Livro ou filme? Qual você prefere?


Este desafio surgiu de uma ótima ideia da minha amiga dos livros, Bel. Fazer um comparativo que ajudaria a esclarecer (ou às vezes por mais fogo?) a eterna discussão: "os filmes/séries baseados em livros conseguem ser melhores ou tão divertidos/chocantes quanto suas inspirações?"


Na sua grande maioria, acho que não. Em cada livro usamos muito de nossas memórias e experiências pessoais para imaginar o mundo e a história que o autor está nos apresentando. Quando lemos um livro e vamos assisti-lo nas telas do cinema, carregamos toda uma expectativa de que o diretor e o roteirista consigam criar cenas o mais próximo possível das imagens que temos em nossa cabeça.


Claro que, em alguns casos, muito da história é alterada, às vezes por motivos lógicos e claros, outras nem tanto. Procure saber o que King acha da tão aclamada versão telona de "O Iluminado". São por essas coisas que muitas pessoas berram por aí que os filmes nunca conseguem ser melhores que os livros.

Nisso tenho que discordar, preferi as versões cinematográficas de "A Lista de Schindler", "O Leitor" e "Um Sonho de Liberdade" - que é baseado no conto de King "Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank". Mas seriam essas exceções da regra?
Outra coisa que acontece, pelo menos comigo, quando assisto um filme e depois, geralmente empolgado pela história, busco sua versão em papel, sempre fico imaginando os personagens com a cara dos atores que os interpretaram. Isso também acontece com os lugares descritos, você usa menos sua imaginação pois já tem uma base de dados cheia de imagens daquilo que encontra nas palavras. Para mim era impossível não imaginar Marlon Brando e Al Pacino enquanto lia "O Poderoso Chefão".


Para se meter nessa eterna discussão, o "Conchego das Letras" irá apresentar várias postagens "comparando" livros e suas versões cinematográficas/televisivas. O confronto será do seguinte modo:

  • Serão dois textos, no mesmo post, de duas pessoas distintas
  • Uma pessoa terá visto o filme/série, e não deve ter conhecimento da versão em letras
  • A outra pessoa apenas terá lido o livro.
  • Compararemos nossas experiências ao vivenciar aquela história sem expectativas criadas previamente.

Como podem ver, não é uma comparação de qual é o melhor, mas de quais sentimentos cada um deles despertou em nós.


Você, leitor, vai poder expor qual mídia lhe agradou mais, ou ter uma ideia de qual é mais indicada ao seu gosto.


Para começar, escolhemos um verdadeiro sucesso da literatura nacional, "O Escaravelho do Diabo", clássico de Lúcia Machado de Almeida que cativou milhões de jovens adolescentes tupiniquins.


Gostaram da escolha? Então aguardem o próximo sábado, quando traremos uma comparação, sem grandes pretensões, mas com todo esmero que só o Conchego traz pra você!


P.S.: Opções para confrontos futuros serão lidas com carinho, fiquem a vontade para oferecerem sugestões.

Postado por Marco Antônio

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Poxa, bem legal. Eu como uma eterna viciada em livros, sempre prefiro os livros mas também gosto dos filmes, embora algumas (muitas) adaptações me decepcionem. Acho que nos livros sempre temos mais detalhes, claro, mas no filme vemos toda aquela emoção se materializando.

    Achei a ideia super bacana e com certeza vou querer ver essas postagens, principalmente por que quem leu não viu o filme e quem viu o filme não leu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz eu como viciado em livros e filmes fico bem dividido hehehehe.
      Valeu pelos elogios e fique atenta às próximas semanas.

      Excluir
  2. Olá Marco,
    Muito interessante essa postagem e essa discussão é eterna não é mesmo?
    Confesso que não assisti esses filmes que você citou e também não li os livros então não posso opinar muito. Entretanto, acho que atualmente os roteiristas estão tentando ser cada vez mais fidedignos e isso é muito bom na minha opinião.
    Se posso sugerir, queria ver uma comparação entre Cidades de Papel filme e livro... prefiro o filme nesse caso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Como assim vc não viu nenhum filme? Nem "Um sonho de liberdade"? Se não corra pra ver é um dos melhores da minha vida. Se não me engano o de maior nota no IMBD. Sua sugestão está anotada. Obrigado

      Excluir
  3. Cara, eu gosto de ver filme ou série que veio de um livro, mas é claro que os livros serão sempre melhores. Não tem como o filme ou a série ser fiel ao livro. E nem é aquela coisa "ah, mas não dá pra passar tudo pro filme pq o filme teria não sei quantas horas". Pq as séries são maiores, podem ter várias temporadas e ainda assim, há mudanças, há as adaptações. Acho que tem muita coisa que pra se tornar visual, há de ter alguma alteração.
    A única coisa que eu fico muito puta da vida é quando mudam características básicas como uma cor de cabeça ou pele, por exemplo. Po, se o raio da personagem é loira, pq colocar uma morena no filme? Palhaçada! ~.~
    Enfim, não deixo de ver até pq eu gosto, mas várias vezes os filmes deixam a desejar, outro são bem felizes mesmo com suas mudanças. Vide o caso dos filmes do Nicholas Sparks. SEMPRE mudam vááárias coisas e não deixam de ser bons rsrs.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bianca como citei ali na maioria das vezes é isso q acontece mas em alguns casos vejo filmes superando o livro, mas é por essas desavenças que estamos fazendo estes textos.

      Particularmente acho as séries piores q os filmes. Sempre fica muito diferente da história. Principalmente qnd aumentam a trama só pra poder fazer uma temporada a mais.
      Eu tbm fico muito P da vida com personagens diferentes dos atores. Na série Torre Negra de S. King, o personagem principal Roland tem olhos azuis q são citados muitas vezes nos livros, mas qm vai fazer seu papel na série é o Idris Elba. Brincadeira po.

      Nunca li os livros do Nicholas mas os filmes curti.

      Abracos

      Excluir
  4. Estou para fazer isso Com o Piada Mortal. Acabei de ver o desenho e estou chocada com o final. Agora eu preciso correr e comprar o HQ pra ver. Sorte que está na promoção! huauhauah
    Mas amigos já me disseram que tem coisas muito diferentes em ambos.Agora o jeito é pagar para ver.
    Acho livros sempre melhores que filmes, salvo raras exceções...
    Mas enfim! Vamos aguardar para sábado então e ver no que deu! Fiquei curiosa!

    Beijinho!

    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li faz muito tempo A Piada Mortal. Mas lembro q adorei. Valeu pelo comentário e continue nos acompanhando

      Excluir
  5. Tem filme do Escaravelho do Diabo??? :O Morto!!!
    Quanto a ideia de fazer um confronto, eu já adorei! hahaha
    Recomento As Vantagens de Ser Invisível.

    http://eubrunocardoso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruno tem sim filme e é bem legal. Não conheço o título q vc passou mas relatarei aos nossos resenhistas, fique atento quem sabe fizemos um testo com sua ajuda.

      Excluir
  6. Oi!
    Que ideia legal, gostei muito. Creio que vocês terão conteúdo infinito, já que essa discussão é eterna e bem acalorada, na maioria das vezes. Acho que por menos detalhada que seja, é sempre bom ver aquele livro de que gostamos adaptado, seja pro cinema ou pra tv.
    Estou ansiosa pelas postagens.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, temos bastante opções sim, tantas que até nos atrapalhamos. E concordo com vc mesmo falando mal das adaptações sempre tentamos ver o filme do livro que gostamos, só pra espiar.
      Continue nos acompanhando
      Abraços

      Excluir
  7. Olá Marcos! Bom, te confesso que prefiro ler o livro antes de assistir filme/série...Se faço o inverso, perco a vontade de ler o livro, justamente por já ter os personagens prontos, gosto de imaginar os meus rsrsrs. Eu acho que, quando se fala de adaptações, temos que ter cautela. Exemplo: odiei o filme Anjos e dDemônios, pois eles tiraram uma informação importante do livro que ia dar um impacto maravilhoso no filme. MAze Runner, o Hobbit, Senhor do Anéis eu amei os filmes, pois os produtores fizeram o máximo para tentar seguir os livros e na minha imaginação era daquele jeito. A série que sou fã Game of Thrones, li os livros antes da série, o trabalho que a HBO faz é lindo, as pessoas reclamam por que eles mudaram a história, nesse caso, para uma série de apenas 10 episódios, as mudanças foram necessárias. Já Diários de um vampiro para mim desandou, os livros são ótimos, mas a série só prestou as duas primeiras temporadas, o resto foi ruim! Gostei do post e vou acompanhar aqui, abraços!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Suzana, adorei a adaptação de SdA e GOT apesar de ainda não ter lido os livros reconheço o ótimo trabalho da HBO. Não tenho expectativa de ver/ler Diários de um vampiro heheheheh.
      Valeu por comentar e acompanhe o blog estamos preparando ótimas postagens.

      Excluir
  8. Oi,
    Adorei a ideia da nova coluna, achei super original!!
    Geralmente prefiro os livros, mas as vezes surge um filme que acho melhor. Vou adorar acompanhar esse “debate”.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iris, obrigado pelos elogios, continue acompanhando, aposto q irá curtir.
      Abraços

      Excluir
  9. Eu sou apaixonada por livros e por filmes e, na minha opinião, não há como dizer qual é o melhor porque são linguagens artísticas diferentes. Penso que o que, geralmente, acontece com as pessoas que se desagradam com os filmes originados de livros está expresso no você disse, que quando lemos um livro e vamos assistir a adaptação no cinema, carregamos a expectativa de que o filme traga as cenas da forma mais próxima possível das imagens que criamos em nossa cabeça. O problema é que essas imagens em nossa cabeça traduzem a nossa leitura do livro, já o filme é a leitura que o diretor fez do mesmo livro. Também enxergo o rosto dos atores quando assisto ao filme primeiro. Adorei esse desafio, que propiciará uma comparação entre os sentimentos despertados pelas duas linguagens.

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tatiana como falei não queremos finalizar essa discussão e sim participar dela. Gostei q temos opiniões parecidas, continue nos acompanhando.

      Excluir
  10. Oiee,

    Eu gostei muito dessa ideia, e acho que cada obra merece o seu espaço, não é muito fácil fazer duas obras idênticas, e sempre alguma coisa não sera fácil de reproduzir. Quando eu gosto muito da série prefiro que seja adaptada para uma série porque vou ter mais episódios, mesmo seguindo um rumo diferente. E quanto aos filmes eu sempre tento analisar como uma obra diferente do livro, mesmo procurando aqueles detalhes presentes no livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elen isso mesmo as pessoas esperam muito das adaptações e isso acaba frustrando a maioria. Isso de ver o livro e filme de forma diferente com detalhes iguais foi bem legal, curti.

      Excluir
  11. Muuuito legal essa ideia de vocês! Eu não costumo assistir muitas adaptações, mas não me decepcionei com as que vi, são experiências bem diferentes. A adaptação de A Menina que Roubava Livros no começo me causou estranheza, pois imaginava a protagonista de um jeito totalmente diferente. Com certeza a releitura do livro será diferente, pois sei que ficarei com a imagem da atriz na cabeça. Enfim, vou aguardar ansiosa o próximo post.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. OI Gabrielly, gostei do filme "A Menina que Roubava Livros" mas nunca li, hehehehe. Que bom que gostou da ideia pois foi exatamente pensando nos leitores que bolamos este post, Abraços

    ResponderExcluir