Resenha: Clube da Meia Noite - Marianna Leão



Título no Brasil: Clube da Meia Noite
Autor (a) Nacional: Marianna Leão
Editora: Chiado
Ano: 2016
Páginas: 526



Olá pessoal! Hoje vou trazer para vocês a resenha de mais um livro nacional que li em parceria com a Editora Chiado. O nome dele é O Clube da Meia Noite.

Tudo se inicia em 1989 (espera, não é o álbum da Taylor Swift!) em uma pequena cidade chamada Sherwood, Flórida. Um bando de adolescentes comuns fazem festinhas e vivem suas vidas na pacata cidade sem preocupações. Enquanto isso, suas famílias, intituladas fundadoras, tocam os negócios, fazendo-os prosperar cada vez mais, o que os torna uma espécie de Elite. Só que novos moradores aparecem para perturbar a paz, e uma série de assassinatos de Jovens loiras de 17 anos começa. 


Não foi nada complicado associar os crimes à família Goldstein, uma vez que eles eram os forasteiros, e o destino de um jovem foi completamente destruído por conta do caso conhecido como Episódio Golstein.


Anos depois, a cidade precisa se modernizar e John Archild quer garantir isso construindo uma nova via através do pântano da floresta de Sherman Oaks. Os moradores se mostram relutantes, em especial o comerciante de alimentos Ethan Stablish, cuja ira é tanta que ameaça deixar a todos sem os produtos se não o apoiarem na causa contra a construção. John é um homem que há muito tempo deixou para trás a tal hierarquia das famílias fundadoras e tem uma visão muito além, por isso não se intimida e não para a obra.

Porém, com a construção da via de Sherman Oaks, vários fantasmas são desenterrados. Alguns corpos são encontrados no pântano e tudo indica que são das vitimas de 1989, o que faz a população ficar ainda mais apreensiva. Principalmente John, que tem que revirar o passado em busca de revelar a verdade.

Sua filha, Annie, de 17 anos, começa a desconfiar de sua postura, mas nada pode fazer a não ser cuidar do pai e do irmão mais velho, Owen. A mãe de Annie morreu há alguns anos e por isso ela acredita que o pai tenha se retraído tanto. Alguns telefonemas suspeitos são feitos por ele e a garota pensa que é alguma namorada secreta. Porém, não é bem assim.

Annie é uma menina normal, apaixonada por Liam Stablish e melhor amiga de Kirsten Bigelow. Ao iniciar o ano letivo, tudo o que as duas desejam é popularidade. Para isso, vão embarcar em desafios insanos para entrar no Clube da Meia Noite. Em contrapartida, conhecemos a vida de David Goldstein, o filho do serial killer, que jamais será perdoado pelos cidadãos. Dave sofre represálias fortes o tempo todo, mas após ficar anos longe de Sherwood, acha que é hora de voltar e descobrir mais sobre o passado de sua família, para só então seguir em frente.

Como tudo isso se encontra, bem, eu não posso contar. O que posso dizer é que Annie terá sua vida desestabilizada com uma estranha morte, um desaparecimento e o crescente medo que as pessoas têm de que o Episódio de 1989 se repita. Unida a David pelo acaso, a garota terá que lutar para desvendar o grande mistério e não se tornar apenas mais uma vitima.

Por o livro ter vários narradores-personagens, achei que poderia ter alguma sinalização de quem estava falando, pois em alguns momentos acabei por confundir quem falava o quê.

Cheio de mistérios e reviravoltas, esse livro me surpreendeu muito em termo de conteúdo. Só achei que o final poderia ter sido melhor elaborado pela autora. O livro já estava enorme mesmo, então não custava colocar alguns parágrafos explicando como a população de Sherwood reagiu às descobertas.

Sobre a revisão, infelizmente terei que falar. Não gosto de abordar sobre isso em minhas resenhas, mas neste livro... Ela parece ter sido inexistente. Não havia apenas errinhos de digitação ou palavras a mais (o que teve bastante), mas sérios erros gramaticais. Um pena, pois isso acabou atrapalhando a leitura. Ainda bem que a autora escreve muito bem, senão eu teria desistido.

No mais, eu REALMENTE gostei da história. Deixo a indicação para quem curte um livro de suspense e thriller.

Até mais, pessoal!


Onde comprar: Livraria Chiado


Sinopse: Archild, Bigelow, Connoly, Stablish, Goldberg e Monroe. Para alguns, não passam de sobrenomes comuns, mas, para a população de Sherwood, esses nomes são sinônimos de realeza. E ninguém mexe com a realeza, certo? Tudo mudou em 1989, quando um assassino escreveu seu nome na história da Cidade.
David passou a vida inteira tentando entender o que fez com que seu pai se tornasse um assassino, se perguntando se ele também tinha aquele pequeno curto circuito escondido em algum lugar de seu cérebro. As coisas seriam mais fáceis se ele não tivesse crescido vendo aquele medo refletido nos olhos de todos a sua volta. Não era de se admirar que ele tenha procurado refúgio em outro continente. Mas agora era hora de voltar para onde tudo havia começado...
Aos 17 anos, Annie está tentando descobrir quem ela é, o que é realmente importante em sua vida. Disputas por garotos, campeonatos de natação, picuinhas e bolsas de estudo, era o que ela julgava como suas únicas opções. Mas o cenário muda de figura quando David cruza o seu caminho.
Acidentes estranhos, amigos inusitados, clubes sombrios e desaparecimentos suspeitos vão acompanhar David e Annie em sua jornada de autodescobrimento.


Comente com o Facebook:

17 comentários:

  1. Olá
    A história parece bem interessante, misteriosa, gosto demais desse clima, é uma pena que a editora ainda não tenha resolvido esse problema com a revisão, todos que eu li até agora também tinham problemas. Acabei ficando receosa com eles por causa disso.
    Ainda estou indecisa com o livro por causa disso =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, pelo que vi com autores da Chiado, eles cobram muito caro pela revisão (9 reais a página) aí o autor acaba fazendo revisão por fora e por isso que isso acontece. Deviam investir mais né? porque os livros deles não são baratos.

      Excluir
  2. Olá, eu ainda não conhecia o livro e ao ler sua resenha estava ficando curiosíssima para ler a história, pois a premissa parecia ótima, mas suas considerações sobre a má revisão e o final pouco elaborado acabaram me desanimando um pouco, mas quem sabe eu leia e goste, né?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, Mari, cada um tem uma opinião. Eu realmente gostei bastante do livro, só mesmo esse fato no final que me deixou incomodada. E a questão da revisão, quem sabe numa nova edição eles não fazem melhor? Esse é um fato que dá pra consertar!

      Excluir
  3. Olá,
    Já tinha visto o livro por ai, mas ainda não tive a oportunidade de ler.
    Não gosto de livros com má revisão, pois me irritam e por isso fiquei chateada.
    Parece ser uma leitura bem interessante, mas por esse fato não pretendo ler.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que o livro tenha uma nova edição com uma revisão mais bem feita, porque ele é realmente incrível.

      Excluir
  4. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia este livro, mas não é bem o tipo de história que eu gosto, então não fiquei animada para ler. Saber que pecaram na revisão me desanimou ainda mais, pois eu ODEIO encontrar erros nos livros *-* também fiquei triste ao saber que o final não foi lá tanta coisa... Suspense, thriller e mistério não são gêneros que eu gosto, então não sei se leria o livro *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Dryh, mas um ou dois errinhos, até uns 10 é até aceitável, mas recorrente e em todos os capítulos, complica.

      Excluir
  5. Oie!
    EU fico tão triste quando vejo que um livro foi mal revisado. Mas o bom que a história chama a atenção, e você gostou da leitura, mesmo com esse detalhe que não gostou. Uma leitura super indicada, e fiquei bem interessada para ler \o/
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é sensacional. Você tem que ver, a escrita é super gostosa, mas realmente, a revisão ficou chatinha. Porém, se puder dar uma chance ao livro, dê!

      Excluir
  6. Oie
    que legal a capa e o enredo, parece ser uma ótima leitura daquelas tensas e arrepiantes hahaha adoro, muito legal sua resenha e sua dica para os amantes de suspense e terror

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie

    Quase solicitei esse livro para a editora por ser um gênero que adoro, agora fiquei na dúvida rs.
    Uma pena isso da revisão, tomara que isso seja revisto.
    Eu também fiquei um pouco receosa de ser vários narradores-personagens e confundir tudo. Enfim, vou deixar na minha lista mas vou pensar um pouquinho mais.
    Adorei sua resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Sempre gostei muito das obras da Chiado e esse livro sem dúvidas desperto meu interesse. Adoro suspense e fiquei super curiosa para conhecer a história.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  9. Te entendo perfeitamente sobre erros... mas, gostei da sua resenha... e sim, a pessoa desanima quando acontece sas coisas do finao nao ser tão bom quanto o restante do livro.
    Www.sonhosemtinta.com

    ResponderExcluir
  10. Te entendo perfeitamente sobre erros... mas, gostei da sua resenha... e sim, a pessoa desanima quando acontece sas coisas do finao nao ser tão bom quanto o restante do livro.
    Www.sonhosemtinta.com

    ResponderExcluir
  11. Olá amore, gostei muito da sua resenha você foi bem sincera e eu gosto muito disso.
    Fiquei receosa por causa das suas considerações finais, mas quem sabe eu leia no futuro né?

    bjs

    Compulsão Literária

    ResponderExcluir
  12. É chato quando a revisão atrapalha nossa leitura, mas ótimo quando o conteúdo da obra vale tanto a pena que indicamos o livro mesmo assim. Gostei da sinceridade na resenha. =)

    ResponderExcluir