Resenha: Não Pare de Sonhar


Título no Brasil: Não pare de sonhar
Autora Nacional: Nahra Mestre
Editora: Publicação Independente
Ano: 2015
Páginas: 619
Vendas: Amazon



Faz mais ou menos um ano, uma grande amiga, e parceira aqui do blog, indicou um livro que ela estava apaixonada. Na época, eu não tinha lá muito tempo para leitura (exatamente como agora), então fui enrolando, enrolando e enrolando mais um pouco, e acabou que não li.

O tal livro virou físico, conheci a autora e ela é uma pessoa apaixonante, daquelas que te conquistam na terceira frase. Conversa vai, conversa vem e lá fui eu finalmente conhecer Não pare de sonhar, o primeiro livro da duologia de Nahra Mestre.

Fui pega no primeiro parágrafo.



O livro é um romance, com todos os ingredientes necessários para despertar uma paixão, no estilo das que evoluem para um amor de vida inteira. Porém engana-se quem pensa que é um romance água com açúcar, bobinho e com cenas quentes conduzindo a história. Se é isso que você está procurando, esqueça Não pare de sonhar e vá ler subliteratura.

Primeiro, o romance de Nahra nos apresenta personagens bem construídos, que evoluem, crescem, reinventam-se, redescobrem-se como seres humanos e vivem histórias que são ao mesmo tempo lúdicas e reais.

Uma mulher que depois de várias traições e desilusões – quem nunca passou por isso, que atire a primeira pedra – resolve viver para o filho, para sua realização pessoal. Um homem que nunca amou, que não tem a ideia da grandiosidade desse sentimento, por falta de oportunidade, encontra essa mulher “fechada para balanço”. O que pode sair desse encontro?

Além de Iza e Eduardo, somos apresentados a personagens secundários que nem mesmo merecem esse título, porque eles conduzem a história junto com os protagonistas. Marcos, o melhor amigo de Iza, é tão importante na vida, nas escolhas e na história de Iza quanto Marcelo, o irmão e melhor amigo de Eduardo é na vida do empresário.

O que mais gostei na história é que ela é crível, parece uma daquelas histórias que a gente escuta na fila do banco, no açougue. Algo que aconteceu com a prima da amiga da vizinha.

Nahra mostrou uma versatilidade para narrar o romance construído com todas as bases dos romances tradicionais: casal principal fofo, amigos que ajudam o casal principal, vilões malvados. O mais impressionante é que no final ela pega todos os clichês que usou o livro inteiro e joga pela janela, dando ao leitor uma visão 100% diferente e inédita de toda a história.

Para saber o que acontece, só lendo a continuação (que não é uma continuação, na verdade, mas uma reconstrução de uma nova visão da mesma história).

Mas essa, é outra história, outra resenha. Uma viagem diferente.

***
Sinopse do SkoobQuem nunca fechou os olhos e mesmo consciente conduziu seus pensamentos para lugares onde queria estar e coisas que queriam fazer? Iza é uma mulher forte e decidida. Praticamente mãe solteira, compartilha seus momentos entre seu filho Léo e uma ONG que fundou junto com sua avó. Sua vida romântica se resume a um relacionamento imaginário. Eduardo é um milionário empresário do ramo do minério. Ficou viúvo aos vinte e dois anos e dedica sua vida ao trabalho e a sua filha Nina. A amizade entre seus filhos fizeram com que eles se aproximassem. Será possível Iza realizar tudo que projeta em seus devaneios conscientes?

Comente com o Facebook:

33 comentários:

  1. Oi, achei a premissa bem interessante e real, pois parece historia que alguma amiga nossa, ou até nós mesmos já passamos e por isso, acho que o livro me conquistou e vou aguardar a resenha do segundo para saber como finaliza a historia e depois adquirir os livros. Amei a resenha.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Thatyane, tudo bem?

      vou correr com a resenha do dois então!

      Fico feliz que tenha gostado da resenha, tenho certeza que vai amar os livros também.

      Excluir
  2. Gostei de saber que a autora inovou o final do livro,jogando os clichês usados pela janela (aliás, ótima expressão!)... É como reconstruir histórias, não só damos uma visão diferente da 'situação' como ainda reinventamos o que o leitor espera dela. E essa capa é linda de morrer!! XD Resenha show! bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuccia, fiquei preocupada com essa resenha, porque eu não conseguia parar de elogiar o livro. Isso é complicado, porque por mais que eu tenha tentado ser técnica, meu coração não deixou!

      Excluir
  3. Olá,
    Eu não conhecia o livro e fiquei um tanto curiosa com a capa, que foi o que mais me chamou atenção. Não gostei tanto da sinopse do livro e, mas eu leria por causa da da capa kkk' Gostei da sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina,

      dê uma chance ao livro, ele tem uma abordagem muito interessante.

      Excluir
  4. Olá, já tinha ouvido algo a respeito dessa obra, gostei do que você falou a respeito da inovação no desfecho, eu gosto de clichês, mas sempre é bom ver algo original. A capa me remete outra abordagem, mas curti.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raquel,

      essa capa é a cara do melhor amiga da protagonista. Ela, a protagonista, é uma mulher sensual, intensa e o melhor amigo dela gosta de provocar essas reações nela, de fazer com que ela se mostre inteira.

      bjsss

      Excluir
  5. Olá!
    Não conhecia a obra, mas parece ser bem bacana a história.
    A capa realmente é intrigante, muito bonita.
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana, você acredita que tem gente que diz que a capa é pobre e sem criatividade?

      Excluir
  6. Oie

    Eu não conhecia, mas me interesse. Gosto quando a história é assim bem crível, como se fosse contada pra gente por uma amiga. Parece que traz uma aproximação maior.
    A capa achei linda e intrigante.
    Vou anotar essa dica.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda, depois de conhecer Iza, Marcos e companhia limitada a gente se apaixona...

      Excluir
  7. Olá!
    A capa é linda mesmo é a sinopse me deixou bem curiosa! Sei como é essa coisa de ir deixando o livro de lado... Tenho vários assim! Mas fico feliz que a leitura tenha sido tão proveitosa, adoro romances e já anotei a dica.

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kelly,

      o livro é lindo, uma delícia. Romance fofo com grandes sacadas da autora.

      Excluir
  8. Um romance interessante e gostoso de acompanhar.
    Adorei saber que os personagens secundários conduzem a história também, acho essencial isso.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helana,

      eu achei meio criminoso da minha parte chamar de secundário alguns dos personagens. Na minha opinião eles não são principais, mas são essenciais. Além de bem construídos.

      Excluir
  9. Oi, Bel
    Eu amo as suas resenhas e fiquei surpresa com a nota que vc deu, precisava ler a resenha para entender o motivo rsrsrs
    A história precisa entrar para a minha lista urgente
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daya,
      eu acho que você vai amar. É uma "história real", não tem milionários, dominadores, nem nada que fuja do mundo cotidiano, além dos personagens serem envolventes.

      Excluir
  10. Olá meninas! Eu acho a Nahra uma das pessoas mais doces e queridas da literatura que pude conhecer! Eu tenho livro e por falta de tempo ainda não pude ler, mas será com certeza uma das leituras que estou ansiosa pra apreciar com muito carinho.
    Sua resenha está linda demais! Parabéns.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giuli,

      leia, leia, leia rssrsrs

      Concordo com você, a Nahra é um doce, uma pessoa iluminada.

      Excluir
  11. Olá,
    Não conhecia o livro mas achei a premissa bem interessante, e adorei saber que os personagens secundários não estão lá apenas para "enfeitar" a história e sim porque eles tem grande participação, adorei a sua resenha. =)

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elay,

      Marcos é tão importante que a autora está pensando em um livro só para ele.

      Excluir
  12. Olá,

    Não conhecia o livro e gostei muito da premissa, adorei saber que os personagens secundários são cativantes e significativos, isso é algo que me conquista muito em uma história, além disso essa capa é maravilhosa não é? Adorei sua resenha e espero em breve poder conferir essa obra.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivianne,

      tenho certeza que vai gostar do livro. Depois me conte o que achou.

      Excluir
  13. Não conhecia p livro e curtia premissa, gosto de romances onde a história pareça ser real pra mim.Personagens secundários que tocam o barco junto com todos é mara também.É um livro que eu leria sem sombra de duvidas.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, o livro é uma delícia, parece real, parece a história de uma amiga... bom demais.

      Excluir
  14. Olá! Não conhecia o livro. É interessante quando a história do livro nos presenteia com personagens próximo do que é real. A história realmente fica mais interessante. mas, mesmo assim a premissa não me chamou atenção. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suzana,

      nem todos gostam de histórias de amor. Eu detesto autoajuda.

      Excluir
  15. Gosto de livros assim que não são apenas uma história, mas que possuem personalidades reais, tramas reais, amadurecimento! Gostei muito de você ter frisado isso. Obrigada! Me faz ter vontade de ler.
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari,

      o livro realmente é muito bom, vale a leitura.

      Excluir
  16. Oie
    acho que ainda não conhecia o livro mas parece ser uma leitura bem interessante e gostosa, sua resenha ficou legal, espero poder ter oportunidade de ler o livro em breve e matar a curiosidade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catharina, também espero, porque é muito bom.

      Excluir
  17. Olá, já vinha visto algumas postagens sobre a obra, achei o enredo bacana, sua resenha mostrou alguns pontos fortes sobre a obra, os quais gosto de encontrar em livros do gênero, mas confesso que não curti muito a capa.

    Abraços

    ResponderExcluir