Leituras da Mari: A perversa (Amor e Mentiras #2) - Tarryn Fisher


Título no Brasil: A perversa (Amor e mentiras #2)
Título Original: Dirty Red (Love me With Lies #2)
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro editorial
Páginas: 256
Ano:2016

Taí algo que amei nessa trilogia: cada livro, embora continuativo, é contado por um personagem diferente. Fiquei ainda mais impressionada e animada quando descobri que o livro dois seria contado pelo ponto de vista da nossa "vilã".

Leah acredita estar prestes a realizar seu maior sonho, casar com o "amor da sua vida", Caleb. Ela encontrou uma aliança de noivado na casa dele, e tinha a certeza de que o pedido chegaria em breve. Contudo, a vida a surpreende negativamente quando seu "quase noivo" sofre um acidente terrível e perde por completo a memória, não lembrando nem mesmo quem ela é.

Ela faz de tudo para lembrar seu amado de que ele também a ama, mas as coisas descambam quando ele encontra a ex-namorada, Olívia, e sem reconhecê-la ou lembrar do que houve entre eles e os levou a terminar, volta a apaixonar-se. Desesperada, Leah dá um ultimato e consegue afastar "a oportunista" de seu querido Caleb.



"Eu queria ... eu queria o que Olivia tivera e jogara fora - alguém que me adorasse, mesmo que minhas entranhas se enroscasse e dessem botes como uma cobra venenosa. Não! Eu não sou a cobra venenosa. Olivia que é. Tudo o que tive que fazer foi culpa dela. Eu sou inocente."


Quem leu o livro anterior sabe como termina para Olivia, e também tem uma ideia de qual o rumo a vida de Leah e Caleb vai tomar... No segundo livro da trilogia Amor e mentiras, descobriremos um outro lado de Leah. Na verdade, descobriremos vários lados dela. Assim como em A oportunista (leia resenha aqui), este livro intercala passado com futuro e veremos cada dor, pensamento distorcido, ilusões, mentiras, ações desesperadas e muito mais que Leah fez para atingir seu objetivo: manter Caleb com ela.

"Tenho feito um bom número de coisas para manter esse homem. Mentido e trapaceado. Tenho sido sexy e dócil, feroz e vulnerável. Tenho sido tudo, exceto eu mesma."

Eu amei a leitura. Consegui até mesmo chegar a ter pena de Leah em alguns momentos, pelo amor doentio e a necessidade desesperada de conseguir para ela aquilo que sabia já ser de outra.

Será que é possível "obrigar" alguém a gostar de você? Será que vale mesmo a pena tudo por amor? Estaria Leah realmente preparada para lidar com as consequências de seus atos?

Para aqueles que gostaram de A oportunista, acredito que A perversa é leitura essencial.


Sinopse do Skoob: Leah Smith finalmente vive um momento muito especial. Conquistou aquele que considera o “homem da sua vida”, mas não está completamente feliz.
Leah se sente insegura, como se fosse sempre a segunda opção e sua vida atual, como um castelo de cartas, pudesse desabar a qualquer momento...
E, mais do que sentir, ela sabe que Caleb nunca a olhou com aquele brilho especial que dirigia a Olivia. Então, se por um lado se sente vitoriosa, por outro, percebe quanto é desgastante e trabalhoso manter a sua conquista.
Agora, oficialmente casada com Caleb, ela vai até as últimas consequências para manter unidos os pedaços de uma vida construída por segredos, mentiras e trapaças. E, quem sabe, amor.
Mas não é assim que devemos fazer para lutar por quem amamos?
Leia resenhas de outras obras da autora clicando nas imagens abaixo: 


Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Oi oi
    Essa série deu o que falar quando sai o primeiro livro por aqui, discussões sobre ética e coisa e tal, mesmo não sendo uma trama que me atrai, acho essa discussão muito positiva, a final a que ponto chegamos para termos o que queremos, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso foi o que mais me atraiu na obra. Desde o livro 01, tudo é permeado por questão sobre ética e moral. Eu achei bastante proveitosa a leitura.

      Excluir
  2. Olá, confesso que passei batida por esta série. Vou me informar melhor para ver se é do tipo que me agrada ou não. Por este livro, atualmente, não seria algo me me interessa, mas é uma opinião que pode ser revista. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beta, acontece. Não vamos esquecer que esse é o livro 02, então é preciso ter lido o 01 para entender direito o que ele irá trabalhar. De qualquer forma, não é a todos que ele agrada.

      Excluir
  3. Oiii!!

    Eu não conhecia o enredo dessa obra, mas conheço a série e fiquei feliz em saber que a autora teve um cuidado de manter um padrão na hora de dar continuidade a obra.
    Gostei da sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ana! =)
      Realmente é ótimo quando os autores têm esse cuidado.

      Excluir
  4. Essa trilogia ta na minha lista de livros desejados desde que eu conheci o primeiro livro no blog da Ana! <3 Ai como eu quero ler Mari, tenho certeza que irei adorar a história e gostei muito de saber um pouco mais da história do segundo livro por meio de sua resenha! <3 Grande sacada da autora contar a história do segundo livro pelo ponto de vista da vilã.

    Beijos e até logo! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, fiquei maravilhada com essa sacada da autora. Depois disso vi outros autores fazendo o mesmo, mas foi com ela que tive a primeira experiência de ler o ponto de vista do vilão.

      Excluir
  5. Oi, Mari.
    Já li A Oportunista e gostei muito! Tenhos os outros dois da trilogia e tive o prazer de conhecer a autora! Ela é muito simpática e estou caçando tempo para conseguir ler esses livros!
    Sua resenha me deixou mais animada porque apontou coisas que eu gosto numa história!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morrendo de inveja de você, Camila. Ok... É uma inveja das boazinhas, daquela de "queria ter estado lá do seu lado e conhecido a autora também", mas é.rs. Quando você tiver lido o livro dois, vem aqui contar pra mim!

      Excluir
  6. Oie!
    Eu ainda não li nenhum dos livros dessa trilogia, e estou apenas esperando uma promoção com o box.
    Já recebi várias indicações para ler os livros, e a cada resenha, fico ainda mais curiosa para ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente. Quando temos uma trilogia completa, sempre queremos os 3 de uma vez.rs.

      Excluir
  7. Oi Mari.
    Eu também disso, de ver a história pelos olhos de diferentes personagens e ver pelos olhos da vilã é mais incrível ainda!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Oioi, tudo bem?
    Eu já li o primeiro e gostei demais.
    E não sabia que cada livro seria contado por cada personagem.
    Quero mto ler a visão da Leah, nao gostei mto dela no primeiro, mas eu estava lendo pela visaõ de outro personagem ne?
    Adorei a resenha.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Suzzy, cada livro nos apresenta a história por um ponto de vista. A história segue, não se repete, mas é contada nesse segundo pela Leah e no terceiro por nosso galã. Mais ou menos.

      Excluir
  9. OOI!

    Esses livros parecem ser ótimos, não li nenhum da trilogia ainda mas vontade não falta. Faz tempo que não leio resenhas deles, e a sua reacendeu minha curiosidade. haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como os livros não são mais lançamento, muitos dos blogs nem falam mais deles. Provavelmente eu também não falaria, se não tivesse sido meio atrasadinha na leitura. rsss. Gosto de ler livros de catálogo também, não apenas lançamentos, porque muita gente não os conhece ainda, apesar de tudo.

      Excluir
  10. Olá, tudo bem? Fiquei interessada nesses livros desde que soube que as autoras iriam vir no Brasil, ano passado, mas por uma fatalidade acabei não indo nos autografos nem comprando os livros. Gostei de saber que a história é continua na trilogia e com pov de personagens diferentes. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Carool! Espero que no futuro tenha a oportunidade de lê-los e venha a gostar da trilogia, assim como eu estou gostando.

      Excluir
  11. Eu já tinha lido em algum lugar a resenha de a oportunista antes e lembro que eu não me interessei em ler, mas vendo a segunda resenha que é do segundo livro parece que vemos um outro lado da protagonista e esse sim eu me interessei bastante. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oii Mari, tudo bom? Adorei sua resenha e o fato de não conter spoilers! Quero muito ler essa trilogia e finalmente conhecer a escrita da autora. Acho que irei adorar :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu amei essa trilogia, amei a narrativa e principalmente o desfecho dessa história. Tarryn conseguiu deixar minhas emoções todas bagunçadas, onde a bipolaridade nunca foi tão bem compreendida até a leitura deste livro. Como você, eu também senti pena de Leah em alguns momento em relação as suas escolhas e consequências. Porque a real é que Tarryn foi capaz de construir uma história intensa, com personagens com grau de moralidade zero e que mesmo assim, você não consegue largar o bendito livro. A parada comigo foi, xingando bastante a protagonista (a maioria das vezes) e depois digamos, torcendo para que a razão lhe abrace e que crie um rumo para sua vida. Enfim, como disse antes, eu amei essa trilogia e achei que no segundo livro a autora conseguiu manter a sua narrativa viciante e fluída. E isso me fez mergulhar na história esquecendo completamente do tempo e espaço.
    Parabéns pela resenha. =D
    Abraços

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir