Filmes e séries: O Quarto de Jack


Título no Brasil: O Quarto de Jack
Título Original: The Room
Filme dirigido por: Lenny Abrahamsom
Gênero: Drama
Censura: 14 anos


Escrevo estes parcos parágrafos,  logo após aquele que ficou conhecido como "o dia em que  Léo ganhou o Oscar". Venho falar para meus queridos leitores sobre um filme que passou despercebido da maioria, talvez pela falta de atores famosos ou um marketing forte, mas que em hipótese alguma você deve deixar de assistir. "O Quarto de Jack" está no mesmo nível de todos os seus concorrentes e dividia com "Spotlight" a minha preferência pelo prêmio melhor película.

O filme conta a história de Joy, uma garota raptada aos 17 anos que é mantida como escrava sexual durante 7, e seu filho Jack, de 5 anos, fruto dos estupros. Os dois vivem em um quarto minúsculo, de onde o menino nunca saiu; ele acha que cachorros, árvores, carros, são coisas que existem apenas na TV. Mesmo com barreiras tão fortes, Jack vive feliz, cheio de imaginação e brincadeiras no seu quarto que pra ele é um mundo incrível. 

  

É difícil falar muito do filme sem dar spoilers, mas o que eu imaginava que seria o final e ápice do drama acontece antes do meio do filme e muda totalmente a história, melhorando o que já era ótimo. Se você pensa que ele é pesado e cheio de cenas de estupro, foi pra você que escrevi este post e ainda bem que está lendo! Existem sim várias cenas tristes, mas os abusos não estão entre elas.

A saga da mãe e do filho é inspirada no livro "Quarto" de Emma Donoghue, best seller nos EUA mas que ainda não li. Agora relançado com o nome "O Quarto de Jack".



Brie Larson, que interpreta a mãe prisioneira, recebeu, mais que merecidamente, o Oscar de melhor atriz. Faltou foi uma indicação ou uma homenagem a Jacob Tremblay; o menino que interpreta Jack parece um veterano e encanta em todas as cenas.

Para finalizar, não poderia deixar de mencionar as citações de "O conde de Monte Cristo", obra, por mim muito querida, que serve de inspiração para qualquer vingança que se preste. "O Quarto de Jack" é prova da incrível capacidade do cinema em contar histórias tristes e ainda assim nos encantar. É por causa de obras assim que sou tão apaixonado por filmes

Comente com o Facebook:

21 comentários:

  1. Oiii, tudo bem?
    Gente, eu ainda não assisti este filme e estou com tanta vontade, quando olhei o Oscar, os comentários achei um desperdício não assistir algo assim. A história me cativa.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo certo Morgana. Os comentários são justificados pois o filme é muito bom mesmo.

      Excluir
  2. Nossa, Marcola, que história triste e forte. Dá um nó no estômago saber que coisas assim acontecem; ainda bem que as cenas de estupro não são mostradas! Preciso muito ver esse filme, é meu tipo de leitura.

    Abraços, e obrigado pela indicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Ale.
      O livro daria um ótimo debate. Estou pensando em escolher na minha vez.

      Abraços

      Excluir
  3. Não asisti o filme e nem li o livro, mas de fato é uma história emocionante, pois já vi na tv vários fatos semelhantes ao que Joy. Jovens que são raptadas e mantidas em cativeiro sabe-se lá ate quando.
    O menino ganhou destaque que só pela simpatia dele nas premiações.
    Quero assistir o filme em breve.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente existem algumas histórias desse tipo, cheguei a pensar q o filme era baseado em fatos reais. Mas não achei nada q indicasse isso.
      O menino Jacob da um show de simpatia por onde passa.
      Abraços

      Excluir
  4. Olá! Ainda não assisti ao filme, mas vi o trailer e fiquei super emocionada. É uma trama bem forte e as resenhas que já do livro, só provam a qualidade do mesmo. Pretendo assistir ao filme e ler livro também. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana quem lê ou vê se encanta. Tbm pretendo ler o livro.

      Excluir
  5. Acho que o mais triste são essas cenas de estupros né? Eu quero muito ler o livro por causa da premissa e são acontecimentos que acontecem na vida real, infelizmente.
    Eu ainda não li o livro e nem vi o filme, e esse vai ser um dos quais eu não vou resistir e vou primeiro assistir o filme. E a atriz ganhou o Oscar heheheheheh Deve ser linda sua atuação.
    Fiquei curiosa para saber o que acontece que no meio da história tudo muda, enfim. ótima resenha e espero ver o filme e ler o livro em breve. Vou preparar o coração.

    BY: TATIANY SALAZAR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiana o filme quase não Tem cenas de estupro. As cenas fortes são baseadas nos conflitos de mãe e filho num ambiente tão hostil.
      Prepare o coração e os lenços.

      Excluir
  6. Olá, não tive a oportunidade de assistir a adaptação ainda, mas pelo que ouvi falar o filme é bem interessante. Gosto bastante de drama e já faz algum tempo que não vejo nada do gênero.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tai um drama forte q não se torna enfadonho. Se gosta do gênero com certeza vai gostar.

      Excluir
  7. Olá Marco, tudo bem?
    Estou muito curiosa em relação ao filme e o livro, mas tinha medo justamente disso: ser um filme com muitas cenas de estupro e tals, fico feliz por não ser assim.
    Acho que Jack vive feliz, apesar de tudo.
    Quero muito assistir o filme, mas antes quero ler o livro, como uma boa leitora haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna n falei q era pra vc q escrevia o post? !?! RS
      Se o Jack fica bem, mesmo querendo conversar sobre o filme aqui não é o melhor local.
      Abraços

      Excluir
    2. É claro que é, Marco. Escreve assim "SPOILER SPOILER SPOILER, NÃO LEIAM ESSE COMENTÁRIO" e manda a ver no papo com ela.rs.

      Excluir
  8. Marco, amei seu post. Estou louca para ler esse livro e a sua resenha falando sobre o filme serviu para me deixar ainda mais interessada por ele. Parece ser bastante profundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patroa

      O filme é bem profundo, analisa como mãe e filha enfrentam o problema. Como eles não podem fugir fisicamente sua única fuga é através da imaginação. Tbm é exposto como os dois reagem frente as adversidades de terem morado tanto anos num quarto.

      Excluir
  9. Oi Marco, tudo bem?
    O livro está sendo muito elogiado, ainda não tiver a oportunidade de ler e também não vi o filme. Ainda bem que li a sua crítica, pois confesso que não queria ver com a impressão justamente de terem cenas pesadas, eu ficaria chocada com elas. Agora não vejo a hora de assistir e me emocionar como você. Sua crítica ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo certo Leitora Voraz!
      Valeu pelos elogios, quem quis ver o filme foi minha mulher e logo no começo fiquei pensando "puta merda ver esse filme cheio de estupro com essa moça sofrendo um monte não é um bom programa pra sexta a noite". Mas a história contada é linda, nunca foi tão vantajoso ser mandado pela mulher.
      Abraços

      Excluir
  10. Adorei sua resenha. Eu não conhecia o filme, mas fiquei super curiosa para assistí-lo e conhecer Jack e sua mãe. Eu já havia visto o livro "Quarto", mas não cheguei a ter um interesse por ele.
    Ainda bem que li sua resenha!

    Erica Regina
    parado-na-estante.blogspot.com.br
    facebook.com/paradonaestante

    ResponderExcluir
  11. Olá Erica, valeu pelos elogios. O filme estimulou muita gente a ler o livro. Aposto q irá gostar da difícil história dos dois
    Abraços

    ResponderExcluir