Resenha: 14 Dias - Barbara Biazioli


Título no Brasil: 14 Dias
Autor (a) Nacional: Barbara Biazioli
Editora: Bezz
Ano: 2014
Páginas: 183


Olá, tudo bem com vocês?

Hoje vou trazer a resenha de um livro que já conhecia a capa, mas nunca tinha lido nada da autora e nem sabia sobre o que esse abordava. A história é bem clichê, mas como vocês sabem, eu gosto de histórias assim. Só que essa não é bem... Quer saber, vamos à história!


Caroline de Francis é uma jovem órfã e esforçada que estuda engenharia de produtos e trabalha no arquivo de uma empresa que fica no porão. Esforçada e sofrida, parece ser uma menina decidida e não se deslumbra com o mundo. Em um dia, com várias caixas para guardar e etiquetar, acaba trabalhando até tarde e fica sozinha por lá. É aí que aparece à porta um homem lindo, charmoso, maravilhoso e bem arrumado (claro, não ia ser o carinha assustador que mexe com geral na esquina, né?)


Pedro Villas Boas, O CHEFE, tinha tudo que o dinheiro poderia comprar e estava com o casamento marcado dali a uns dias, mas não era feliz. O único momento em que sentia paz era quando observava a sua funcionária pelas câmeras. (MAS HEIN???) Isso mesmo, ele sabia tudo que Carol fazia, nutrindo um certo desejo por aquela garota. (Você pode até estar pensando "que lindo, ele é tímido, romântico", mas eu só consegui pensar em "que horror! Parece aqueles perseguidores doidos dos seriados que  a Mari me conta.")

Aparentemente o cara estava cansado de tudo o que estava passando e então resolveu, por impulso, fazer uma proposta para Carol. Ele oferece um acordo com benefícios: 14 dias de puro amor e sexo, ambos se entregando de corpo e alma, vivendo um "conto de fadas moderno".

Sério, alguém precisa definir o conceito de amor desses dois para mim, porque é bem diferente do meu. Do jeito que o livro propôs basta estalar o dedo e tá amando, ou qualquer demostração de carinho e romance, mesmo manipulada, é amor. Sinceramente... Ah, deixa pra lá. Continuando... Depois desse prazo, eles iriam fazer de conta que nada havia acontecido, Pedro se casaria e Carol voltaria para sua vida normal e o seu arquivo (trabalho).  


Aí você me pergunta: Por que ele não termina o seu noivado e vai curtir a vida com a garota? 
Resposta: Pedro sempre dizia que não poderia cancelar o casamento, que tinha um "problema" que o impedia. 


O que importa é que ela aceita. Afinal, quem não aceitaria dar 14 dias para o patrão gato que nunca viu, assim, "de boa"? E é aí que a história começa, mostrando tudo o que ele ofereceu.

Sabe aquelas histórias que você está lendo e fica se perguntando "Por que estou lendo isso?", "Não acredito que aconteceu isso? Não faz sentido", mas quando percebe não consegue largar nem por um segundo? Então, 14 dias é um desses livros, simplesmente não consegui parar a leitura.

"Mas Daya, se você não conseguiu parar de ler por um segundo, por que uma nota tão baixa?"

Pois é... Acontece que algumas coisas complicaram a situação da nota. Tem bastante cenas de sexo, só que elas se tornam cansativas, são repetitivas. Carol sabia que estava se envolvendo demais e ficava o tempo todo se questionando se estava fazendo o certo ou não (o tempo todo MESMO, perdi a paciência com isso). Sem falar no clichê supremo de em tão pouco tempo Carol já o amar e não conseguir viver sem ele ao seu lado, que não foi capaz de me convencer. A história é corrida demais, a autora não aprofundou nada (aliás, quase nada... ohh mente poluída rsrs).



Bem... Essa foi a minha opinião, o que não quer dizer tanto sobre o livro ser bom ou não, mas sobre ter me convencido ou não. Leia e tire suas próprias conclusões, a leitura de um livro é algo pessoal e a minha opinião pode ser diferente da sua.


Onde Comprar: Loja da Bezz




Sinopse do Skoob: Caroline de Francis trabalha num porão.A arquivista da empresa de segurança tecnológica ARTAME, que sonha em terminar a faculdade de Engenharia de Produtos e fugir daquelas caixas empoeiradas, mantém os pés no chão 24h do dia. Nada de sonhos mirabolantes, afinal, a vida nunca foi fácil para ela.Até que numa noite de hora extra, a fantasia invade sua vida na forma de Príncipe Encantado e Fada Madrinha...Pedro Villas Boas, dono da ARTAME, tinha tudo que o dinheiro pode comprar: uma bela cobertura, viagens de helicóptero pela cidade, carros importados... e uma esposa à vista em menos de um mês. Só não tinha paz. Paz esta que ele encontra observando sua arquivista através das telas de vigilância.Num impulso inédito em sua vida, Pedro invade o mundo de Carol e lhe propõe um acordo. Um acordo com benefícios explícitos. Um acordo que durará 14 dias...

Comente com o Facebook:

24 comentários:

  1. hahahahaha acho que passo essa dica, não gosto de livros cheios de cena de sexo onde a mocinha já ama o cara num piscar de olhos. E livro corrido, não gosto também.
    Mas parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  2. Uau!! Que resenha é essa?

    Adoro essas pitadas de humor com sarcasmo....tua escrita é maravilhosa Daya.

    Adorei a resenha e amei a sinceridade com que você relatou o livro e seus fatos.

    Ficou claro que o livro não te convenceu, mas que você não o classificou como ruim no geral e sim ruim pra você.

    Enfim, essa honestidade ao falar de um livro é ótima. Nos mostra como você viu a leitura e o que devemos esperar dela.

    Mais uma vez você está de parabéns, pela escrita e pela honestidade!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Uau!! Que resenha é essa?

    Adoro essas pitadas de humor com sarcasmo....tua escrita é maravilhosa Daya.

    Adorei a resenha e amei a sinceridade com que você relatou o livro e seus fatos.

    Ficou claro que o livro não te convenceu, mas que você não o classificou como ruim no geral e sim ruim pra você.

    Enfim, essa honestidade ao falar de um livro é ótima. Nos mostra como você viu a leitura e o que devemos esperar dela.

    Mais uma vez você está de parabéns, pela escrita e pela honestidade!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Daya!
    Por mais positiva que sua resenha pudesse ser, essa banalização do sexo, com certeza jamais entraria na minha lista de leitura. Nem gosto do gênero erótico, e depois da sua resenha, com uma nota tão baixa, ai é que não vou querer conhecer esse livro mesmo. Mds, sério, não dá pra mim esses romances. Gosto de coisas clichês, mas aquele tipo de romance que você se envolva com os personagens e torça por eles. E nem algo tão superficial e aparentemente so focado em sexo.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, o livro não conseguiu chamar a minha atenção, ainda por cima por ter cenas eroticas, coisa que eu não curto, e por ser uma trama meio vazia e sem graça, por isso, deixo passar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu também gosto de livros clichês, mas tem alguns que deixo passar principalmente se tem como pano de fundo o sexo da forma como você nos apresentou. Mas adorei a resenha, ficou muito bem escrita e interativa. Deu pra dar uma situada!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Não me interessei pelo livro, não curto ler cenas de sexo, me deixam entediada, sendo um monte então, não chego nem perto. Fora que esse conceito de amor deles ia me irritar, e não,eu não aceitaria uma proposta absurda dessas.

    ResponderExcluir
  8. Oi,Daya!
    Adorei a tua resenha, realmente aquelas histórias muito melosas, não gosto muito e além traz uma garota que se apaixonar pelo cara logo de cara e pronto.
    Vou tentar ler esse livro.Parabéns pela resenha e ser sincera.
    Bjs!

    Muitos Livros e Sucesso!

    http://booksmagiclove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha kkk , super divertida e sincera.
    Eu realmente estou aqui chocada com a personagem principal e com medo do mocinho kkk , ele parece ser um tipo bem bizarro de stalker tarado, só de ler sua resenha já me irritei com a história e com certeza não quero ler, mas adorei a resenha e os gifs foram ótimos porque eu me identifiquei com eles, pois foram as mesmas expressões que eu fiz ao ler sobre a história. beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Gostei bastante da resenha e de sua sinceridade.
    Não sei se o livro me cativa, acredito que só lendo mesmo para descobrir.
    A capa é bem interessante.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu achei o livro bem "mais do mesmo", então não me interessou muito como leitora. Mas, como blogueira, é sempre bom dar uma chance para novos autores nacionais.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Daya, tudo bem?
    Então...hahahaha os gifs estão ótimos!
    Não conhecia a autora ou livro e acho que não vou conhecer por enquanto. =P
    Não sei se mais para frente eu mude de ideia,uma vez que um livro pode funcionar para uma pessoa e para outra não.
    Mas é que o momento agora tá pedindo outro gênero.
    Parabéns pela resenha.

    Abraços

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Sou da mesma opiniao q vc, o livro precisa me convencer com a historia, mesmo que seja aquela loucura e o improvavel, mas se ele me convercer eu ja amo o livro demais.
    A historia apesar de cliche, parece ser bobinha demais. Eu tb achei um horror o chefe ficar ohando a menina pelas cameras e depois de alguns dias ela ja amar o cara...aiai.
    Noa devo ler, mas gostei da sua opiniao sincera.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Oi, Daya, tudo bem?

    Realmente é um super clichê e o fato da garota amar o chefe em apenas 14 dias é bastante forçado. Parece ser um daqueles livros que servem só para ter cenas de sexo mesmo e algo proibido, já que há a relação entre chefe, que está prestes a casar, e empregado. Gostei muito da sua sinceridade e, mesmo já não gostando do tema, não seria um livro que eu leria.

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de livros hot, mas esse se superou, ele é hot hot hot e só hot pelo visto... Cenas de sexo exageradas e em demasia não são comigo, e também não acredito que você possa amar por toda a sua vida em 14 dias. Apaixonar-se, ok. Amar desesperadamente? Ahnnnnn não. E sério, focar observando a funcionária pelas câmeras? Stalker nível master!!! Pior que eu acho que leria, n sei bem se p distrair ou explanar dps...

    ResponderExcluir
  16. Oi Daya,

    Eu também tenho uma visão de amor diferente dessa apresentada no texto, mas entendo o que a autora quis retratar: são 14 dias de "paixão", um contato mais sexual e regado a adrenalina e emoções fortes. É uma proposta interessante para os jovens de uns 20 e pouco anos mas uma paixão desse tipo se consome rápido, tipo fogo em palha.

    Muito boa sua resenha.

    ResponderExcluir
  17. Oie
    eu entendo sua frustração, a pior coisa para mim é quando o autor não se aprofunda e não entra em detalhes, assim não dá para se cativar pelo enredo, mesmo assim boa resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Essa é minha amiga sincera! Como eu gosto de ver sua opinião... É vou falar... como é divertido ler uma resenha sua! A forma como você coloca as coisas .. É demais. Com relação a história... Eu adoro um clichê mas esse aí nem me despertou muito. É eu me canso taaaanto quando tem tantas cenas de sexo.. imagine 14 duas direto de sexo sexo sexo... E de será que devo? Será que não?
    É eu pulo amiga. Pulo mesmo! Mas achei sensacional a resenha!

    ResponderExcluir
  19. Olá, adoro resenhas assim... sinceridade é tudo, arrasou!

    Não conhecia a obra, mas confesso que não me despertou muito interesse.

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Oi. Não conhecia o livro, de início até fiquei interessada em ler, mas conforme ia lendo a resenha desistir de ler por agora. Posso até ler em algum momento, mas não por enquanto vou deixar passar.

    ResponderExcluir
  21. Oi Daya, tudo bem?
    Menina nunca te vi tão braba numa resenha.. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas eu também acho que perderia a paciência, como é um enredo onde não me desceria eu ficaria revirando o olho e as cenas de sexo passaria tudo... Kkkk
    Parabéns pela sinceridade, para quem curte o gênero talvez funcione melhor.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Gezuins! Que resenha lacradora!
    Não conhecia o livro, mas depois dessa resenha... Até despertei interesse,não é um dos meus gêneros favoritos mas, quando eu tiver oportunidade com certeza lerei ❤

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Parabéns pela resenha!Adorei a sinceridade.
    Nao conheço o livro mas só de você dizer que é hot não me despertou interesse, não que eu não goste do gênero, infelizmente os livros eróticos estão pecando no excesso cenas de sexo em demasia, casais perfeitos, amor platônico aflorado depois de muito sexo e esquecem do essencial, desenvolverem uma historia para o casal. por que eu deveria torcer para um casal que não faz nada além de sexo ficarem juntos?

    ResponderExcluir