Semana Especial: Pérolas da Minha Surdez (Curiosidades)


Hoje o Conchego traz para vocês algumas CURIOSIDADES a respeito da obra PÉROLAS DA MINHA SURDEZ. Vamos conferir?


CURIOSIDADE 01: QUANTO TEMPO A AUTORA LEVOU PARA PREPARAR ESSA OBRA?

O livro "Pérolas..." foi idealizado um ano depois que a autora ficou surda, mas apenas começou a ser efetivamente escrito no final de 2013/início de 2014. 

Por que tanto tempo? A autora é surda desde 12/06/2007, mas somente alguns anos depois se sentiu relativamente estável (física e psicologicamente) para discutir a surdez na vida adulta e seus entraves. Enquanto isso, também tentava estabilizar sua carreira profissional na ciência, defendendo o doutorado em Bioquímica. Aí, a casa entrou em reformas, seu pai faleceu, e o livro era a última coisa em que pensava.

Quando tudo entrou nos eixos, muito incentivo, apoio familiar e prazo apertado no curso de publicação e contrato, começou as pesquisas mais difíceis e finalmente o livro saiu dos neurônios para o notebook.



CURIOSIDADE 02: É VERDADE QUE A AUTORA JÁ DIVULGAVA A OBRA ANTES MESMO DE TÊ-LA PRONTA?

Em 2014, quando o livro ainda estava no 3º capítulo, a autora foi convidada pelas profs. Roberta Scchiafino e Vivian Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, UFRJ, para apresentar duas palestras sobre sua surdez e seu livro. Elas foram parte de um curso de graduação em enfermagem.

Em 2015, o Projeto Surdos/UFRJ, onde trabalha, foi convidado pela TV INES e pelo CANAL FUTURA a fazer entrevistas: sobre apoio científico a surdos e sobre mulheres surdas, respectivamente. Em ambos os casos, os canais ficaram interessados no livro e a chamaram para entrevistas pessoais também. Essas entrevistas, bem curtinhas, não tem data prevista para ir ao ar ainda. Mas fé, pessoas! XD


CURIOSIDADE 03: A AUTORA PODE ESCOLHER ENTRE TRÊS EDITORAS!

Quando estava fechando o quinto capítulo, um amigo autor e poeta a indicou à editora dele. Dias depois, esta mesma editora enviou o contrato para apreciação. Enquanto ela avaliava as condições do contrato com esta editora, outras duas entraram em contato: uma leu parte do livro no Wattpad e outra (a atual) é do seu professor do curso de escrita criativa e publicação.

Durante o curso sobre publicação literária, deviam enviar para o professor uma prévia do livro que queriam lançar. Ele ficou interessado e acabou escolhendo o livro para ser lançado pela editora dele. Após analisar os três contratos, a wwlivros foi a escolhida.


CURIOSIDADE 04: A CAPA OFICIAL DO LANÇAMENTO NÃO FOI A CAPA ORIGINALMENTE PENSADA PELA AUTORA.

Inicialmente, a capa que a autora usava no Wattpad era muito literal: um cordão de pérolas saindo de um ouvido. Ela foi descartada e pensaram em outras imagens: balões de diálogos sem nada escrito, foto da autora, um píer numa praia deserta, etc... Nada agradava!

Então, quase desistindo de encontrar alguma imagem representativa bacana, ela se deixou ficar longe da internet por dois dias. Quando retornou, iniciou pesquisando imagens nos bancos de imagens gratuitas que tinham como palavras-chave silêncio, solidão e mar. Foi quando encontrou aquela foto do caramujo-da-praia. Uma concha solitária que transmite, ao mesmo tempo, isolamento, tranquilidade e o som escondido no interior. E a cereja desse bolo gostoso é a cor da concha: perolada!

***

E aí, pessoal? O que vocês acharam desse post de curiosidades? Aposto que ficaram ansiosos para conhecer a obra, não foi?

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Meninas!!!
    Ficou show!!! Obrigada (sim, mais uma vez!) pelo carinho especial e pela dedicação esta semana!!! To devendo só um bilhão (não de moeda corrente hahaha) pra vcs!!! <3
    Aguardando as impressões!.. nossa, aiaiai!!!
    beijo!!!

    ResponderExcluir