Filmes e Séries: Lucifer



“Diga-me o que você mais deseja, mais profundamente deseja”?

Mantendo sua tradição de originalidade, o Blog Conchego das Letras, depois do fantástico desafio entre a Daya, o Marco Antonio e a Mariana, - aguardem mais novidades saindo do forno daqui a pouco - resolveu propor mais uma brincadeira e dessa vez as "escolhidas" somos eu (a sempre modesta e nada polêmica) Bel e a fofa da Mariana. O desafio? O que achamos de Lucifer, a série de Tom Kapinos, para a Fox Broadcasting. 


GENTEEEE... Alguém me chamou de "fofa"!?!?! Tô desmaiada aqui. Obrigada, Bel.


Vamos começar com a Mariana, afinal de contas eu sou (quase) educada e os convidados falam primeiro.

Então sejam todos bem-vindos ao Lux, de Lucifer Morningstar

Taí um seriado complicado de assistir se você for religioso, porque você vai torcer por ele e isso pode gerar um pequeno conflito emocional do seu ser, mas fora isso... É muito bom! Vale a pena.rs


O seriado conta a história exatamente de quem vocês estão pensando. O anjo caído mais famoso do planeta Terra resolveu tirar férias do Inferno e foi para Los Angeles curtir a vida como dono de boate. O problema é que com isso os portões do inferno ficaram sem vigia e um outro anjo teve que ser designado para essa tarefa, um que não ficou nada feliz com isso e vai fazer de tudo para levar o porteiro oficial de volta e se ver livre de tal missão.

Como o anjo que é, não mente, no máximo manipula a informação de forma a expressar apenas a parte da verdade que lhe convenha. Apresenta-se para todos com seu verdadeiro nome, insiste que aceitem que ele é que diz ser, mas... Quem em sã consciência acreditaria nisso, não é?

De vez em quando, Lúcifer faz uns contratos, realiza sonhos como fama, riqueza, orgias, em troca de "favores futuros". Um belo dia, entretanto, uma de suas protegidas é assassinada e a partir daí a policial Chloe Dancer - a bela Lauren German - entra em sua existência fazendo tudo virar de cabeça para baixo. Algo nela desperta o interesse imediatamente. Ele não sabe ao certo o que é, mas quer descobrir. Perto dela ele se sente mais... Humano.

Chloe tem uma filha, Trixie, que adora o anjo, mas que o assusta horrores. Pelo visto ele tem medo de crianças. As cenas dele com a menininha são simplesmente hilárias. - Mari, tia Bel metendo a colher, pode? Eu sempre achei que o inferno fosse um lugar infestado de crianças, pelo visto me enganei. Ou o Neil Gaiman gosta muito delas e resolveu criar um ponto fraco para o gato do Lucifer, mas desculpa aí, continue...

O personagem é tudo o que você possa esperar e mais um pouco: egocêntrico, prepotente, cheio de soberba. Em virtude da convivência com Cloe, algumas coisas estranhas começam a acontecer com ele, inclusive sentimentos aos quais ele não está acostumando, deixando o "coitado" confuso o suficiente para resolver buscar terapia. É isso mesmo, galera, Lúcifer vai se tratar com um psicólogo! Ri horrores nessa parte.

A primeira temporada tem 13 episódios e já está completa. A segunda temporada foi confirmada pela Fox e tem o primeiro episódio previsto para 19/09 nos EUA. O seriado é divertido e o ator Tom Elis está simplesmente uma delícia no papel principal. 

Ei, Mari, você falou muito... Sobrou espaço para mim aqui não. Bom, nada de reclamar, vamos lá. Já começo dizendo que o Kevin Alejandro, que continua flertando com o sobrenatural, de Jesus, em True Blood - o "santeiro", namorado do Lafayette, para o Dan, braço direito (ou seria esquerdo?) de Louie, também está um espetáculo!

Eu gosto para caramba do estilo Neil Gaiman, - quem? - o cara que criou os quadrinhos de onde o Tom tirou a ideia de fazer o seriado.

De acordo com o Adoro Cinema, a sinopse oficial é: Entediado e infeliz como o Senhor do inferno, Lúcifer abdica de seu trono e abandona seu reinado para viver na atordoada Los Angeles. Lá, ele dá início a outro empreendimento: ele abre um Piano-Bar chamado Lux.

Nos quadrinhos, a imagem de Lucifer era inspirada em uma das muitas faces de David Bowie (assim como Constantine era a "cara" do Sting). Por que estou falando isso? Para entenderem que tirando a sinopse, todo o resto foi "adaptado" para a tevê: de loiro, Lucifer ficou moreno, colocaram mais conflitos existenciais, deixaram o anjo ainda mais humano e, é claro, romance, romance, romance. Em alguns episódios eu esperava que ele aparecesse lendo Nicholas Sparks, sério! Também entramos em uma "pegada" mais policial, coisa nem tão explorada assim nos quadrinhos. Felizmente, alguém resolveu que o seriado poderia ser engraçado, então, temos muitos momentos com risadas garantidas.

Se eu gostei? Não cheguei a acompanhar Lucifer, li apenas suas aparições na revista do Sandman... Então, amei o seriado, mas não sei se quero a segunda temporada. 



Agora uma coisa eu garanto: Tom Elis conquistou seu lugar no inferno, junto com Al Pacino (John Milton) e De Niro (Louis Cyphre).

Um último conselho antes de me despedir? Não importa sua crença, respeito sempre é fundamental.

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Olá.
    Ouvi falar nessa série algumas vezes, mas confesso que não me interessou.
    Legal a primeira temporada ter apenas 13 ep. é mais pratico kkkkkkk.
    Mas enfim, dessa vez vou dispensar a dica, mas vou esperar a proxima.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho uma quedinha por series que de certa forma surgem de algum quadrinho e tal e ja estava namorando Lucifer ha algum tempo. Como eu nao tenho problema nenhum com essa coisa de religiao ou mente fechada vai ser um prato cheio pra mim, mesmo que eu corra um pouco de series contemporaneas. Espero poder assistir assim que colocar GOT em dia... rs

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não acompanho muitas séries por não ter o costume.
    Essa parece ser até que bem divertida então me chamou um pouco a atenção.
    Desconhecia o seriado, talvez procure para assistir.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ola meninas!
    Eu tenho um amigo que amou a primeira temporada. Confesso que especificamente a serie não me chamou atenção, ate por causa desse conflito pessoal que poderia gerar em mim. Não sou tao religioso, mas também não sei se teria estomago, por isso prefiro não me aventurar. Mas a ideia e muito interessante, embora eu ache que boa arte da fama se deva ao ator 😂😂😂 vocês gostaram dele mesmo.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, eu vi que essa série começou a fazer sucesso e fiquei curiosa para saber mais sobre ela, pois muitas pessoas estavam elogiando e eu não sabia do que se tratava (além do obvio) e saber do que é, me deixou interessada e acho que darei uma chance a série, pois parece ser interessante, independente da religião, acho que o importante é distrair e divertir e acho que essa serie passa isso
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu assisti apenas dois capítulos da série e depois não continuei. Não que não tenha gostado, mas não tive mais tempo para assistir. A história me chamou bastante a atenção, e espero continuar em breve.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Olá linda,

    Eu estava falando sobre essa série e Supernatural para um amigo. Discutimos que pessoas religiosas nunca passarão dos primeiros capítulos dessas séries, porque temos uma visão diferente de Lúcifer. Em SPN, Lúcifer é chamado de Tio Lu e assim é aclamado pelos fãs e essa série trabalha de forma esplêndida uma vertente pouco apresentada do querubim caído.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Sou evangélico e já assistir filmes com temas sombrios, basta saber separar as coisas ficção/realidade :)
    Achei hilário o "bichão" ter ido se consultar com um psicólogo, rsrs.
    A série realmente parece ser bem divertida.
    Mas, não despertou a vontade em querer assisti-la.

    http://oblogcaentrenos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Gostei muito da ideia de um post feito a quatro mãos!! :D
    Infelizmente a série não chamou a minha atenção!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  10. Imaginava que a série fosse uma coisa mais negra, mas pelo que pude perceber, eles colocaram um personagem bem atípico em um ambiente completamente normal. Vou separar um tempo para ver. Adorei os comentários.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho um amor muito grande por essa série, honestamente. To acompanhando desde a primeira temporada e mal posso esperar pra ela voltar. Queria muito saber se eles vão seguir os pontos do quadrinho que eu gosto.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie!!!
    Adorei a forma como falaram da série! De verdade hahaha.
    Eu tenho muita curiosidade de assistí-la, me falaram muito bem dela e agora lendo isso, me diga: como não ficar empolgada para ver?
    Não tem no netflix, né? Vou procurar por aqui :3

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir