs Ainda não li esse livro, parei nele na verdade, pois deixo a Julia para as leituras que quero ter certeza de aproveitar, geralmente pós ressaca literaria. Adorei saber que ela é como a Lady Danbury mais nova, fiquei mais animada ainda para ler. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Pai do céu! Mais Bridgertons...
    É tanta gente falando dessa série que não consigo me sentir atraída pela leitura. Enfim, vou esperar essa febre passar, ler o Quarteto Desafinado lá antes que caia no gosto geral da nação e quem sabe um dia, após completar a série que já tem o inicio na minha estante, eu consiga ler e gostar dela também. Por enquanto ainda estou imune aos encantos dessa família.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari.
    Estou doida para ler essa série.
    Só me falta o livro 8 para completar a coleção e assim que conseguir um exemplar quero começar a ler!!
    Agora vou ficar na expectativa para ler esse livro!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Olá, sou suspeita para falar desta série porque amei os livros (talvez um pouco menos o da Eloise). Gostei de como cada irmão é único, com qualidades e defeitos. Dei boas risadas, me emocionei e torci por eles. Lady D estava certíssima ao juntar estes dois. Julia escreve muito bem e não é à toa que a gente se encanta. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari!
    Mais uma resenha dessa série. Scrr. Vou tomar vergonha e ler, sério!
    Eu vi algumas coisas sobre esse no canal da Aione e ja gostei da personagem lá, quando ela falou um pouco. Ela parece realmente muito divertida
    Nunca li nada do gênero, confesso, mas tenho vontade e principalmente de conhecer a escrita da Quinn que parece tão viciante. Só resta coragem pra ler essa série gigante. Um dia quem sabe.


    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Mari! Amei sua resenha e já gostei logo de cara da personagem Hyacinth haha, a história parece ser super envolvente e divertida, principalmente com o Gareth, sei que com certeza ele irá mexer com a cabeça dessa mocinha inteligente. Adoro romances de época e só leio comentários positivos sobre a escrita da Julia Quinn, então não vejo a hora de conferir também. Bjss!

    ResponderExcluir
  7. Oie tudo bem?!?! A Hyacinty é uma das Bridgertons que mais gosto rsrsrsrs. Concordo que por diversas vezes ela era inconveniente, mas a língua afiada dela me conquistou rsrsrsrs
    Acho que me sentirei completamente órfã quando as resenhas acabarem e os Bridgertons forem só uma vaga lembrança.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Só li o primeiro livro da série e estou louca para ler os demais! Fiquei mais curiosa depois de ler sua resenha! Bjs :*

    ResponderExcluir
  9. OOi!
    Ainda estou no quarto livro, mas já estou apaixonada pela autora. QUINN RAINHA! <3
    Nossa, amo essa Lady Danbury. kkkkkkk
    Não vejo a hora de chegar na pequena Hyacinth, que ainda é pequena onde estou. kkkk
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Sou louca para ler algo da Júlia, mas ainda não tive oportunidade! Sou louca para ler essa série que é muito comentada. Leio tanta resenhas desses livros que ja estou familiarizada com algum personagens. Gostei muito da sua resenha me deixou com mais vontade de ler essa série, um grande beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari.
    O livro da Penélope é um dos que mais quero ler, mas esse entrou para a lista também porque adoro livro que são divertidos.
    Além disso, a Hyacinth me pareceu ter uma personalidade bem forte e ser uma pessoa desafiadora. Acho que vou gostar da história dela também.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari, sua linda, tudo bem?
    Nossa, ja fiquei com o coração partido por Gareth, que pai horrível. Lady D arrasou em dar amor a ele. Já vi que irei adorar essa caçada ao tesouro e irei me divertir muito com as confusões que serão criadas. É bom quando a autora nos surpreende, e traz algo novo dentro de uma série em que você já espera por certos acontecimentos. Já vi que irei me apaixonar por eles também. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oii Mari, tudo bem? Adorei a resenha. E que bom que gostou tanto da leitura <3 Eu li apenas os dois primeiros da serie até agora e gostei bastante, mas não sei quando irei ler os outros...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Só li o primeiro livro dessa série mas logo de cara já me apaixonei pelos Bridgertons. Adorei saber que esse volume tem o diferencial de ter um pouco de aventura, mal vejo a hora de chegar nele.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? SIM SIM SIM ele empata no meu coração com o do Colin. A Hyacinth é de uma personalidade tão diferente que você simpatiza logo de cara. E por ser a mais nova e não conhecermos tanto ela pela série, é ótima ver ela grande aqui <3
    Adorei demais e o Gareth também é outro ser apaixonante <3
    Beijos e ótima resenha!
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir