Resenha: Profundo - Robin York



Nome do livro no Brasil: Profundo
Nome Original: Deeper (Caroline e West #1)
Autora: Robin York
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 320




Tarde nada calma, recebo uma mensagem da Mariana – uma das fundadoras do blog: "Bel, você está sem livro para resenhar esse mês, né?!Preciso que você resenhe dois livros para 'ontem' ”. Foi assim que Profundo e Intenso, da Robin York, caíram na minha vida.

Então os livros chegaram e comecei a leitura de Profundo (Deeper – Caroline & West #1). Virei a noite e na manhã seguinte, morta de cansaço, admiti que fiz uma boa escolha.

Vamos deixar de enrolação e falar sobre o livro? (a resenha de Intenso será separada)

Profundo é um livro muito atual e trata de um tema que infelizmente está se tornando cada vez mais comum: cyber bullying e vingança sexual. A “fala” de Caroline
“... meu radar de boa moça estava funcionando direitinho. Não é uma boa ideia, o radar me disse. Péssima ideia. Mas eu ignorei o sinal...”

é perfeita, porque sabemos que só podemos confiar em nós mesmos, mas o amor... Ah... O amor! Ela confiou, e quando o relacionamento terminou, o cara resolveu se vingar da pior maneira possível: tornando públicas imagens íntimas feitas durante o namoro.

Aqui foi onde o livro me pegou, mostrando como lidar de forma madura e adulta com escolhas ruins. Caroline passou de uma aluna brilhante da faculdade de Direito e centro das atenções para uma menina que dormia mal, alimentava-se pior e ainda por cima desenvolveu síndrome de perseguição. Ela ouvia em sua cabeça vozes masculinas “falando” os comentários que ela leu sobre as fotos, depois que as fotos foram enviadas para praticamente todos os alunos da faculdade, além de diversos sites pornográficos.

Tentei me colocar no lugar de Caroline... posso garantir que nunca seria tão madura quanto ela. Sim, eu processaria o idiota. Sim, eu caçaria as fotos e tentaria retirar do máximo de sites possível. Mas faria tudo isso de muito longe, trocaria de faculdade, trocaria de Estado e correria para o colo da família, para lamber as feridas.

Mas Caroline está longe de casa, sem a rede de apoio e proteção que a família pode oferecer e, mesmo assim, luta sozinha para tirar as imagens da internet. É claro que isso tem um preço... O estresse que ela enfrenta, o medo de ser atacada, os olhares de julgamento, os cochichos... Repito, nada do que é exposto é diferente do que qualquer adulto faz quando está em um relacionamento, mas as pessoas nunca apontam o dedo para elas próprias. Então ela passa a ser julgada, perseguida, acuada.

A ajuda para a nossa mocinha vem de onde menos se espera. Já que o ex, o canalha que jogou as imagens na rede mundial de computadores, era o “senhor certinho”, quem poderia ser o salvador da mocinha senão o bad boy do College?

A primeira coisa que o nada fofo do West faz é socar o ex de Caroline. A segunda é ser o ombro amigo. Aqui começa a história de Romeu e Julieta. Ele é o cara errado para a menina que planejou um futuro brilhante para si mesma. Ela é brilhante demais para alguém tão sombrio e profundo quanto o menino que é um sobrevivente. Alguém que veio do nada, que precisa conviver com as escolhas erradas das outras pessoas e que faz de tudo para ser o grande herói e protetor de sua irmã mais nova.

Não que Caroline não seja uma sobrevivente. Ela é uma sobrevivente. Mas será que depois de tudo ela ainda vai conseguir sobreviver também a um romance com o cara mais errado da faculdade?

Recuso-me a contar o final do livro 01. Não porque não tenha concordado com ele... Engraçado, li algumas resenhas e críticas para me basear e todas, sem exceção disseram odiar West... Posso dizer, sem spoiler, que abominei as atitudes dele, mas o amei profundamente por rasgar o próprio coração e abrir mão de sua alma. 

Mesmo que ele estivesse errado.


Sinopse: Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam. Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou. Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.

Mais informações aqui!

Obs.: Este livro foi lançado em inglês, em 2014, e chegou ao Brasil, em português, neste ano de 2016.

Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Confesso que está e a primeira resenha positiva que vejo do livro, ele anda dando polemicas por onde passo, quando lançado estava com vontade de ler, depois perdi o interesse, mas lendo sua resenha me deu certa vontade, parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karine, o livro tem problemas sim, é romanção meio bobo, mas o tema do porn vengeance e tão forte e bem relatado que tem que ser difundido!

      Obrigada pela visita

      Excluir
  2. Fiquei curiosa... Parece ser polêmico... Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberta, ele é bem polêmico sim. E fala francamente sobre os problemas que as pessoas - homens ou mulheres - enfrentam por conta da tal vingança pornô

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Nunca tinha ouvido falar neste livro, mas parece ser muito bom! Vou procurar saber mais porque a temática me interessou. Gostei muito da sua resenha, gosto quando o resenhista coloca o que sentiu e justifica a escolha do livro. Isso dá uma personalidade tremenda à resenha!
    Check-in Virtual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lívia, obrigada pela visita e pelo elogio.

      Procure o livro sim, a temática é ótima. Pena que na edição brasileira não tem nenhuma referência às leis daqui. Seria muito útil.

      Excluir
  4. Olá Bel,
    Esse livro fez um burburinho na internet pouco antes de ser lançado, pois todos estavam falando de vingança sexual e, desde então, pretendo ler.
    Gostei muito de saber que a protagonista foi madura e que lutou sozinha. Consigo imaginar o que o West fez ao final do livro, mas não sei se estou certa. Acho que, se for o que penso, gostaria do final.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, ficou na cara o que ele fez, né??? Mas ainda tem o livro dois! rsrsrs

      Obrigada pela visita

      Excluir
  5. Eu já li tanta resenha desse livro, que eu já ando desesperada por ele. kkkkkkkkkkkkk
    É um livro que tem um tema bem atual, e isso me chama muito a atenção, pois infelizmente acontece com uma frequência absurda!
    Nenhuma resenha que li, falou do West como você...fiquei curiosa para conhecer o personagem.
    http://blogliteraturanacional.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvânia, obrigada pela visita.

      O West é um sobrevivente, quando ler vai entender. Também é um herói. Ainda por cima é um vencedor e um guerreiro. É humano, porque é um perdedor. O livro é bom, leia e depois me diga o que achou.

      Excluir
  6. Realmente não se pode comprar pela capa, esse é um exemplo de livro em que eu passaria batido na livraria, mas lendo sua resenha agora eu vejo o quanto estava enganado, o tema é muito interessante e eu mudei minha ideia inicial. É um livro que eu me interessaria ler.
    Um abç,
    Alessandro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, eu concordo totalmente com você. Olhei a capa e não pensei que seria tão fora do padrão. Caso se aventure na leitura, o que eu recomendo, antes de ler o livro em si, veja a explicação da autora no final do livro.

      Excluir
  7. Oi, olhando para a capa e a sinopse, eu com certeza não leria o livro, mas lendo sua resenha, eu tive uma ideia diferente do livro, que retrata do cyber bullying e vingança sexual, onde a mocinha é vitima de seu ex-namorado e tem sua vida arruinada por sua vingança infantil. Segundo sua resenha, o livro tem muito mais conteudo do que a capa e a sinopse passa, então acho que leria.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thatyane, sua resenha foi melhor que a minha rsrrsrs. Mas é verdade, o livro tem sim conteúdo. Além de ser um alerta. Ele não diz "Não faça", ele alerta para sermos conscientes.

      Excluir
  8. Mas, gente, essa capa foi uma péssima escolha! Eu sempre olhei pra essa duologia e pensava em romance, um pouco (talvez muito) de hot, mas nunca esse enredo!.. Mesmo lendo a sinopse em uma resenha, ainda assim o livro me passaria despercebido. A sua resenha, Bel, é o que me deixou intrigada. Especialmente na parte que se refere ao West! E agora, meus deuses, que escolha errada esse homem fez????????? XD
    beijão!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nuccia, vou ser mega sincera, não gostei de nenhuma das capas, nem da nacional nem as que foram produzidas para outros países. O livro alterna momentos fofura com momentos drama pesado. Sem deixar de lado o hot.

      É um bom livro, mas essa capa não ajuda mesmo.

      Excluir
  9. Olá!
    Com certeza esse não é um livro pra mim. Sua resenha me deixou um pouco curioso, mas eu prefiro não me aventurar em gêneros assim, pode ser que eu acabe me decepcionando. Eu vi uma galera reclamando da capa, e realmente...
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente Vitor, eu sou mais de policial e suspense. Encaro um terror bem escrito. Adoro romances água com açúcar, por isso fiquei meio receosa de me aventurar nessa duologia. Mas vou ser sincera, fiquei surpresa com a qualidade da escrita.

      Excluir
  10. Oi Bel,que resenha maravilhosa... gostei muito... do que li aqui... não consigo imaginar o sofrimento dessa menina diante desta exposição... um homem que faz isso não passa de um moleque vazio e sinceramente ele mereceu a surra que levou... sou contra a violência, mas tem pessoas que realmente merecem levar um supapos... pra aprender que respeito é bom e todos gostam... quando eu tiver a oportunidade vou querer ler este livro com toda certeza... xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, linda. Tá melhor? Espero que sim. Menina, quando comecei a ler e vi o que o idiota do ex fez, minha vontade foi entrar no livro e eu mesma dar uma porradas nele.

      Acho que temos direito de fazer o que quisermos com nosso corpo e não merecemos ser punidas por isso.

      Excluir
  11. Quero muito ler esses livros. Participei da blogagem coletiva da Arqueiro sobre a vingança pornô e isso me deixou com ainda mais vontade de ler os livros. Excelente resenha!
    Beijinhos..
    http://curaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathalie, querida! Como está? Obrigada pela visita.

      Menina, essa coisa de vingança pornô é a antiga fofoca, só que ampliada. Falta do que fazer define, mas a reação madura da Caroline me surpreendeu.

      Excluir
  12. Olá
    Confesso que não esperava por uma história dessa! Quando vi a capa imaginei ser mais um romance hot e nada mais, mas menina sua resenha me pegou de jeito! Quero pra ontem, adoro esses badboys errados e essas histórias tão reais que nos fazem refletir! Com certeza perfeito
    Amei

    Beijokas

    ResponderExcluir