Resenha: Não diga Nunca Para o Amor



Título e-book: Não Diga Nunca Para o Amor
Autora Nacional : Janaína Melo
Editora: independente
Ano: 2016
Páginas: 556



Há pouco tempo, trouxe a resenha do primeiro livro da autora Janaína Melo: “Segunda Chance Para o Amor”. Hoje vou falar sobre o segundo volume da série e também o segundo da carreira da escritora, “Não Diga Nunca Para o Amor”.

Em “Não Diga Nunca Para o Amor” Janaína Melo segue a mesma fórmula do primeiro volume da série: um casal se conhece muito jovem, é separado pelas circunstâncias, por intrigas e mal-entendidos, reencontrando-se muitos anos depois. Apesar do “modelo” que parece ser a “espinha dorsal” de toda a série, a história é totalmente distinta. Além disso, pude notar uma grande evolução técnica da autora. Sua escrita descomplicou-se, desabrochou, digamos assim, e tonou-se mais fluida. Consequentemente, temos uma leitura ainda mais prazerosa.


Os protagonistas dessa história foram a primeira surpresa para mim. Apesar de Eduardo e Áurea já estarem presentes no primeiro livro, não percebi qualquer indício de que eles formariam um casal no segundo. Geralmente, em se tratando de séries, esses detalhes são logo notados, são previsíveis, então a meu ver isso valeu um ponto para a autora, que soube guardar bem o segredo e alimentar, assim, a curiosidade do (a) leitor (a) sobre o que viria pela frente. (Para quem estiver surtando, aviso: não dei spoiler, falei apenas minha sensação pessoal sobre a escolha dos protagonistas que são mencionados na sinopse!)

Sobre a história, propriamente, apesar de ter gostado muito da primeira, confesso que o segundo volume me agradou mais. Acredito que isso se deva ao fato de que, após a grande passagem de tempo, os personagens retornam muito mais maduros que Fernando e Celeste, que protagonizaram “Segunda Chance Para o Amor”. Esse detalhe está totalmente coerente, principalmente em relação à Áurea, que, além de ter sua trajetória marcada por uma tragédia, precisou assumir um papel inesperado para uma jovem de 18 anos.

Depois de um rápido namoro na juventude, Eduardo e Áurea forjam um laço indissolúvel, mas é o destino quem se encarrega de juntá-los no futuro. Após o reencontro, muitas situações colocarão o sentimento dos dois a prova. Foi ótimo ver como eles cresceram e foram lidando com cada uma delas, entre erros e acertos.


Além de ter adorado o par (Eduardo e Áurea), fiquei muito contente com o surgimento de um novo casal, que, este sim, já sei que será protagonista do terceiro livro da série: Matheus e Juliana. Bom, não vou me estender falando sobre eles, pois prefiro deixar para a próxima resenha, mas não posso deixar de ressaltar que deram uma pitada de irreverência toda especial à história.

O ingredient
e que não poderia faltar, o mesmo que acredito atrair tantas leitoras para as histórias de Janaína Melo, é o romantismo que, apesar dos percalços que o casal atravessa, está presente em quase todo o livro. Além disso, o que mais me comoveu foi... Droga, não posso contar ou será spoiler, mas para mim aquilo foi uma verdadeira inspiração. Quem leu a primeira obra e gostou, sem dúvida nenhuma gostará muito de “Não diga Nunca para o Amor”.

Onde comprar: Amazon.




Sinopse do Skoob: Quando um coração é rendido, não há o que fazer: não há quem possa resistir ao amor! Amar não estava nos planos de Edu. Profissional competente, bem-sucedido, bonito e extremamente seguro de si, desde muito jovem, sabia o que queria para seu futuro. A única área de sua vida à qual se dedicava de corpo e alma era a profissional. O amor bate à sua porta de forma inesperada, no momento em que conhece Áurea. Ela não é uma garota para relacionamentos casuais e, ao perceber isso, Eduardo recua diante do que sente, temendo machucá-la. Seus sentimentos, porém, são fortes demais para serem ignorados; tão intensos, que sobrepõem todos as suas aspirações. Ele quer começar do zero, quer traçar novos planos para o futuro; um futuro com ela. No entanto alguns mal-entendidos, além de uma fatalidade, impedem-no de viver esse amor. O jovem se afasta novamente e, dessa vez, para nunca mais voltar. O destino não parecia estar de acordo com as escolhas de Eduardo e, muitos anos depois, coloca-o frente a frente ao grande amor de seu passado. Áurea, porém, já não é a mesma garota que ele conheceu. Ela agora é uma forte mulher, que carrega uma enorme "bagagem de vida", a qual vai muito além do que ele poderia imaginar. Há dez anos, junto com a tragédia que abalou a sua vida, ela recebeu dois lindos presentes: eles são a sua vida, seu segredo mais bem guardado, seus filhos. O coração de Eduardo bate mais forte, ao reencontrá-la, e com ela não é diferente. O mesmo segredo que os une separa-os, mas o destino se encarregará novamente de juntá-los, obrigando-os a, juntos, confrontá-lo. Surpresas aguardam Eduardo, quando ele disser sim ao amor.


Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Ah, Deh!

    Mais uma vez me emociono ao ler sua resenha a respeito de um dos meus livros (Quase surtei!). Você tem o dom de resumir, em palavras, a verdadeira essência de uma história.

    “Não diga Nunca para o Amor” é um livro intenso, pois mexe com diversas emoções, mas foi muito prazeroso escrevê-lo.

    OBRIGADA!

    ResponderExcluir