Resenha: O Velho Vestido de Noiva


Título Original: O Velho Vestido de Noiva
Autora Nacional: Ana Ferrarezzi
Editora: Novo Século
Ano: 2015
Páginas: 224




Olá,





Quando vi a capa do livro, fiquei intrigada e, ao mesmo tempo, apaixonada. Queria entender o motivo de uma mulher vestida de noiva estivesse na capa e o título falar que era um velho vestido. Não conhecia a autora e nem imaginava o que poderia encontrar. Mas, assim que comecei a leitura já fiquei encantada com a narrativa. 



É um livro que podemos apreciar cada virada de página e se deliciar com a forma que a autora escreve. Por trás de cada palavra, cada frase, cada parágrafo, a autora consegue envolver o leitor. A forma que ela detalha cada sentimento parecia tão real, que muitas vezes, fiquei imaginando como a personagem estava sofrendo, como ela precisava de ajuda e apoio. Não é fácil para uma mulher que sempre acreditou no amor e viveu para ele, se ver em uma situação como a que ela vivia. Calma que vou explicar... Vamos lá?


O Velho Vestido de Noiva fala sobre a vida de Amélia, uma jovem senhora que se encontra em uma situação que nunca imaginou passar. Depois de trinta anos de convivência, fazendo de tudo para agradar o companheiro, recebe uma notícia que vai tirar o seu chão e devastar o seu coração. O marido de Amélia pede o divorcio e ela não sabe o que fazer. Nunca trabalhou, sempre viveu para a casa e o marido e se viu sozinha, pois não conseguiu engravidar e só contava com a ajuda da irmã mais nova. Desnorteada com a notícia, ela se agarra ao seu vestido de noiva que já estava desgastado com o tempo e resolve reforma-lo. O que ela pretendia com isso? Não sei, nem ela sabia. No seu momento de dor, tentou se agarrar em algo que simbolizava o seu casamento e foi um momento feliz.

Amélia ainda muito transtornada, foi até a costureira segurando o seu vestido e ela se vê em uma situação inesperada, onde algo totalmente fora do padrão acontece para desnorteá-la mais ainda acontece. Isso faz com que ela conheça um homem que a ajuda sem nem perguntar o seu nome e ele percebe, olhando em seus olhos, que ela estava passando por um momento muito triste.

Fábio é um homem sensível e passou por um momento muito difícil em sua vida, um divórcio traumático e decidiu viver na solidão do amor até encontrar a sua alma gêmea. Ele tinha três mulheres em sua vida: a tia, a mãe e a irmã Letícia, a costureira que Amélia foi levar o vestido, e onde Fábio ajudou Amélia a chegar após socorrê-la.

Depois que foi embora deixando as três acompanhada por Amélia, não consegue deixar de pensar nela e tentar entender como uma mulher bonita poderia está segurando um vestido velho e o que estaria passando por ter aquela tristeza tão clara.

Fábio sempre tentou ir no caminho que encontrasse o seu amor verdadeiro, mesmo depois de tudo, ainda queria ser feliz.  O que ele não imaginava era  que uma curva imprevista esbarrasse com tudo em sua vida.

Adorei a escrita da autora, uma leitura que flui com facilidade e quando percebi já tinha terminado. Adorei a mensagem que a autora quis passar com a história e pensei em mim, como eu ia reagir nessa situação? Muitas vezes fazemos tantos planos e o que menos esperamos acontece, mudando tudo em nossa volta. Se você não conhece essa história, te convido a conhecer e se apaixonar.




Sinopse do Skoob: Amélia se depara com uma devastadora notícia. Seu marido, o homem a quem se dedicou inteiramente durante trinta anos, pediu divórcio. Sem saber como prosseguir com sua vida, e aguardando que um milagre venha lhe dar uma direção, ela leva o seu vestido de noiva para uma reforma. Então, no meio do caminho, depara-se com um desdobramento inesperado.Fábio é dono de um bistrô famoso no Recreio, Rio de Janeiro.Desde seu traumático divórcio, abraçou uma vida solitária. Até se deparar com Amélia no ateliê de sua irmã, Letícia. Apesar de intrigado com a tristeza exposta nos olhos da bela mulher, manteve sua rotina. Então, ao caminhar pela rua, esbarra em seu desdobramento inesperado. Um livro intrigante, criativo, que acompanha com sensibilidade a transformação na vida desses dois personagens.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Oi Daya, tudo bem?
    Amei o visual do blog! Ficou lindo!
    Eu não conheço a autora e também não conhecia o livro. Gostei da premissa e sua resenha me deixou com vontade de conferir.
    Dica anotada flor.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia
      Fico feliz que gostou <3
      O livro é muito bom, vc vai amar
      beijos

      Excluir
  2. Oi Daya, tudo bem!
    Capa realmente bonita e título no mínimo inusitado!
    Realmente a vida prega peças, nem sempre os planos se concretizam e as pessoas que costumávamos conhecer acabam mudando com o tempo, acredito que esse livro deva ter uma lição encantadora de superação é seguir em frente, gostei!
    Com certeza quero conhecer!
    Colocando na lista, espero que a mocinha tenha dado um bicão na bunda do ex marido e ficado com o cara que ajudou ela na rua!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      A vida prega mesmo, mas temos que aprender lidar
      Ela soube superar e seguir em frente
      beijos

      Excluir
  3. Oi Daya!
    Fiquei muito curiosa com esse livro e já querendo ler. Não é comum encontrarmos histórias que falem de casais mais velhos, são sempre na casa dos vinte, no máximo trinta anos, e se a Amélia foi casada por trinta anos, deve ter uns cinquenta né? Acho muito bacana o livro valorizar essa faixa etária e mostrar que o amor pode acontecer em qualquer hora da nossa vida.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina
      também achei legal a autora escrever sobre uma senhora nessa idade. Ficou bem legal.
      História de superação linda
      beijos

      Excluir
  4. Oi Daya,
    Já vi a capa desse livro, mas por não entender o significado do título não cheguei a me interessar pela leitura.
    Gostei da premissa do livro, acredito que passa algum ensinamento pelo contexto da sua resenha. Não conheço a autora mas já anotei a dica.

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kelly
      Se for conhecer a história, depois me conta
      beijos

      Excluir
  5. Achei o título do livro bem escolhido. Ele marca o exato momento em que a protagonista, tentando se agarrar ao velho,dá de cara com o novo. Muito legal! Apesar de romances não serem o meu forte, acho que eu aproveitaria esse muito bem. Não chegeui a ficar casada por 30 anos, mas passei por um noivado de 10... Sei como as coisas podem nos abalar. E o futuro tem sempre uma surpresinha! XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nu
      Mesmo não sendo um casamento, 10 anos é muito tempo e com certeza foi difícil para você
      beijos

      Excluir
  6. Oiiii, tudo bem???
    Adorei a sua resenha... achei a premissa da história bem bonita e parece-me bem interessante... fiquei bem curiosa... a história da personagem me fez pensar... mostra o quanto a mulher é criada apenas para o casamento e de repente algo acontece e ela se vê perdida para se virar sozinha... sem nenhum trabalho, pois só vivia para o lar... e ai ela tem que recomeçar... achei muito interessante... e claro que quero ter a oportunidade de ler o livro... xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana
      Bem difícil para as mulheres que foram criadas para o casamento, depois se vê em uma situação assim tão complicada.
      depois me conta
      beijos

      Excluir
  7. Olá, não conhecia a obra e com a sua resenha pude entender um pouco mais do enredo. Gostei do título e acho que ele combina perfeitamente com a obra.

    Abraços

    ResponderExcluir