Resenha: Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra


Título no Brasil: Birman Flint e o mistério da Pérola Negra
Série: Viagens na Ficção - livro 1
Autor: Sergio Rossoni
Editora: Chiado
Ano: 2015
Páginas: 383
Onde Comprar: Site Chiado


Oi, gente. Tudo bom com vocês?

Hoje trago a resenha do livro infanto-juvenil: Birman Flint e o mistério da Pérola Negra – o primeiro de Sérgio Rossoni. O autor é psicanalista, pintor e amante de gatos, e ao longo da leitura podemos observar um pouco de cada um desses lados do autor.

Neste livro, os personagens são animais. Para quem assistiu a animação Zootopia, é algo desse tipo, os animas vivem como humanos, cada um tem sua profissão, família... Outro ponto que chama a atenção na obra são os nomes dos personagens, cada um tem seu nome ligado à espécie, exemplo: Mundogovich (camundongo), Gallileu (Galo)... No início da leitura, os nomes complicados me incomodaram um pouco, mas com o passar das páginas passaram desapercebidos.

O livro inicia com a morte de Karpof Mundogovich, um agente do Império Rudanês que antes de morrer deixa um caderno cheio de anotações, alguns desenhos enigmáticos pintados com seu próprio sangue e alguns objetos. A intenção do camundongo é que quem o encontrar desvende o mistério.

Para ajudar nas investigações, Gallileu Ponterrouax o detetive que foi designado para o caso, pede a ajuda para Birman Fint, um jornalista investigativo do Diário Felino e seu ajudante Bazzou.

Para desvendar este mistério, os três partem numa viagem para Moscóvia. Eles precisaram da ajuda do imperador Czar Gatus Ronromanovich, pois de alguma forma todo esse mistério está ligado a uma pérola negra, um objeto da família imperial. Acredita-se que ele pode estar ligado a seitas antigas e o desejo da queda do império Ronromanovich.

Segundo o autor, “alguns personagens e lugares foram inspirados na vida real, como é o caso de Czar Gatus Ronromanovich, cuja fonte de inspiração foi a casa Romanov, segunda e última dinastia imperial, que governou Moscóvia e o Império Russo por oito gerações...”

A diagramação está muito bem feita e a capa transmite certo mistério. Eu, particularmente, achei a narrativa extremamente detalhista, o que em alguns pontos tornou a leitura cansativa. Por outro lado, a construção dos personagens, deixou um pouco a desejar, senti falta de conhecer melhor Birman e seus pensamentos... Fora isso, o livro cumpre o que promete, muitos mistérios e uma grande aventura. Ao longo da história, o mistério vai se desenrolando, mas não é totalmente desvendado neste livro, o que sempre deixa aquela curiosidade no leitor... 

Bom, é isso! Até mais.


Sinopse: Após mergulhar num mundo sombrio cercado por assassinos e traidores, Birman Flint depara-se com uma estranha verdade em torno de um antigo legado transformado numa maldição.A busca pelo misterioso artefato conhecido como Ra´s ah Amnui pode ser a resposta para a conspiração em torno do Czar Gatus Ronromanovich e sua família, conduzindo Flint por caminhos obscuros muito além da sua própria compreensão.Um artefato, uma estranha seita e um assassinato, todos eles interligados por algo que parece representar a chave deste misterioso enigma. Uma jóia, um objeto de rara beleza ocultando em si um passado sombrio, lançando nosso herói numa corrida contra o tempo para salvar a dinastia Ronromanovich do desastre iminente.


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Já li esse livro e senti o mesmo que você, que a história e os personagens poderiam serem melhores desenvolvidos.

    wwww.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Gostei dessa premissa misteriosa e investigativa, o livro parece bem bonito visualmente, mas estou fujindo um pouco de séries ultimamente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Nossa, achei interessante o livro, só fiquei um tanto receosa por ser muito descritivo e sei que isso vai me cansar durante a leitura. Mas vou dar uma chance, pois achei a história diferente dos livros que estou acostumada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  4. Oiii Bruna, como vai?
    Menina fiquei completamente surpresa em ver que esse livro é da Chiado, me pegou de jeitinho hein! A história achei bem fascinante, e adoraria realizar a leitura, ainda mais como se os animais fossem animais, mas levando em consideração, muitos animais são tratados de tal forma. Eu quero ler realmente ler, parabéns pela resenha, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Aiii que tudo.
    Nunca li nada parecido e fiquei mega curiosa hahhahahaha.
    Adorei o lance de ser um livro onde os personagens são animais e ainda tem um crime a ser desvendado, amei kkkkkk
    ótima dica, Amei a cada.

    ResponderExcluir
  6. Mas olha que interessante!

    Não conhecia esse livro mas amei a premissa!
    Achei a ideia tão fofa dos bichos e dos nomes deles...Poxa....mais uma leitura que eu vou fazer por causa das resenhas daqui...

    Bela dica...obrigada!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Mas olha que interessante!

    Não conhecia esse livro mas amei a premissa!
    Achei a ideia tão fofa dos bichos e dos nomes deles...Poxa....mais uma leitura que eu vou fazer por causa das resenhas daqui...

    Bela dica...obrigada!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. OOi
    Achei lindaa essa capa, só por ela eu já leria haha
    Que pena que ele não superou suas expectativas em alguns pontos, como na construção dos personagens. Vou adicionar a lista de leitura, espero que eu goste haha

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Bruna!!!
    Achei a capa desse livro linda e nossa eu gosto da ideia de fazer com que animais pareçam como se fosse nós seres humanos, pois é fofinho e a gente se identifica.
    Com certeza é um infanto-juvenil que encanta e que faz viver uma ótima aventura :3

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Achei uma pena que a narrativa tenha sido extremamente detalhista, tornando a leitura cansativa, e que a construção dos personagens tenha deixado a desejar, pois a premissa é muito boa, tinha tudo para ser um livro excelente. Achei a capa lindíssima, e a ilustração da foto também. A escolha dos nomes dos personagens, relacionando com os animais, foi muito criativa.

    Tatiana

    ResponderExcluir