A Letícia leu: O grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald.


Título: O grande Gatsby
Título Original: The Great Gatsby
Autor: F. Scott Fitzgerald
Editora: L&PM (pocket)
Ano: 2011
Páginas: 187

Olá, pessoal, tudo bem? 

Passei algum tempo sumida por conta das eventualidades da vida, mas estou de volta com muitos clássicos para vocês!

Hoje irei falar de um livro que é muito conhecido e se você nunca ouviu falar do livro em si, certamente já ouviu falar pelo menos do filme. É um clássico muito bom do escritor norte-americano F. Scott Fitzgerald e se passa na década de 20, num pós Primeira Guerra Mundial, onde a sociedade americana está vivendo um nível sem precedentes de prosperidade , assim como a sua economia. Já conseguiram adivinhar? Pois é... O livro de hoje é O Grande Gatsby.


O enredo gira em torno do aspirante a escritor Nick Carraway, que se muda para Nova Iorque em busca de novos ares, deixando seus negócios em Midwest. Nick é um rapaz sonhador e tem infinitos desejos; é admirador da riqueza e do glamour da sociedade, apesar de não se conformar com o materialismo. Enfim, é um típico rapaz americano e as únicas pessoas que conhece na cidade são Daisy e seu marido, Tom Buchanan.

Numa certa tarde, em Long Island, ele recebe um convite para participar de uma das animadas festas de seu vizinho. Até então, Nick não tem ideia de quem ele seja e nesta festa fica conhecendo o famoso Gatsby, cuja fortuna vem de "fontes" desconfiáveis, questionadas por todos os seus convidados. As festas de Gatsby são animadíssimas e, mesmo com a proibição da bebida, nelas esta não faz falta. Todo o glamour do vizinho, a princípio, assusta Nick, mas ele acaba conhecendo Jay Gatsby mais intimamente e eles se tornam amigos.

Nick se sente muito bem em ter a atenção daqueles de que todos falam e numa tarde em que vai tomar chá com a prima, Deisy, uma de suas amigas, uma atleta, chamada Jordan lhe fala que Deisy e Gatsby já se conheciam e em um episódio mais a frente, descobrimos que Jay Gatsby só mantinha essas festas luxuosas na esperança de se encontrar com Deisy, uma vez que toda a sociedade faz questão de frequentar sua casa.

Assim, Nick se compromete a realizar este encontro, uma vez que descobre que Tom Buchanan trai sua prima com uma mulher casada, chamada Myrtle, E por regras do blog, não posso falar mais sobre o enredo em si, pois isso seria spoiler e não podemos dar spoiler!

O que posso dizer? O livro é bastante leve, apesar de ser um clássico, a linguagem é bem acessível e flui muito bem. Gostei da constituição dos personagens, mas senti que algo deixou a desejar no final e é por este motivo que não dei cinco estrelas. Parece que foi muito rápido e os motivos dos personagens não me convenceram. 

Eu gosto muito de Nick, acho que ele realmente é um excelente narrador-personagem, mas sinceramente, odeio Deisy! Gastby é incrível, nós conseguimos sentir a profundidade dele, mesmo pelo ponto de vista de Nick. Ele é um homem que já viveu de tudo e não se importa com o que dizem dele, mesmo que algumas acusações absurdas como ser um 'gangster" circule abertamente entre os convidados de suas festas. O que me incomodou nele é essa obsessão por Deisy.

O fim, fim, foi surpreendente para mim. Eu realmente não estava esperando e fiquei com o coração na mão! Acho que ele traz uma mensagem super importante para nós: que a sociedade só se impota com aparências, riqueza e luxo e não mais com a amizade, pois as pessoas não consideram os demais.

CURIOSIDADES:

01 - O grande Gatsby teve cinco adaptações para o cinema e a mais recente, com Leonardo di Caprio na pele de Gatsby, ganhou dois Oscars: um por Melhor Direção de Arte e outro por Melhor Figurino,

02 - O filme é bem fiel ao livro, o que foi um ponto bem positivo para a adaptação, garantindo, assim, o seu sucesso absoluto.

03 - Amanda Seyfried e várias outras atrizes foram cogitadas para o papel de Deisy, mas ele acabou ficando com Carey Mulligan, após o diretor, Luhrmann, mostrar sua audição para os executivos da Sony Entertainment que ficaram impressionados com o comando que a atriz tinha sobre o personagem.


Enfim, é por aqui que eu fico, pessoal! Espero que tenham gostado da resenha e que ela os encoraje a ler este clássico americano, ou mesmo assistir ao filme, de verdade, vale muito a pena!

Abraços e até a próxima!


Sinopse: Obra-prima de Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby é o romance americano definitivo sobre os anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. O texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece - Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.

Leia outras resenhas de Clássicos da Literatura clicando na imagem abaixo:



Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Oi, meninas, oi Lê!
    Acho que é a primeira resenha/avaliação que leio sobre este livro. Muita gente se concentra nos filmes, em especial nesta última adaptação. Também achei o personagem Gatsby muito incrível e bem obcecado. Mas que seriam os grandes romances de não fosse essa "obsessão"? rsrsrs...
    um beijo p todas!

    ResponderExcluir
  2. Adooooooooooro esse livro. Li semestre passado de novo para uma aula na faculdade. Quero ver o filme com o Di Caprio agora. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  3. Oi Letícia, sua linda, tudo bem?
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro e nem ver o filme, mas parece ser uma história incrível!!! Que saber que final foi esse que te deixou de coração apertado e que te surpreendeu, espero que não seja triste. Sua resenha ficou ótima, não vejo a hora de ler!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  4. Olá... tudo bem???
    Nunca pensei em ler o livro, nunca parei para pensar nele pra falar a verdade... eu ando meio afastada de clássico, mas confesso que penso em assistir o filme, pois gosto muito do Leonardo e me falaram que ele desenvolveu bem o papel... e se o filme é bem fiel ao livro é melhor ainda... sua resenha ficou ótima... mas eu gostei muito de saber a sua opinião e se gostou... xero!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ma,
    Eu já ouvi falar do filme, mas nem desconfiava que fosse um livro, sendo assim essa é a primeira vez que vejo uma avaliação do mesmo. Gostei muito da sua resenha e vou seguir sua dica, mas vou começar pelo filme, e se me conquistar parto pro livro

    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Oi Letícia, sempre vejo ótimas críticas a respeito desse livro e da adaptação também, preciso tomar vergonha na cara e comprar um exemplar para ler...sou super curiosa quanto ao enredo, mas as vezes tenho uma preguicinha.

    Abraços

    ResponderExcluir