Resenha: Pérolas da minha surdez



Título no Brasil: Pérolas da minha surdez
Autor: Nuccia de Cicco 
Editora: Wwlivros
Páginas: 122








Oi, gente. Tudo bom com vocês?

Quem navega pelos blogs literários, com certeza já deve ter visto a Nuccia por aí! rsrs

Ela é uma querida, que sempre interage com muito carinho com todos... Seu livro é uma autobiografia (mas não daquelas chatas de ler!), super bem escrita e com um "Q" de humor. É curtinho, apenas 122 páginas, e a leitura simplesmente flui! Já posso adiantar que é o tipo de livro que toda pessoa deveria ler, principalmente aquelas que vivem reclamando da vida...

Como acabei de citar, em Pérolas da minha surdez vamos conhecer a história de Nuccia, uma mulher tagarela, cientista (Bióloga com Mestrado e Doutorado em Bioquímica), dançarina de dança do ventre, poetiza, escritora, blogueira, e que de repente se viu surda... Como ela mesma diz no livro: "uma surda que ouve com olhos e fala com as mãos, mas que também ouve com mãos e fala pelos cotovelos”.

"Recentemente, li em “Ouvindo o Silêncio”, de Armando Nembri, que as palavras “surdo” e “ouvinte” não se encaixam muito bem nas pessoas, pois existem surdos que ouvem muito bem com os olhos, e ouvintes que não sabem ouvir, mesmo tendo uma boa audição. Até agora, não tive como ou porque discordar. Pelo contrário, até complemento: existem ouvintes que percebem a surdez melhor do que muitos surdos e alguns Surdos que se recusam a “ouvir” outra pessoa."

Em 2004, Nuccia perdeu sua audição do lado direito e algum tempo depois, em 2007, perdeu a audição do lado esquerdo também. Depois de alguns exames, foi diagnosticada com Neurofibromatose ou NF tipo 2 (não irei entrar em detalhes pois no livro ela explica bem certinho), em que um dos sintomas é a perda de audição.

"Tumor é um treco silencioso. Não é como a gripe que já chega te ferrando, dando sinais febris ou entupindo seu nariz."


Você consegue se imaginar nessa situação? Você que é apaixonado por música e ama dançar, que ama uma boa roda de conversa entre amigos, que escuta um batido na porta, o barulha da chaleira fervendo, barulho das ondas do mar, o choro do seu filho, que ama ouvir a voz daquela pessoa que você ama... Imagine você, na sua idade atua,l perdendo completamente a audição; no lugar de todos estes sons, ouvir somente um infinito silencio...

"As pessoas dizem “Posso imaginar bem o que você está passando”. Desculpem, mas a imaginação não chega aos pés da realidade. Por mais empatia que o ser humano tenha, é praticamente impossível perceber quanta falta faz um sentido que você tem."


Nú conta sua história de uma maneira descontraída, mostrando com seriedade as dificuldades e o preconceito que passa. Ela nos relata seus sentimentos, como fez para se adaptar, fatos que aconteceram e acontecem no dia-a-dia dela; responde-nos muitas perguntas que (por ignorância ou falta de conhecimento) temos sobre o assunto ; mostra-nos um pouco sobre a história da surdez no mundo e no Brasil; conta-nos como aprendeu a viver sem ouvir, desenvolvendo outros sentidos, como aprendeu libras e leitura labial.

"Quando dizem que você aprende a desenvolver mais um sentido porque perdeu outro, não é sem fundamento. Ao perder a audição, aprendi a usar melhor minha visão periférica a um nível bem sensível."

"O tato é praticamente um sentido à parte. Só pelo jeito como as pessoas me tocam, sei se querem fazer perguntas, dar notícias, chamar minha atenção ou algo completamente diferente. Também sei diferenciar ritmos pela forma como as vibrações são espaçadas no tempo musical."

Com certeza, o livro foi uma grande lição de vida pra mim, fez com que eu pensasse no quanto não damos valor para as pequenas coisas, como uma coisa tão importante pra nós passa despercebida todos os dias. 

"Todo mundo diz que sou um exemplo de superação. Porém ninguém sabe, realmente, que eu não superei nada. De algum modo, meu organismo se recusa a aceitar passivamente, a superar e deixar pra lá."

Ao final do livro, Nú nos indica outras obras sobre o tema e nos faz um alerta de que se algum momento você desconfiar que está perdendo a audição, um pouquinho que seja, procure um médico, corra atrás, faça os exames.
"Ah... Mas eu não tenho tempo!" Tire um tempo e vá, não invente desculpas, sua saúde é muito mais importante do que a faculdade, o trabalho, o lazer!

Amei ter lido esse livro e super-recomendo a todos, independente do gênero literário que você goste,  você deve ler esse livro! :)

Bom é isso, espero que tenham gostado.
Grande beijo!

***

Sinopse: Música, buzina, despertador e então... silêncio. Como se acostumar a não ter som e precisar aprender a se comunicar novamente? As pessoas dizem verdadeiras pérolas sobre surdez, pois a maioria desconhece o assunto. Não compreendem o que é lidar com a ausência de um sentido tão importante, algo que sempre teve, sempre fez parte da sua vida, até o perder. E, então, ter de reinventar todas as suas verdades. Nesta obra, a autora narra experiências de sua vida após o diagnóstico de surdez total irreversível, buscando ampliar o (re)conhecimento sobre o tema na sociedade. São histórias singulares, divertidas e complicadas, sobre paixões, curiosidades, tecnologias, preconceito, aprendizado e, principalmente, luta e força de vontade. Um livro que trilha o caminho em direção dos que almejam encontrar respeito aceitação e voz.

Comente com o Facebook:

54 comentários:

  1. Oiii Bruna, tudo bem?
    Acho a Nuccia um amor de pessoa, sempre quando posso estou acompanhando o trabalho dela, e vi que ela lançaria este livro, é a primeira resenha que leio e me apaixonei completamente pela história, acredito que tenha sido difícil para ela, e adoraria realmente ter a oportunidade de ler esse livro mesmo. Me encanto por histórias verdadeiras.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgana! Muito obrigada!! O apoio de vocês é sempre importante!
      As dificuldades, a gente dribla como pode! Espero que tenha oportunidade de ler o livro em breve! Vou adorar saber sua opinião!

      Excluir
    2. Oi Morgana, o livro é maravilhoso, espero que você consiga ler em breve!

      Excluir
  2. Oi Bruna, já li várias resenhas desse livro e todas elas são muito positivas. Tenho muita vontade de conferir a história, pois tenho a sensação de que irei me encantar pelas palavras da autora. Por falar nisso, desejo muito sucesso em sua trajetória e espero acompanhar seu trabalho.
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fê! Tem mais novidade chegando... Espero que você consiga ler o livro rapidinho! Só me chamar no meu blog... ;)

      Excluir
    2. Fê, com certeza irá se encantar mesmo! Leia o quanto antes! :)

      Excluir
  3. Eu conheço a autora da blogosfera e desde que vi sobre o lançamento do livro eu tenho muita curiosidade em lê-lo. A sua resenha está muito bem feita e mostrou o quanto o livro pode ser emocionante e como a autora abordou o tema de maneira descontraída mas sempre com a seriedade que o assunto necessita. Quero muito ler e espero fazer isso logo logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que lindo, Beatriz!
      A resenha ficou show, não é? Também adorei! Eu tentei unir informações relevantes e dados úteis ao prazer da leitura e ao meu jeito descontraído. Parece que funcionou! Leia mesmo! Querendo, me chama, estou vendendo!

      Excluir
    2. Oi Bia, que bom que gostou da resenha!
      O livro é emocionante e descontraído... vale muito a pena!

      Beijão

      Excluir
  4. Amei, simplesmente amei a resenha.
    Já vi a Nuccia por aí sim. Mas tô conhecendo um pouquinho dela aqui no seu blog. Que livro bacana! Com certeza deve ser uma leitura extremamente admirável e com uma mensagem muito importante. Fiquei com muita vontade de ler e conhecer melhor a história dela, como se adaptou e tal, como foi aprender libras, etc.
    Obrigada pelo post ótimo que li hoje por aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thamíris!
      Prazer em conhecer você também! tomara que você leia! Além de contar da adaptação e da Libras, também explico como faço para acompanhar as músicas na minha pequena carreira como bailarina! Você vai adorar!

      Excluir
    2. Thamiris, voce nem imagina o quanto essa mulher apronta!! rsrs
      É impressionante a história de vida da Nú!!

      Beijos

      Excluir
  5. Meninas!!!
    Muito obrigada! Adorei o texto, as citações que a Bruna escolheu e o fato de que ela gostou do livro e s sentiu bem com as informações recebidas. A minha intenção quando o escrevi foi realmente ajudar quem não conhece surdez a conhecê-la e ajudar a quem já conhece mostrando um ponto de vista diferenciado. Obrigada por toda a ajuda nesses sias! E que seja uma parceria longa! ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi, já ouvi falar desse livro, mas ainda não tinha visto uma resenha detalhada sobre ele e confesso que fiquei comovida com a historia da Nuccia, pois deve ter sido horrivel, mas mesmo assim ela deu a volta por cima, e eu admiro isso. Acho que é um livro para todos lerem, pois trata-se de uma lição de vida. Amei a resenha.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Thaty! Assim você me deixa inchada de orgulho!
      Eu acho sinceramente que todo mundo tem capacidade de dar a volta por cima, uns muito mais, outros não. Aprendi que ver o lado bom das coisas me faz sentir melhor do que focar na parte ruim. Mas isso não funciona pra todo mundo, né? Um beijo!

      Excluir
    2. Thaty, como sempre falou... Esse livro deveria ser leitura obrigatória! rsrs

      Excluir
  7. Ooi! Acompanhei o lançamento do livro em um blog e fiquei muito feliz por essa conquista da Nu, que é e foi bem persistente, mas tem que ser assim mesmo ^-^ espero um dia poder ler!
    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ruhh!
      Esse carinho é tudo! Leia, sim! E me mande sua opinião!! XD

      Excluir
    2. OI Ru...
      Tomara que você leia mesmo, vale muito a pena!
      Beijos

      Excluir
  8. Olá,

    Eu não sou muito fã de biografias, mas pela sua resenha essa parece ser realmente uma história diferenciada, que nos apresenta momentos de superação e pode até mesmo servir de inspiração para aproveitarmos melhor a vida. Goste de saber que a autora, apesar das circunstâncias é uma pessoa bem humorada e feliz. Não é um livro que eu leria no momento, mas quem sabe um dia? Fico feliz que sua leitura tenha sido proveitosa.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Viv!
      Eu tentei passar a parte boa e a parte ruim de uma situação como essa. Mais do que isso, tentei mostrar que surdos não são todos iguais e ninguém pode simplesmente passar por cima disso.
      Espero que este dia de leitura esteja próximo! ;)
      Obrigada!!!

      Excluir
    2. Oi Vivi, se um dia você ler vem aqui me contar o que achou hein...
      O livro é curtinho e super proveitoso!

      Excluir
  9. Olá!
    Conheço a Nuccia da blogosfera há um bom tempo e confesso que, apesar de não curtir autobiografias (quase nunca leio biografias ou autobiografias), me interessei pela obra após essa resenha. Deve ser realmente muito difícil passar por uma situação justamente porque acredito ser mais ''traumático'' vivenciar a perda de um sentido do que nascer sem ele. Mas cada dia é uma luta e uma oportunidade para se superar.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão!! Encontramos no dia a dia o que nos motiva a ir em frente!
      Espero que você se empolgue e leia! Passa no meu site (Blog As 1001 Nuccias) que lá tem outras resenhas feitas por outros blogs parceiros, quem sabe você se decide! XD
      um beijo!!

      Excluir
    2. Olá, A Nú é uma guerreira mesmo e pode acreditar é uma autobiografia super legal! :)

      Beijos

      Excluir
  10. Já tinha ouvido falar sobre esse livro e fiquei super interessada. Acho legal esse tipo de livro pra entendermos um pouco o que as pessoas com o problema passam. Deve ter sido muito difícil perder a audição já adulta e ela conseguiu dar a volta por cima, achei isso incrível.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É mesmo uma dificuldade, de um jeito bem estranho. A maioria das pessoas esquece que podemos perder qualquer sentido ou membros ou órgãos ao longo da vida e que temos nossos jeitos de lidar com isso. Então, eu quis desmistificar algumas informações sobre surdez e acho que consegui.
      um beijo!

      Excluir
    2. OI, a história é incrível mesmo! :)

      Beijos

      Excluir
  11. Conheci a Nuccia recentemente e. que mulher encantadora! Não é do tipo que fica reclamando da vida e, apesar da surdez, ainda dança, trabalha como bióloga, mantém um blog e ainda participa de eventos literários - como o nome do seu blogue -é 1001 em uma só.

    Não li o livro dela ainda, mas sempre quis ler e com a descrição detalhada e os seus comentários nessa resenha, fiquei com mais vontade ainda.

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Alê... me deixou encabulada!... rsrs
      Muito obrigada pelo apoio e carinho! Saiba que a admiração é mútua, você tem um estilo próprio de expor suas opiniões no blog, eu gosto disso!
      Espero mesmo que você lea o livro, ia a-do-rar saber da sua opinião!
      um beijo!!!

      Excluir
    2. Alê, assim que puder leia quero saber a sua opinião! :)

      Excluir
  12. Olá, tudo bem?

    A Nu é uma pessoa incrível! Sempre a admirei, mas depois de ler este livro, fiquei ainda mais encantada. E como a narrativa é descontraída e fluida! Ela é um exemplo a ser seguido, e esta obra mostra todo a sua sensibilidade, força e coragem. Nu é PHODÁSTICA!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha nossa, moça! Fiquei mais encabulada ainda!!! É muito amor envolvido, Dai!... <3
      Muito, mas muito obrigada mesmo por todo esse carinho e pelas belíssimas palavras (aqui e da resenha!)... Você tem tanta sensibilidade quanto eu!
      um beijo enorme!!!!!

      Excluir
    2. hahaha, concordo com você! Beijos

      Excluir
  13. É a terceira resenha de Pérolas de Minha Surdez que vejo. A cada nova resenha sinto mais ainda que preciso ler esse livro. Fora que Nuccia é muita fofa, né, uma pessoa maravilhosa. A resenha ficou muito boa mesmo. Chama bem a atenção mesmo de quem já tinha lido outras resenhas como eu! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thays, que bom que gostou da resenha!
      A Nú é ótima né?!

      Beijos

      Excluir
  14. Oie
    não conhecia o livro mas parece ser mega interessante, gostei do enredo e das frases destacadas, e sua resenha ficou muito boa, vou anotar a dica para poder ler quando tiver oportunidade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina, que bom que gostou da resenha.
      Quando ler, vem me contar o que achou hein!!

      beijos

      Excluir
  15. A Nuccia é uma blogueira que admiro bastante, e depois que li sobre o livro dela acabei conhecendo ela também como pessoa e um pouco de sua história. Sua resenha está ótima e me deixou SUPER interessada na leitura!!! Adorei.
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi gabi, que bom que gostou!
      Espero que você leia em breve e depois vem me contar o que achou! :)

      Excluir
  16. Olá!!

    Eu já tinha visto o livro da Nuccia em outro blog e fiquei encantada. Gostaria muito de ler.
    Super complicado perder a audição já em uma fase adulta da vida e ter que se adaptar a nova condição. A Nuccia é exemplo.
    Adorei sua resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer, obrigada!
      A Nú é um exemplo mesmo!

      Beijão

      Excluir
  17. Essa mulher me espanta!!!!

    A força de vontade ela é algo a ser admirado e espelhado né?

    eu não sabia o motivo da surdez dela e confesso que tinha curiosidade de saber como uma pessoa fica surda assim de repente. Eu não sabia que era possível isso.

    Linda resenha! com certeza lerei o livro da Nucia assim que puder!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, o livro é ótimo... Vale muito a pena a leitura!

      Beijos!

      Excluir
  18. Olá, tudo bom? Achei super interessante a temática desse livro e a forma escolhida pela autora para falar sobre um tema tão delicado para ela. Não gosto nem de pensar no que ela sentiu quando não podia ouvir mais esses sons que você citou e que fazem parte de nosso dia a dia! É ótimo que ela trate desse tema de uma maneira leve e até cômica e só de ler sua resenha, já estou louca para ler esse livro, que ainda não conhecia! Parabéns pela resenha!


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Polly, fico feliz que gostou da resenha!
      Espero que você leia em breve e se encante :)

      Beijos

      Excluir
  19. Caramba... eu sempre me senti assim... com muita empatia pelas coisas... eu adorei tudo. O texto. A sinopse. Queria mais conhecer sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Www.sonhosemtinta.com.br

      Vc poderia colocar o contato da autora.
      Eu tbm sou biologo. *-*

      Excluir
    2. Www.sonhosemtinta.com.br

      Vc poderia colocar o contato da autora.
      Eu tbm sou biologo. *-*

      Excluir
    3. Oi Kim que bom que gostou, a Nú respondeu alguns cometários!!
      O blog dela é Blog As 1001 Nuccias! :)

      Excluir
  20. Olá Bruna, tudo bem?

    Biografias normalmente não é o tipo de leitura que me atrai, mas pelo que você descreveu em sua resenha sobre “Pérolas da Minha Surdez”, é uma lição de vida onde muitos precisam ler. Não somente esse caso, mas existem tantos outros casos de superação que deveríamos nos inspirar neles em vez de só ficar reclamando.

    Beijos,
    Gabriel Albuquerque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, é verdade... Muitos casos podem se tornar grandes exemplos pra todos nós né!

      beijos

      Excluir
  21. Oi. Já conhecia esse livro, já li algumas resenhas dele. Estava interessada em lê-lo, mas o tempo é muito pouco e tive que ler outros livros que estava pendentes. Como estou em época de provas na faculdade, meu tempo diminuiu. Assim que tiver um tempinho sobrando, vou tentar ler esse livro.

    ResponderExcluir