Resenha: A Morte de Sarai


Título no Original: Killing Sarai
Título no Brasil: A Morte de Sarai (Companhia de Assassinos - Volume 01)
Autor(a): J.A. Redmerski
Editora: Suma das Letras
Ano: 2015
Páginas: 255




Hoje vou trazer a resenha de uma autora que tenho uma relação de amor e decepção. Vou explicar: faz um tempinho que li o livro Entre o agora e o nunca, dessa mesma autora, e amei... Fiquei encantada com a narrativa. Claro que logo em seguida li a sua continuação, Entre o agora e o Sempre, e odiei, foi pura decepção. Devido a esse ocorrido, acabei prolongando iniciar a leitura do livro A Morte de Sarai.

Eu ganhei esse livro de uma amiga muito querida e que acompanha o blog, Andreza Medeiros. Ela ficou tão apaixonada pelo livro que enviou como presente e fiquei surpresa quando recebi pelo correio. Para você ter uma ideia, ganhei esse livro em setembro e ficava só o observando na minha estante.

Lembro que quando A Morte de Sarai foi lançado fez o maior rebuliço, muita gente comentando e as resenhas bombando. Mesmo assim, não me sentia atraída para ler. Vou ser sincera, eu odiei a capa, só de olhar ficava com arrepios. Sei que é besteira da minha parte, mas fazer o quê?

Chegou um momento em que não tive mais como prolongar e comecei a leitura...


Agora eu me pergunto: Por que não comecei essa leitura antes? Por que não li imediatamente assim que ganhei de presente? Toda vez que tive que dar uma pausa, ficava com a história na cabeça e doidinha para voltar para ele. Faz tempo que não passo por essa situação!

Então vamos conhecer A Morte de Sarai, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos. 

A mãe de Sarai era uma usuária de drogas e não cuidava da filha direito, até que conheceu Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres, e não pensou duas vezes para ir morar com ele em outro país, o México. Sarai, com apenas 14 anos, foi junto, mas já percebia que Javier olhava para ela com segundas intenções e assim que sua mãe morreu ela ficou aos seus cuidados. Ela tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade, mas tudo mudou e sua vida se tornou algo que ela nunca imaginou.

Desde então, Javier mantém Sarai em cativeiro. Ela é a queridinha dele, não sofre maus-tratos e tem um tratamento um pouco melhor que as outras meninas, mas nada de luxo. Ela nem sabe em que cidade ou bairro está naquele país.

Sarai é uma jovem inteligente e aprendeu a viver daquela maneira, mas nunca desistiu de fugir e ter uma vida normal.

Aos 23 anos, ela vê a sua oportunidade de fugir. Dentro de um quarto escuro, observa a visita que chegou para negociar com Javier. O visitante chama-se Victor, um assassino de aluguel que desde muito novo convive com a morte e a violência. Ele faz parte de uma ordem e foi treinado para matar a sangue frio e não ter nenhum sentimento. 

Sarai quer muito a sua liberdade, então ela foge e precisa confiar nesse homem misterioso. Depois ela percebe que Victor é diferente dos homens que ela conheceu, não adianta tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.

Algo acontece e a situação toma um novo rumo, inesperado para ambos. Juntos vão viver momentos intensos, com muito suspense e Victor chega a conclusão que não sabe em quem confiar. A história em todo o momento é com muita adrenalina, nenhum momento quis parar ou dar uma pausa na leitura.

Mesmo não sendo um livro de romance, eu fiquei torcendo para o casal. Ainda mais quando Victor começa a agir totalmente diferente do que ele está acostumado e arrisca a própria vida para salvar aquela desconhecida. E Sarai queria tanto a sua liberdade, mas depois de tudo que eles passaram, sente-se presa a ele e com o desejo de ficar ao seu lado.

Você pensa que contei tudo? Tá com raiva achando que dei spoiler? Nãoooo, eu não dei UM spoiler que seja, tudo o que eu disse tem na sinopse e garanto, se quer se surpreender e ler algo que vai te deixar querendo saber ainda mais dessa aventura, convido à conhecer A Morte de Sarai.

Pesquisando na internet fiquei sabendo:

  • A série Na Companhia de Assassinos é composta por cinco livros. Três volumes já publicados no Brasil: A Morte de Sarai, O Retorno de Izabel e O Cisne e O Chacal.
  • Somente os dois primeiros volumes abordam o casal Sarai e Victor, os demais volumes são de outros personagens.


***

Sinopse do skoob: A autora do best-seller de "Entre o Agora e o Nunca" e "Entre o Agora e o Sempre" traz uma história de paixão e sobrevivência.Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.Em “A Morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.


Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Aí que emoção! Eu sempre sonhei em ler uma resenha sua deste livro. Por isso fiz questão de te enviar ele é fiquei aguardando pacientemente a hora que você ia ler ele. Como você tem vários livros para ler eu fui boazinha e esperei. O que mais me deixou satisfeita é saber que ele foi tão bom para você quanto para mim. Eu não lembro de ter lido um livro para me deixar tão nervosa... tão envolvida. Por isso ele é um de meus queridinhos. Mesmo a história não sendo principalmente um romance eu acho que ela me conquistou mesmo pq teve de tudo um pouco. Com certeza o segundo não é uma decepção para mim. Só foi uma continuação de uma história empolgante. Muito obrigada pelo carinho amiga e pela resenha... essa eu sei que foi um presente para mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhh amiga, obrigada pelo carinho de sempre e preparei uma surpresa linda para você.
      beijos

      Excluir
  2. Menina do céu, ouço tanto falar dessa série, mas falou a palavra série eu me afasto e observo kkkkk
    Fico esperando as pessoas terminarem de ler todos volumes para poder me decidir, não gosto de ficar "presa" por muito tempo à espera da publicação, sou muito ansiosa, amei a sua resenha, mas vou esperar você ler os próximos hehehe.
    Beijos Daya!

    ResponderExcluir
  3. Não é besteira o que você falou da capa não, ela também me dá arrepios! rs... mas mesmo você tendo gostado desse jeito não tenho nenhuma vontade de ler, não tenho estômago pra esse Javier, nem para esse Victor, para falar a verdade. Até me surpreendi quando você disse que ele se arrisca pra salvar a Sarai, porque pelas resenhas que já li não tive boa impressão dele. Espero que curta os próximos livros da série.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Ai, caramba!!! Eu sou louca de 'marré-deci' por esse livro e nem sabia que era uma coleção.....!!!! Só leio coisas boas, essa capa!!! caramba... E a sua resenha só me deu coceira!! Assim que eu entrar em uma livraria sinto que vou gastar uma grana!!! oh lord!!! Gosto da capa, da história e do nome da personagem, não sei porque me apaixonei por esse nome desde que o li em uma outra coleção... Beleza de texto, Daya! beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, ja li esse livro e amei! Apesar de nao ser mesmo romance, acabamos nos envolvendo no breve relacionamento dos dois, é inevitável. Eu sabia que era uma série, e que o segundo era continuação, mas que o resto era de histórias diferentes não sabia. Fiquei até meio decepcionada haha. Pq não fizeram um livro de cada histórias então? Ficava mais legal e regular. Nem que precisasse aumentar o tamanho do primeiro livro. Sei la, sou meio coisada com essas coisas rs. Estou ansiosa pra ler o segundo. Beijos da Sá!

    ResponderExcluir
  6. Ja tive vontade de ler esse livro, hoje não mais. Porem quem sabe um dia. Legal a resenha.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus!! eu rejeitei tanto a leitura desse livro rsrs. As capas são sensacionais, mas, alguma coisa no livro não me descia, depois da sua resenha bateu um leve arrependimento rsrs. Vou adiciona-lo novamente as próximas leituras e ver se agora( com um incentivo real) ela desce rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz isso!! Jenny, o livro é muito bom!!!

      Excluir
  8. Daaayyyy, não sabia que vc tinha odiado "Entre o agora e o sempre". Poxa vida, eu amei essa duologia rsrsrs.
    Assim como também amei A Morte de Sarai e preciso urgentemente ler O Retorno de Izabel.
    Adoro a escrita da Redmerski e essa série o legal dela é isso, pq não é um romance, coisa que a gente adora, mas há aquele envolvimento proibido das personagens e a cada página as coisas vão nos instigando até a gente ver o que vai dar, lendo sem parar. Adoooro! =D
    Beijão
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,
      Achei desnecessário!! Ela deveria ter ficado só com o livro 1.. pelo menos a morte de sarai amei e a autora tem uma escrita viciante.
      beijos

      Excluir
  9. Saudações literárias! Eu tenho os dois primeiros livros dessa série, vou me segurar e ler quando tiver os cinco livros aqui em casa heheheh. Mas sua resenha me deixou ainda mais angustiado rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vou esperar, já estou super curiosa pelo segundo e pretendo ler em breve. Beijos

      Excluir
  10. Olá!!!

    Ahh morro de vontade de começar, está aqui na estante esperando!! Minha irmã leu e amou tb!! Achei o tema bem diferente de tudo que já li!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  11. Oi..
    Sei bem como é essa sensação de arrependimento por não ter lido um livro antes..
    rsrsrs
    ótima resenha.
    abraços.

    ResponderExcluir
  12. Oie
    estou bem curiosa pela leitura do livro, alias, por todos da autora, parecem ser muito bons, gostei da resenha e o enredo chama muito a minha atenção

    BEIJOS
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ah, eu curto a capa kkkkkkkkkk
    Nunca tinha parado para prestar atenção que a autora é a mesma de entre o agora e o nunca e Entre o agora e o sempre, tenho esses dois livros que ganhei em 2014 de um amigão e ainda não li kkkkkkk Ele leu e amou os dois. Agora fiquei com receio de saber que o segundo vc não gostou.
    Autores que temos uma relação de amor e decepção é complicado, tipo o tio Sparks e a Kiera Cass kkkkkkkk
    O livro tem muita coisa heim, vc falou bastante do livro sem soltar 1 spoiler hehehehhehe isso já significa muito, um livro bem recheado.
    Eu amei a premissa e espero poder ler o livro logo.

    ResponderExcluir