Resenha: A Oportunista


Título no Brasil: A oportunista (Amor e Mentiras #1)
Título Original: The Opportunist
Autora: Tarryn Fisher
Páginas: 256
Ano: 2016
Editora: Faro Editorial





Quando eu li esse livro, no original em inglês, a Faro Editorial provavelmente nem sonhava em trazer a obra para cá ainda.rs. Quando soube que ele havia sido lançado em português fiquei muito feliz, pois foi uma obra que me surpreendeu bastante ao longo da leitura.

Aqui os livros realmente precisam ser lidos na exata ordem, pois são continuativos. Entretanto, diferente de outras trilogias, cada um será contado pelo ponto de vista de um personagem diferente. Até mesmo Leah, a antagonista (a vilã da história) tem a sua vez como narradora, algo que achei super interessate.

A oportunista é contado por Olivia Kaspen, uma moça que perdeu o grande amor de sua vida por ser exatamente isso, uma pessoa que só pensa em tirar vantagem para ela de todas as situações. Eles namoraram por um tempo e ela literalmente destruiu o coração dele com todas as inseguranças que possuía e algumas outras coisas. Agora, mais de 01 ano depois, ela se depara com o único homem que já amou em uma loja de discos, CDs e afins.


Depois de um período de guerra interna entre "fujo ou falo com ele", ela se enche de coragem e vai dar um "oi" para o homem que jurara a odiar por toda a eternidade. Qual não é a surpresa de Olivia quando Caleb não a reconhece e ainda a paquera?

Pois é... Caleb sofreu uma acidente e perdeu a memória. Não lembra de praticamente nada, até o próprio nome sabe somente porque disseram para ele. O único empecilho nessa "bênção para Olívia" é que Caleb, mesmo desmemoriado, foi informado que está noivo de uma moça.

Ela sabe que é errado, mas não resiste e se aproveita da situação para tentar reconquistá-lo, nem que apenas como amigo, por um curto período de tempo. Para isso, ela precisa mentir e fingir que também o está conhecendo a partir daquele instante. Através da "amizade" que oferece, conforme o tempo passa, começa a conseguir seu objetivo... Mas essa reconquista está baseada em mentiras e a mentira tem perna curta, algo que atormenta Olívia ao longo dessa história - até porque, a família dele a conhece e se colocarem o olho nela...

Nesse meio tempo, Leah, a noiva por quem Caleb não entende o motivo de ter ficado noivo e é incapaz de conseguir gostar nessa nova vida (em que está, novamente, apaixonando-se por Olívia), começa a se sentir ameaçada e passa a investigar toda a vida de sua oponente, algo que pode se tornar extremamente ruim para todos os três.

Achei o livro muito interessante, pois apesar de o que a protagonista opta por fazer não ser correto, ela apresente um dilema interno constante, recriminando-se por estar enganando Caleb ao não revelar sobre o passado deles. Ao mesmo tempo, afirma não conseguir abrir mão da possibilidade de passar mais um tempo com o único homem capaz de fazê-la feliz, e vai se enrolando cada vez mais naquela situação. Tive tanta raiva de Olívia, não vou mentir! Em vários momentos torci muito para que Caleb descobrisse tudo e desse um pé nela, ou ao menos brigasse com ela por tê-lo enganado por tanto tempo.

Querem saber o que irá acontecer? Então leiam essa história e aproveitem para se prepararem para o livro dois, ele irá deixar vocês de queixo caído.

Sinopse do Skoob: Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória.Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta.
E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo.
Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith.
Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado.
Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.

Comente com o Facebook:

30 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Que história interessante! Olivia parece ser aquelas protagonistas fortes e teimosas que no final todo mundo consegue entender seu pensamento.
    Amei a capa! Confesso que faço parte daquele grupinho de pessoas que adoram julgar um livro pela capa, rsrs... Porém, de todos esses meus julgamentos, nunca me decepcionei.
    Gostei da resenha, bem rápida e com conteúdo!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belle, não consigo mentir. Eu também julgo o livro primeiro pela capa. Entretanto, algumas vezes mudo de ideia conforme vou lendo resenhas. Esse aqui eu resolvi ler pela capa mesmo e não me decepcionei.

      Excluir
  2. Olá Bel
    Esse livro é mesmo bem diferente do normal do gênero, onde as protagonistas são sempre um amorzinho. Mas ao mesmo tempo vejo muito de novela mexicana nessa trama, que eu não consigo gostar, então vou pular a dica de hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade! Esse livro segue um estilo completamente diferente disso, onde a protagonista é quase uma vilã também, mas menos malvada que a vilã oficial.rs.

      Excluir
  3. OLá, Mari! Tudo bem?

    Essa é uma das minhas trilogias favoritas desse gênero. A Tarryn é capas de criar um universo completamente tenso. Aliás, todos os tipos de tensão. Ela mostra uma relação maluca e contraditória, ela prende e surpreende o leitor, justamente por nos possibilitar ver através dos três personagens. Nossa opinião muda. Nossos sentimentos mudam. E ela é tão talentosa que consegue manter o leitor preso sem usar cenas mais picantes pra isso. Inclusive esse livro quase não tem, né? Fica meio subentendido.

    Parabéns pela resenha!

    beijo

    http://www.leitorasinquietas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Foi isso mesmo que eu sentia enquanto lia! E você tem razão ao comentar que ela consegue prender o leitor sem precisar apelar para cenas detalhadas de sexo.

      Excluir
  4. Olá,
    Adorei a premissa do livro e fiquei muito curiosa como irá acontecer o desenrolar dos fatos. Sinceramente, mesmo sendo errado o que Olivia está fazendo com Caleb, já torço para que eles fiquem juntos kkkk
    Quero saber mais sobre essa briga interna de Olivia e como sua oponente irá reagir diante dos fatos.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi tudo bem explicadinho ao longo dos livros seguintes. Valeu a pena a leitura.

      Excluir
  5. Oi!
    Tenho a impressão de que já vi esse livro em algum lugar...
    A história parece ser bem interessante mesmo! Só não sei se embarcaria nessa por ter continuações (peguei um certo trauma haha) Mas parece ser legal!
    Adorei a resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente, Vitor. Eu também estou um tantinho traumatizada no momento, lendo três séries ao mesmo tempo. Saudade dos livros únicos.rs.

      Excluir
  6. Oi Mari, tudo bom? Adorei sua resenha! Eu sempre leio muitos comentários positivos sobre esse livro, mas nunca tinha parado para ler sobre o que se trata a história. Fiquei super intrigada com a premissa e com essa protagonista. Já quero muito ler!!! :D Espero fazer isso em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabrielly! Que legal que você se interessou pela obra. Espero que venha a ler a trilogia e, se quiser, depois volta aqui e conta para mim o que achou. Adoro conversar sobre os livros que leio.

      Excluir
  7. OIii

    Nossa que estória interessantes, acho que nunca li nada parecido. Amo quando as protagonistas são fortes, e Olivia parece ser bem assim, apesar da teimosia ahhaha Nunca tinha visto ele, mas já me interessei. Já cooquei na listinha infinita de leituras.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olivia é um mista de força e fragilidade, acho que como a maioria das mulheres. Ela tem suas dúvidas e dilemas, seus momentos de tristeza, confusão, choro... Mas também é decidida em várias outras situações, é inteligente, divertida.

      Excluir
  8. Oi,
    Eita que fiquei curiosa, que escolhas erradas são essas? Pq a mocinha dá tanta raiva? Ahhh vou anotar a dica!! rs
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você leia e goste. Eu senti raiva, mas gostei muito.rs.

      Excluir
  9. Oi, Mari.Eu já conhecia o livro mas ainda não o li, eu já tinha alguma curiosidade com ele mas depois de ler a sua resenha eu fiquei ainda mais curiosa. Achei muito bom ver a sua opinião e de saber que gostou da obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que pude ajudar. Espero que goste da leitura, como eu gostei.

      Excluir
  10. Oi, Mari, tudo bem?
    Já vou começar esse comentário dizendo que prefiro mil vezes a capa original. "Editoras, por que vocês insistem em mudar?!?"
    Genteeee, que bacana essa história de cada personagem narrar um dos volumes da trilogia. Achei o máximo! Assim conhecemos mais profundamente a personalidade de cada um. Ter um dos livros narrado pelo ponto de vista da vilã deve ser incrível. Talvez ela até deixe de ser vilã aos nosso olhos, né?!
    E essa "mocinha" parece mais uma antagonista, né?! oportunista duas vezes! Algumas pessoas (e personagens) não merecem segundas chances mesmo hahahha
    Fiquei bastante curiosa, viu?!
    Vou anotar sua dica aqui e ler assim que for possível!

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo. A capa brasileira puxa mais para a mulher sexy e fatal, enquanto a americana trás uma mulher mais simples, quase como que se escondendo... Mais humilde. A americana está bem mais delicada mesmo.

      Espero que goste da leitura, porque eu achei muito interessante.

      Excluir
  11. Oie!
    Eu ainda não li o livro, e estou bem curiosa para saber o que tanto falam dessa história. Impossível não ficar curiosa para saber o que acontece, e até mesmo o que vai acontecer quanto a verdade for relembrada\o/
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. A premissa da amnésia traz mesmo essa expectativa.

      Excluir
  12. Ooi! Tudo bem? Gostei bastante da resenha ^-^
    Eu já conhecia o livro, mas não me chama a atenção, sabe? E nem é por causa de toda a mentira que se envolve, é porque não gostei mesmo da ideia em geral rs parabéns pela resenha!
    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso acontece, Ruhh. Nem sempre as pessoas gostam da ideia de uma história. Normalíssimo.

      Excluir
  13. Oi Mari...
    Conhecia esse livro por ter visto a capa dele pelas livrarias a fora... mas não conhecia a história assim. Adorei a sua resenha e confesso que eu quero muito o ler agora.
    Anotei a sua dica!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mayara! Espero que quando você resolver ler, goste assim como eu gostei.rs

      Excluir
  14. Olá! Sempre li resenhas positivas sobre esse livro e a sua não foi diferente. Achei a história bem interessante e instigante. As capas estão lindas e parecidas, acho legal quando as edições combinam as capas. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então... Até já achei algumas negativas, mas a maioria é mesmo positiva e como eu gostei do livro, posso dizer por que entendo essa maioria.rs.

      Excluir
  15. Não conhecia o livro, achei bem interessante. Fiquei curiosa para saber se as coisas ficarão bem para Olivia e Caleb. Bacana você ter lido em inglês, é sempre melhor ler no original.

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto de ler em inglês sempre que posso. Pena que nem sempre encontro os livros que quero nas livrarias... Ainda mais quando é série. Por vezes tem o primeiro e não tem os outros, aí só importando mesmo.

      Excluir