Leituras da Mari: A garota sem passado


Título no Brasil: A garota sem passado
Título Original: Before he finds her
Autor: Michael Kardos
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 304




Eu havia lido algumas resenhas de blogs parceiros da editora sobre esse livro e cada uma delas era bastante animadora, então pensei "esse é um estilo de livro que vou amar, investigativo e cheio de suspense!".

Infelizmente não foi bem assim que a minha leitura ocorreu. O livro é bom, não me entendam mal, mas não chegou nem perto de atender as minhas expectativas e algumas coisas me pareceram muito... Sei lá.

A garota sem passado conta a história de Meg Miller... Ou eu deveria dizer Melanie Denison? Bem, não importa, já que ambas são a mesma pessoa. Meg teve sua mãe assassinada e passou a vida escondida com seus tios, com medo de ser encontrada por seu pai e que ele a matasse também. Seu novo nome? Melanie.


Desde os cinco anos seus tios começaram a contar para ela, aos poucos, o que havia ocorrido com sua família e que faziam parte do programa de proteção à testemunha. Para garantir sua própria segurança, Melanie precisava ser "invisível"... Estudou anos através de tutoria residencial e só foi para a escola, aos 14 anos, porque sua tia e tutora não tinha mais conhecimento para continuar ensinando-a em casa.

A partir do seu primeiro contato com uma "liberdade velada", Melanie passa a querer cada vez mais, arruma um namorado e... Fica grávida. Sim, porque as camisinhas não são 100% seguras e, bem, ela tem que ser exatamente a margem de erro (sinceramente, achei isso bem forçado).

Para que seu bebê não tenha que viver com medo como ela viveu, resolve que irá procurar pelo pai e levá-lo à justiça, algo que até o momento acreditava que nem o FBI havia conseguido. Para isso ela contará com a ajuda do velho Arthur Goodale, um jornalista da época do assassinato de sua mãe, que está no hospital à beira da morte e que postava em seu blog (já idoso) o quanto esse caso nunca deixou sua mente.

Eu amei o livro começar com um post de blog, mas minha empolgação logo foi substituída por um banho de água fria com a lentidão que tudo ocorre até por volta da página 160. A partir daí o livro toma novo fôlego e você vai gostando cada vez mais da história, pensando até em dar quatro estrelas para ela.

Mas Mari, por que então você não deu quatro estrelas? Bem... Algumas coisas que aconteceram nas 230 páginas finais simplesmente não me convenceram. Mas isso é uma opinião totalmente pessoal e, talvez, você não tenha as mesmas questões que eu ao ler.

É isso pessoal, essa foi a resenha de hoje. Espero que tenham gostado! =)

Curiosidade:

01 - O título original, caso traduzido ao pé da letra, seria "Antes que ele a encontre" e tem tudo a ver com a obra, já que a personagem resolve que é mais seguro ela encontrar o pai e levá-lo à justiça antes que ele a encontre e a mate.

***

Sinopse do Skoob: Num domingo de setembro de 1991, Ramsey Miller deu uma festa em casa para os vizinhos. Depois, assassinou a esposa e a filha de 3 anos. Todo mundo na pacata cidade de Silver Bay conhece a história.
Só que todos estão errados. A menina escapou. Sob o nome falso de Melanie Denison, ela passou os últimos quinze anos escondida com os tios numa cidadezinha remota. Nunca pôde viajar, ir a uma festa na escola ou ter internet em casa, porque Ramsey jamais foi encontrado e poderia ir atrás dela a qualquer momento.
Mas, apesar das rígidas regras de segurança impostas pelos tios, Melanie se envolve com um jovem professor da escola local e engravida. Ela decide que seu filho não terá a mesma vida clandestina que ela e, para isso, volta a Silver Bay para fazer o que nem os investigadores locais, nem a polícia federal, nem o FBI conseguiram: encontrar seu pai antes que ele a encontre.

Comente com o Facebook:

19 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Também só li resenhas boas desse livro e estou um bocado tentada a colocá-lo na minha listinha básica... É um negocinho chato quando o livro se arrasta, né? Será que faltou uma maior pesquisa da autora pra que as cenas convencessem? E sobre o título: o original realmente combina com o livro, mas achei que o título traduzido também combina, já que lea teve uma nova identidade e tal...
    bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem... Aí é meio que da opinião de cada um. Eu gostei do traduzido de início, mas foi apenas enquanto eu pensava que ela não sabia sobre o próprio passado. Depois que descobri que ela sempre soube de toda a história o título perdeu muito da beleza para mim.

      Mas eu sou chata, e fresca com títulos. Então eu não conto tanto nessa parte.rs.

      Não acho que faltou pesquisa da autora não. O livro é até bem redondo. ´Só não conseguiu me prender. Questão bem pessoal mesmo.

      Excluir
  2. Oie, li boas resenhas desse livro.
    Gosto de livros com investigação e acho que seria um prato cheio pra mim ♥
    A menina lutar para saber o que realmente aconteceu, procurar saber as coisas e não deixar que aconteça novamente.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, essa premissa é realmente muito boa. É o que digo, não me prendeu, mas eu sou uma pessoa diferente de você, assim como você é diferente da sua vizinha e por aí vai...

      Um livro que não me prendeu pode ser o seu favorito. Se a premissa te agradou, se a resenha te fez querer ler o livro... Cai dentro! =)

      Excluir
  3. Oi, Mari! Eu também tenho lido resenhas positivas sobre esse livro, até fiquei interessada nele. Pena que ele não foi essa coca-cola toda pra você. Ok, talvez uma coca-cola meio quente num dia de verão, quando o que você mais precisava era de uma que estivesse estupidamente gelada rsrs. (Isso é sono, liga não.)
    Enfim, achei o lance da camisinha forçadão também, parece que usam desse meio pra dizer "olha, nós sabemos que todos devem usar camisinha, ok? não esquecemos dela", mas aí vão e fazem essa papagaiada de cair beeem na margem de erro. Ai, ai, ok, né!
    Quando der eu vou ler esse livro pra ver o que acho.
    Um beijo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coca-Cola quente? Poxa, isso é ruim pra caramba! kkkk Eu diria que era uma Coca-Cola geladinha em um dia bem quente, mas tava com pouco gás... Ou seja, bom, mas não exatamente o que eu esperava.rs

      Desde Friends e o desespero de Joe ao descobrir que a camisinha não era 100% segura, todos os que vieram depois disso perderam um pouco a beleza para mim. Ninguém consegue superar o pânico do Joe!kkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. Oi Mari!
    Estou lendo Garota sem passado e também me decepcionei bastante com a obra. A história é até boa, mas como suspense, deixa muito a desejar. Ainda não li o final, mas já tenho quase certeza do que aconteceu com a Allie e Ramsey, e se for isso mesmo, acho que darei três estrelas tbm.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Mas ao mesmo tempo acho que isso é um pouco de culpa nossa, sabe? Criamos muita expectativa... Aí deu nisso.

      Excluir
  5. Nha! Eu curto história desde estilo, mas quando tive a oportunidade de solicitar a obra na parceria, não fui convencida pela sinopse e deixei de lado. Depois disso, não procurei saber mais dele... rsrs...
    Não sigo resenhas muito eufóricas, para falar a verdade, até quando vejo muita gente só falando bem de um livro que não me cativou mt na sinopse, fico com o pé atrás e prefiro seguir a minha intuição... pq normalmente me decepciono com leitura também... rsrs...
    Enfim... não leria o livro, na verdade abandonaria ele pelo simples fato dele ficar arrastado...

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    A sinopse me atrai.
    Mas não sei se teria paciência até a página 160 kkkkkkkk. Fico desanimada quando o livro é muito lento. E como o final não foi muito essas coisas, acho que passo essa leitura.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Mari.

    Que pena que o livro não foi tudo que você esperava, às vezes acontece isso: a gente tem tanta expectativa por alguma coisa que no final nos decepcionamos um pouco - mesmo que a obra não seja ruim.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu estou curiosa com esse livro, mas não é a primeira pessoa que comenta que a história é um tanto lenta, e demora para acontecer. Acredito que vou achar a trama mediana devido a esse ritmo moroso da narrativa. Vamos ver o que vou achar depois da leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Olá, já li algumas resenhas dessa obra, a maioria delas um pouco descontentes dom a fluência do enredo. Acho que agora não seria um bom momento para essa leitura. Vou passar por enquanto.

    Super beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Uma pena o livro não preencher sua expectativas. A premissa é bem interessante, confesso que gosto de drama, com um suspense, mas pela sua resenha, parece que a história ficou bem fraca. No momento ele não está na minha lista de prioridades, mas quem sabe não leio em outro momento e espero ser cativada. Ótima resenha.

    Beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oiii Mari, amo histórias de suspense!! Adorei a plot principal que é esse negócio de "violência doméstica", programa de proteção a testemunha, e justiça para ter paz. É meio ruim quando livro acaba se arrastando, mas ainda assim fiquei morrendo de curiosidade para saber se deu tudo certo e ela conseguiu achar o pai antes de ele achá-la, fiquei me perguntando pq traduziram o título tão mal, o título em inglês é muito melhor... 🙀
    Beijos e parabéns pela resenha 💋

    ResponderExcluir
  12. Apesar da sua resenha não ser muito animadora eu gostei do livro rs A sinopse me deixou animada. Estou com dois de parceria pra ler,mas vou adicionar esse pra ler logo em seguida. Você tem razão o titulo podia ser mantido,mas gostei do alternativo também, da um ar de mistério que eu amo rs
    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Achei o livro interessante, normalmente só leio romances, apenas uma vez que li algo diferente disso que foi Sangue na Neve da Lisa Gardner que é um suspense policial.
    Enfim, sobre o fato da camisinha não ter funcionado eu não acho que isso seja forçado porque realmente acontece se fosse algo que não acontecesse ai sim acharia forçado. Veja bem, algumas pessoas tem aquela forma de pensar "acontece com todo mundo menos comigo" e acho que sua cabeça está nisso por isso você achou forçado.
    Vou ler o livro e espero que eu goste ^^

    Blog
    Blog Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Hello!

    Adoro livros de suspense e desde o lançamento que eu quero esse A garota sem passado!!!
    Achei a capa simples e mto bem feita! A sinopse ja tinha me chamado a atenção e foi bom ler mais sobre o livro aqui.
    Uma pena que nao tenha gostado, livro de suspense tem que ser jogo rapido mesmo, pra deixar o leitor doido.
    E cenas que nao nos convencem é foda.
    Mas ainda quero tentar ler.

    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  15. Oi Mari, Enfim, terminei o livro. Sem dúvida a parte de Ramsey salvou o livro, quanto a parte de Meg/Melaine que tanto nos irritou... eu perdoo pq ela é jovem e viveu reclusa. Quanto a curiosidade, realmente o título original é melhor, mas a capa e título no Brasil são realmente mais chamativos.
    Um abç,
    Boo Nina

    ResponderExcluir