Resenha: Ligeiramente Escandalosos



Título: Ligeiramente Escandalosos
Título Original: Slightly Scandalous
Autor: Mary Balogh - Os Badwyns 3
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 287



Confesso que, quando terminei a leitura do segundo livro, pretendia esperar sair os outros todos antes de começar a ler “Ligeiramente Escandalosos”, terceiro volume da série “Os Bedwys”. Mas, então, resolvi dar uma espiada na degustação que veio no final do segundo livro e eis que caí rendida, não consegui mais esperar, já que autora deixa uma verdadeira armadilha para o leitor, logo no primeiro capítulo, ou seja, quem começa, não consegue mais parar de ler.

Os protagonistas da história, a meu ver, são, por um lado, como água e vinho. Freyja Bedwyn, irmã do duque de Bewcastle, é uma jovem impetuosa de temperamento explosivo, o famoso “pavio curto”, enquanto Joshua Moore, marquês de Hallmere, é a personificação da paciência, uma vez que encara as explosões de gênio de Freyja com incrível bom-humor. Ele dá um toque todo especial à trama, tornando imensamente atrativos os diálogos, que vêm temperados com seu charme irreverente e esse é justamente o ponto forte da obra. Em contrapartida, a atitude de ambos aristocratas ante as convenções sociais é mesma. Eles dão pouca importância para o que pensa e “reza” a alta-sociedade inglesa, encaram-na até mesmo com certo cinismo e é isso, exatamente — apesar de alguns percalços —, que os unirá.

Buscando um pouco de diversão durante o tedioso passeio que faz na residência de uma amiga, no campo, Freyja aceita fingir que está comprometida com o marquês, com o intuito de ajudá-lo a se livrar de uma armadilha que está sendo preparada para ele. A partir de então, os fatos ocorrem exatamente como dizem por aí: uma mentira leva a outra e eventualmente a alguma travessura sem volta, até que eles se veem, conforme sugere o título da obra, metidos em uma grande confusão — com direito à intervenção do duque de Bewcastle, sempre atento a tudo que ocorre no seio de sua família.

A história se passa no campo e o clima bucólico dita o ritmo, que decorre com a mesma suavidade dos dois primeiros volumes, o que também parece ser uma peculiaridade da escrita da autora. Apesar disso, graças a acontecimentos do passado da família de Joshua, que colocam em perigo sua posição, uma áurea de mistério também permeia a trama e faz aflorar toda a determinação de Freyja, que move céus e terra para ajudá-lo.

Para mim, “Ligeiramente Escandalosos” foi o melhor entre os três primeiros livros. A série fica cada vez mais interessante, já estou ansiosa pelo restante e recomendo a leitura com certeza.

***
Sinopse do Skoob: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.
Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Acho que eu já comentei na resenha do segundo livro. A última resenha que eu postei tbm foi de Ligeiramente Escandalosos.. Rsrs
    Gostei muito. Mas Aidan e Eve ainda me cativam. Estou aguardando a chegada do quarto livro para ler. Mary Balogh é excelente!
    Beijos...
    http://curaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu amo a escrita da autora e também gostei bastante desse enredo, apesar de que sou suspeita ao falar, já que sou apaixonada por romances de época. Esse livro também é um dos meus preferidos e estou ansiosa para conferir mais obras dela.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir