Leituras da Mari: A Guardiã - Diários do Extermínio


Título do Livro: A Guardiã (Diários do Extermínio #1)
Autor Nacional: B. R. Peruzzo
Editora: Arwen
Páginas: 212
Ano: 2015




Olá pessoal,

Hoje venho trazer para vocês mais uma resenha de autor nacional. A Guardiã é o primeiro livro da série Diários do Extermínio e é todo escrito em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Lilian Moore, uma Guardiã.

Lilian acaba de completar 18 anos e pela primeira vez terá que se cuidar sozinha. Durante os anos anteriores ela viveu em um orfanato conduzido por algumas freiras e teve como companhia um número reduzido de meninas que conviviam com ela.

Portadora de uma nada módica herança deixada por seus pais antes de falecerem, ela aproveita essa oportunidade para mudar-se para o Rio de Janeiro e cursar a faculdade que sempre sonhou. Mas seus planos serão interrompido de forma brusca quando com poucos meses de curso ela é sequestrada.
A partir daí uma série de eventos começar a acontecer. Descobrimos, por exemplo, que Lilian Moore é uma das Guardiãns do planeta Zodark (não é spoiler, tá na sinopse e também no prólogo do livro), que veio à Terra em missão de paz para salvar o seu povo da extinção, pois eles precisavam de nossos recursos naturais para reconstruir sua fauna e flora.

Apesar dos governantes de Zodark terem tido uma política pacifista, nem todos daquele planeta concordavam com isso,  Os opositores queria invadir a terra e escravizar a raça humana, como ocorre basicamente com a maioria dos filmes hollywodianos de extraterrestres. A diferença é que aqui quem tá tentando salvar o mundo não é um americano e sim uma protagonista que viveu toda a sua vida no Brasil.

Para tentar impedir a invasão, os Guardiões, providos de poderes em estilo X-Men, precisam se unir e aprender a lutar.

A ambientação do livro é bastante detalhada, cada cena sendo bem explicativa. Existem situações engraçadas, como a personagem resolver escrever no diário nos momentos mais inoportunos, mas acredito que esta tenha sido a forma do autor tentar explicar como aquela informação estava ali se aquele era um diário pessoal da personagem, então... Faz sentido, acho.

Em seu primeiro livro já publicado, B. R, Peruzzo nos apresenta uma obra bastante agradável, com uma narrativa envolvente e personagens bem trabalhados. Conseguirião os Guardiões impedir a construção do Vórtex e consequentemente a invasão da Terra? Em suas últimas páginas ainda deixa um gancho para o livro dois e desperta a curiosidade no leitor a repeito do que poderá vir a seguir.

Preciso ressaltar, como já fiz com outras obras, que esse livro possui alguns erros ortográficos que podem irritar o leitor mais experiente, assim como irritou a mim, mas  mesmo assim eles não tiram a graça da obra e eu ainda recomendo sua leitura para os fãs do gênero.

Para comprar essa obra, basta clicar AQUI e ser direcionado para a ARWENSTORE.


***


Sinopse: DESCUBRA, SOBREVIVA, DESEJE. O crepúsculo de todas as batalhas se dá nos momentos mais tenebrosos que existem. Assim como as noites mais obscuras, o mundo é um lugar sombrio, cheio de segredos. Quando o universo estava afundando em seu momento de maior lástima, os Guardiões surgiram para trazer o alvorecer, a luz e a paz de volta ao universo, ao nosso mundo e à Terra. Meu planeta natal, Zodark, foi destruído pela ganância de meu povo, e a Terra está prestes a ser destruída também, pelo mesmo motivo. Mas eu não permitirei. Meu nome é Lilian Moore, eu sou uma Guardiã, a que salvará a Terra e Zodark. Pelo menos é isso que eu espero! A Guardiã traz uma história épica, cheia de ação, aventura e ficção. Uma distopia feita para agradar a todos os públicos.

Comente com o Facebook:

25 comentários:

  1. Parece ser um livro interessante mesmo!
    Parabéns pela resenha, gostei do seu jeito de escrever :)

    beijos
    http://bloglucidezembriagada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que livro diferente.
    Não faz meu estilo de leitura, mas confesso que fiquei curiosa para saber se os guardiões vão impedir a construção do Vórtex e consequentemente a invasão da Terra? E tudo que envolve a personagem.

    ResponderExcluir
  3. Gente do céu que capa é essa?! Está maravilhosas. Adoro livros que envolvam guerra entre planetas e fantasia é meu gênero favorito. Gostei muito da premissa do livro que me lembrou um pouco a série Eu sou o Número Quatro ( não sei se você já leu).
    Esse ano quero ler muitos nacionais e essa dica já está mais que anotada.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  4. Oiiii

    Estou lendo A Guardiã, até agora está bem OK, vamos ver no que vai dar srsrrsr

    Bjos


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Mari,
    Ainda não li nenhum livro que uma personagem viveu num orfanato. Gostei muito da premissa da história e quero entender como é essa função de Guardiã.
    Gostei muito da sua opinião e me animei de ler, apenas fiquei chateada por saber que possuía erros de ortografias, eles me incomodam muito :(
    Gostei muito da resenha e espero ler para formar uma opinião.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu conheci a obra com o autor mesmo, ele até me ofereceu para eu fazer as primeiras impressões mas recusei pois estava sem clima, já que tenho uma certa dificuldade em livros digitais. Mas falando da obra, adorei muito a forma como o autor decidiu escrever o livro. Adorei essa capa, desejo todo o Sucesso par ao Braian.
    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Olá. Eu não conhecia o livro e nem o autor. A premissa é interessante, embora eu não seja acostumada a ler livros nesse estilo, mas acho que eu arriscaria nesse, pois realmente a obra parece ser bacana, analisando por sua resenha que também está bem escrita ♥
    Uma pena que o livro tenha erros que te deixou um pouco irritada hehehehe,mas que bom que não atrapalhou.
    Bjs

    http://www.colecoes-literarias.blogspot.com.br/2016/02/divulgacao-lancamento-fada-madrinha-e.html

    ResponderExcluir
  8. Já li e ouvi muitos elogios para com o autor e este livro. Achei a capa maravilhosa e a premissa bem interessante, mas confesso que estou bem desanimada com serie, preferindo leituras de livros únicos no momento.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nossa que reviravolta na resenha. Ela completou 18, recebeu a herança dos pais e saiu do orfanato para morar no rio de janeiro para: se apaixonar por um bad boy e ficar chorando pelos cantos? Não. Conhecer três amigas fantásticas e viver a lá Sex and the City no Rio? Não. Tentar conquistar o sonho de ter uma pousada em búzios e viver uma vida simples mesmo sendo um herdeira? Não. Ela é protetora do próprio planeta Zodark e vai lutar para salvar o seu mundo. Eu realmente não esperava por isso, sério mesmo. Achei muito divertida a resenha e o livro parece muito legal!

    Beijos,
    Mariana Baptista
    https://umavidaporlivro.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda, mas achei a capa bem bonita e a premissa interessante!
    Não é um dos gêneros que mais gosto, mas de vez em quando gosto de arriscar com leituras desse tipo.
    Uma pena ter erros no livro, mas espero que realmente não atrapalhe a leitura.

    Beijos:*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?

    Adorei sua resenha, ainda mais na parte "... providos de poderes em estilo X-Men, precisam se unir e aprender a lutar." hahahahaha muito engraçado!

    Realmente, a maioria dos salvadores da Terra em invasões extraterrestres são os americanos, então é bom ler algo diferente u_u Ainda não conhecia o autor ou a sua obra, mas fiquei curiosa sobre o livro. Já coloquei na minha listinha ;)

    Obrigada pela dica, beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ola, confesso que o livro não chamou minha atenção ,talvez por eu não ser tão fã assim do gênero, mas talvez um dia eu dê uma chance para ele mais para frente. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  13. Eu estava pronta para encontrar no desenrolar da resenha algo como "e Lilian acaba esbarrando com um cara que não quer saber de ninguém, mas no fundo tem uma grande cicatriz causada por um trauma no passado". SÓ QUE NÃO! Pegadinha do Malandro! Adorei a premissa do livro, gostei de ser um livro nacional meio ficção científica e que ainda se passa no Rio de Janeiro e não em terras estrangeiras. Adorei de verdade e espero um dia poder conhecer a história :)

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Por mais que tenha gostado da capa desse livro, não estou muito curiosa para lê-lo. Não é bem o tipo de história que eu curto ler, então acho que acabaria não gostando, principalmente por conta dos erros, coisas que eu odeio encontrar em livros. É uma pena que não tenha sido uma leitura 100% para você.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Mary,
    Eu tenho visto divulgações desse livro mas até agora ele não havia despertado interesse em mim, mas esse detalhe mudou quando li a sua resenha, a primeira que vejo dessa obra. Eu achava que não me encontraria no livro e que talvez a história pudesse ficar meio chata, mas percebi que isso não aconteceria se eu o lesse. Sua resenha mostrou pontos do livro que me agradariam bastante e agora fiquei curiosa para ler essa série. Quanto aos erros, fico chateada sempre que acontece isso por saber que não é culpa do autor e sim do responsável pela revisão ortográfica da obra. O autor não precisa saber todas as regras da língua pra escrever ótimas histórias, mas o responsável pela correção precisa ser ciente das adaptações. Esses erros não me irritam mas fica chato ler inúmeros erros na mesma obra.

    ResponderExcluir
  16. Uma das minhas colaboradoras está lendo o ebook desse livro.
    Eu ainda não sei quando irei ler. Mas estou bem animada para comprar os ultimos lançamentos da editora que estào maravilhosos. Espero gostar bastante. Gostei de saber que tu curtiu a leitura, mas é uma pena ter esses errinhos, mas acho que isso faz parte, não tem como a pessoa acertar 100% do portugues em um livro. Dá muito trabalho sabe? Lógico que uma Editora tem que ter consciência disso, mas na pressa para fazer o lançamento as pessoas acabam não vendo e digitando rápido quem sabe. Mas mesmo assim isso normalmente não me incomoda muito não. Só quando tem demais. Ai sim...mas quando tem um e outro eu até relevo e vou lendo. E avalio mais a boa estória do que o demais.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-o-garoto-ao-lado.html

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Olá!!!
    Não conhecia o livro nem o autor, fico feliz de ver que temos bons autores nacionais. Complicado quando vemos este tipo de erro ortográfico, acho que as editoras tem que ter um pouco mais de cuidado com a revisão.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu tenho que confessar que sou apaixona por livros de ficção, e eu adorei a sua resenha e o modo como você a desenvolveu, eu fiquei bem curiosa para poder conferir a historia. Com certeza o livro está na minha lista.

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Eu já tinha ouvido falar desse livro, e fiquei interessada na estória, mas no momento, estou com tantas leituras atrasadas e com uma ressaca literária horrível, que não quer me largar, deixarei para uma outra oportunidade. Por agora, quero ler coisas mais leves, para vê se consigo voltar a minha rotina de leituras, contudo anotarei a dica para futuramente.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá... tudo bem??
    Acho a capa deste livro muito bonita.... e sim achei a proposta bem interessante, principalmente quando você falou da riqueza de detalhes isso me deixou bem empolgada.... os erros de revisão dependendo traz muita irritação e isso me deixa com o pé atrás... mas se você disse que não tira o brilho da história... gostei de saber que existe um lado que não quer escravizar a terra e isso me soou bastante interessante... Xero!!!

    http://www.minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi,
    Apesar desse ser mesmo um tema batido, gostei da premissa.
    E gostei principalmente de saber que ele se passou no Brasil. Temos tantos lugares legais não sei porque alguns autores insistem em ambientar suas obras nos EUA por exemplo.
    Sobre os erros, gos ei da sua sinceridade, acho que as editoras devem estar mais atentas ao trabalho dos seus revisores, afinal e para isso que servem né?
    Gostei da resenha.
    Bjs
    Luana Lima
    http:// blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi,
    Apesar desse ser mesmo um tema batido, gostei da premissa.
    E gostei principalmente de saber que ele se passou no Brasil. Temos tantos lugares legais não sei porque alguns autores insistem em ambientar suas obras nos EUA por exemplo.
    Sobre os erros, gos ei da sua sinceridade, acho que as editoras devem estar mais atentas ao trabalho dos seus revisores, afinal e para isso que servem né?
    Gostei da resenha.
    Bjs
    Luana Lima
    http:// blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oieee
    Estou encantada com a história desse livro, tanto que já cliquei no livro para comprar.
    Eu amo histórias com alienígenas e principalmente essas que parecem ser bem possíveis de acontecer, sabe?
    Estou mesmo muito curiosa para saber mais sobre esse livro.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir