Resenha: O último adeus



Título no Brasil: O último adeus
Autor(a) Nacional: Raiza Varella

Ano: 2013

Páginas: 8


Oi, gente!
Tudo bom com vocês?

Hoje trago pra vocês a resenha de um conto. Vou confessar que não gosto muito de ler contos, acho que é muito curtinho e não dá tempo de você se apegar aos personagens e realmente entrar na história, mas quando você descobre que uma de suas autoras preferidas tem um conto, você faz um esforcinho e lê, né?! rsrsr (brincadeira, não foi esforço nenhum!)


Em O último adeus, vamos cair de paraquedas em um momento delicado da vida de Annabel. Uma pessoa importante pra ela, que nunca esteve presente em sua vida, está no hospital prestes a morrer e, com muita mágoa, ela fica em dúvida se vai ou não se despedir.

 "Ninguém deveria morrer sem ter a chance de dizer “adeus” ou “me perdoa”."

Um conto lindo, que por incrível que pareça, com apenas oito páginas conseguiu mexer com meus sentimentos. Chorei e me emocionei. Uma história sobre perdão e arrependimentos que faz você pensar na vida e se realmente vale a pena guardar certas mágoas.

Dei nota quatro apenas porque gostaria de mais algumas páginas! rsrsrs

Parabéns a autora, só me fez admirar ainda mais seu trabalho! Sou sua fã de carteirinha e você sabe né?! ;)

Beijos a todos.
Até a próxima :)
Sinopse: Annabel está perdendo alguém importante, será ela corajosa o suficiente para dar seu último adeus?

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Eu li contos, mas nenhum apenas oito páginas =O . E sinceramente não dá mesmo para se apegar aos personagens.
    Bom, mas as quantidades de página não diz sobre a qualidade do livro, e fiquei bem feliz que você gostou tanto da história. Apesar de não ser meu gênero favorito ou que eu costume ler, eu vou dá uma oportunidade futuramente e lê-lo.
    http://blogpausageek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, leia sim, como é curtinho você lê em poucos minutos e vale a pena! Beijos

      Excluir
  2. Contos são gostoso de ler quando tem uma reunião deles. Acho que apesar das 8 páginas você conseguiu falar um pouco dele.
    Realmente o conto é de fazer chorar pelo que percebi :o
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Helana, me emocionou com apenas 8 páginas! rsrs

      Excluir
  3. Olá,
    Nossa, que resenha curtinha né, afinal, um conto de 8 páginas fica realmente dificulta na hora de falar. Mas, você se expressou muito bem, é uma história bem leve, que dá para ler rapidinho. Parece ser muito legal!

    www.isaaczedec.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio! Sim, você lê em poucos minutos.. rsrs
      Beijos

      Excluir
  4. Olá linda,

    Normalmente contos são assim para falar de situações triviais como as crônicas e não detalhar personagens, já que o foco são as situações comuns a humanidade e não a singularidade dos personagens.

    Vou procurar o conto, porque gostei da temática do perdão.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem.

    Eu gosto de contos, mas confesso que são poucos que me conquistam. E este é bem curto, acho que ainda não li um tão curtinho assim. Haha. Mas o tema parece envolvente, já que te emocionou tanto, deve passar verdade e sentimento. Ótimas leituras.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, eu gostei bastante sim talvez porque me identifiquei com a história! beijos

      Excluir
  6. Respostas
    1. Thalita, vale a pena, são só uns minutinhos de leitura!

      beijos

      Excluir
  7. Bruna, sua linda, pelo amor!!! onde eu encontro esse conto??? eu amo contos e crônicas e nunca li nada da autora, acho que será um ótimo começo. Parece ser mesmo muito bonito e fiquei interessada nele. Eu também fico pra morrer com as poucas páginas porque dá vontade de ler e ler sem parar, mas como são só conto... fazer o que né? kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, você encontra no site da Amazon! ;)

      Beijos

      Excluir
  8. Olá Bruna, adoro ler alguns contos de vez enquando para fazer uma espécie de leitura desintoxicação de livros com temas pesados.
    Adorei a premissa desse e a Larissa parece ter uma escrita contagiante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Bruna, eu adoro contos...acho fantástico conseguir criar um universo em tão poucas páginas. O bom de serem curtos é que se você não está gostando, a história pelo menos terminará rápido, kkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá... tudo bem?
    Já ouvi falar do conto, mas eu não me animo muito em ler... já não curto ler contos... e resolvi começar aos poucos, mas com o suspense e terror... Eu achei a premissa super bonitinha... não é fácil perder alguém que a gente ama... mas eu acredito que iria gostar mais se fosse um livro com mais desenvolvimento... de qualquer forma fica super válido, o fato de que você gostou... Xero!

    ResponderExcluir
  11. Oi!!!

    Sou suspeita para ler contos, embora tenha lido um livro recentemente. O legal é que a autora aborda um tema bem complexo, afinal perdoar não é fácil, talvez torne-se um pouco descomplicado no leito de morte. Mesmo com poucas páginas ela lhe surpreendeu, então espero que ao ler tenha a mesma visão que a sua. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oiee, primeira vez que vejo sobre este conto, porém fiquei um pouco curiosa. Também não sou muito fã deles pelo mesmo motivo que você, mas é sempre bom dar uma oportunidade

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  13. Sou suspeita para falar porque adoro contos. Acho que criar histórias curtas com início, meio e fim e conquistar o leitor é algo único. Este que você nos apresentou fiquei curiosa para conhecer. O nome é bem sugestivo. Depois vou dar uma pesquisada sobre ele!

    Um abraço! Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  14. Oiiie
    não conhecia o livro mas já li algo da autora e curti bastante, fiquei curiosa pois o enredo é do tipo que eu gosto, então vou anotar a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir