Conchego Hot: Em seus Braços


Título do livro: Em seus Braços
Autoras nacionais: Aricia Aguiar e Suany Anjos
Editora: Independente
Páginas: 231
Ano: 2015

- só porque o livro não tem um "final"






Tenho algumas manias para escolher um livro. Tipo? Eu leio a primeira frase. Nada de prólogo, introdução, agradecimentos, dedicatórias. Isso é firula e se precisa disso tudo para explicar uma história eu desisto antes mesmo de começar. Então vou lá no primeiro capítulo e leio a primeira frase. Se ela não me pegar de cara, ainda tenho a chance de tentar com a última frase (outra mania. Eu não me importo em saber como termina, quero é descobrir como o autor fará para chegar lá). Se a última frase também não me pegar, esquece... O livro vai para o limbo.

Primeira frase do livro:

Eu tinha uma queda. Uma drástica queda por homens que tinham pegada. E definitivamente, Timothy St. Jones tinha pegada.

Isso explicado, vamos direto para a resenha de Em seus Braços, onde Arícia Aguiar e Suany Anjos contam a história de Brooke (Samantha), uma garota de programa que se envolve (e, claro, se apaixona) por Timothy, um rico e extravagante ator de cinema.

Eu amo descrições, confesso que não sou nada boa em fazê-las, mas sei perfeitamente identificar as que gosto e são bem escritas, se você gosta também, prepare-se, o início do livro é beeeemmm detalhista... Talvez até um pouquinho demais.


A maioria dos personagens cresce e se desenvolve durante o livro, o que é legal. As tramas e subtramas poderiam ter sido um pouco mais desenvolvidas, mas no conjunto total o livro é bom. 

O livro é clichê total, isso não é uma coisa ruim, pode apostar. Não falarei dos erros de português, mas uma coisa me incomodou: ou traduz Baby para Bebê ou usa o original. Babe me lembra o porquinho do filme.

Em "Em seus braços" garota de programa é um anjo que está nessa vida por causa da grana, mas quer sair e encontra a "desculpa" perfeita no príncipe encantado, digo no ator famoso e rico. O ator famoso e rico é um dominador legal que verdadeiramente quer encontrar o amor e viver seu "Felizes para sempre". No meio do caminho tem algumas ciumentas que fazem de tudo para separar o casal e... Já volto.


Cerca de 135 minutos depois, voltei e... A história é interessante: garota de programa se apaixona por milionário. Se você pensou em Uma Linda Mulher, está certo. Até citaria Bonequinha de Luxo, mas ali todo mundo era pobre e a onda é o cara ser bilionário, ter vários carros, helicópteros, jatinhos. Usar ternos sob medida, ser metrossexual e se possível ser um pseudo dominador sexual. Quase sempre é apenas um imbecil com perfil abusador, mas ficção é ficção então qualquer coisa 'tá' valendo. E não olhem para isso apenas como uma crítica... Esses foram filmes que ficaram bastante famosos e são amados até hoje, então pensem numa forma distorcida de elogio da tia Bel.

Mais uma citação do livro, aqui é parte da sinopse. Vai que fica mais fácil de entender:
Ele quer saber quem ela é de verdade. Ela quer uma família. Ele quer dizer que ela é somente dele. Ela quer amar sem medo.
O livro apresenta alguns erros de português, mas acredito que, talvez, se você não seja uma revisora automaticamente paranoica com a gramática possa conseguir superar isso. 

Já ia esquecendo a última frase do livro:
Continua...
Não, meus amores, não estou dizendo que esta resenha continua, mas que esta é a última frase do livro. E já fui chata a resenha inteira, por que fingir que mudei de personalidade? Essa coisa de não "fechar” o livro para forçar os leitores a comprar o dois, três, quatro, cinquenta e sete me irrita muito e, quando é comigo, podem ter certeza que não funciona muito.

Fiquei tão irritada com esse "continua" que fui ver um filme do Colin Farrell antes de escrever essa resenha e como o Colin sempre me deixa mais feliz resolvi que tirando essas coisas que critiquei, eu gostei do livro.

Comente com o Facebook:

24 comentários:

  1. Oiee, sou como você até leio a primeira página toda se não me agradar parto para outra.
    Livros clichês não são meus favoritos, principalmente se for hot sabe? Então com certeza ele não iria funcionar pra mim.
    ELA ser uma prostituta me lembrou 11 Minutos

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helana,

      meu problema é que tenho tipo uns 30 anos de literatura nas costas, então qualquer coisa para mim é clichê. Agora existem clichês e clichês. Drama de casal com câncer/doença terminal é clichê desde os anos 1970. E ainda não surgiu nada bom desde lá. Filmes com animais monstruosos assassinos é clichê, mas alguns são ótimos. Livros de amor são clichês, mas alguns simplesmente são melhores que outros. Eu acredito que existem tantos livros ainda não lidos no mundo que posso passar para o próximo sem dor na consciência e não é porque sou chata e não gostei que outras pessoas não gostarão também.

      Obrigada pela visita

      Excluir
  2. Hi baby, tudo bem? achei muito interessante isso de você ler a frase do inicio e a do final rs bem peculiar! e ao ler sua resenha logo pensei em Um linda Mulher antes de você citar o filme! pela premissa parece realmente muito semelhante! adorei sua forma divertida de escrever, parabéns!

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian,

      ou vamos muito ao cinema ou pensamos de maneira semelhante rsrsrsrs.

      Minha primeira ideia foi Bonequinha de Luxo, é sempre minha referência para "filmes de prostituta", até porque sou a única pessoa do mundo que não assistir Uma Linda Mulher ou Titanic. rsrsrsrs

      Excluir
  3. Olá!!

    Eu também tenho isso de ler a primeira frase e se não me agrada, esquece.
    Apesar de ser uma trilogia fiquei besta com essa frase no final, não gosto disso também.
    Sua resenha ficou ótima, eu adorei seu jeito de escrever, mas definitivamente não curti o livro.

    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda,

      tô me sentindo mal, porque ninguém curtiu o livro. Certo, falei só dos pontos que não gostei, mas a história é boa. rsrsrsrs

      Enfim, obrigada pela visita.

      Excluir
  4. Manias, acho que cada leitor tem uma, ou umas neh?
    A minha é que o livro pode estar uma M@%3# que eu me obrigo a continuar lendo, não consigo deixar ele pela metade.
    Outra coisa que também me cansa é as continuações, hoje em dia quase tudo virou trilogia, serie, mas o pior nem é isso, se eles fechassem o livro estaria bom, mas o intuito é só vender mais e mais e mais...
    Agora quanto ao livro adora clichês, e essa historia de prostituta apaixonada por milionário é sempre interessante, para ver como vai se desenrolar a trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emilaine, você salvou meu dia. Achei que todo mundo estava odiando o livro por minha culpa.

      Você está coberta de razão, tudo é moda: o cara tem que ser milionário, tem que ser três livros, a menina tem que ser ingênua. Cansei.

      Obrigada pela visita

      Excluir
  5. Hello! Tudo bem?

    Nossa, esse livro tinha tudo para ser bom e vejo que nao foi nada bem.
    Como assim traduzir baby pra babe?? Tenso demais isso.
    Eu tb nao ligo pra cliche, afinal hoje em dia é dificil inventar algo totalemente novo, mas se for bem escrito, pode ter certeza que sera bem visto.
    Noa fiquei com mta vontade de conhecer Em seus Braços.
    Beijos!

    LIVROS E SUSHI - https://livrosesushi.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzzy, que bom que você passou aqui.

      Pois é, eu relevei todos os errinhos bobos de português do livro, porque as autoras são guerreiras que lançaram na marra, bancando o próprio sonho. Por ser revisora, sei o quanto é caro pagar uma boa revisão. Mas algumas coisas eu não aceito. Se for para usar Babe, que tenha uma justificativa.

      Obrigada pela visita

      Excluir
  6. Hello :)

    Primeiramente, achei sua resenha bem legal e minha "técnica" pra escolher um livro é na verdade pela capa (Arte + título), primeiras linhas ou primeiro parágrafo da sinopse e gosto também de abrir em um ponto qualquer do livro pra ler algumas linhas e ter alguma ideia da escrita.
    Enfim, apesar de gostar um pouco de clichês (eu disse pouco), esse não me chamou muito a tenção, mas atentei para a questão do "continua..." concordo com você, de não gostar muito, e mesmo sendo uma trilogia, um dos "arcos" do primeiro devia se fechar e, nas últimas páginas, dar uma leve introdução para o próximo livro, como podemos ver em alguns livros atuais, pois ler esse "continua" irrita MUITO!

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    Cantinho Cult
    Galera Geek

    ResponderExcluir
  7. E complementando meu comentário anterior: Sim, eu sou a louca da gramática, a ponto de pegar a caneta e corrigir os erros no próprio livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caroline, eu te entendo perfeitamente. Também sou louca com gramática, até porque sou revisora e jornalista, então ter cuidado com nossa língua é fundamental para mim.

      Gostei das suas dicas para escolher livro, vou testar a próxima vez que for comprar algum...

      Obrigada pela visita

      Excluir
  8. Adorei a foram como resenhou!!
    Eu vi esse livro pelo face, é e-book?
    Achei clichê, muito muito, pq romance é td clichê mesmo, mas to cansada de homem rico (em livros, na minha vida cairia bem) então só pelo continua e esse detalhe, estou pulando a vez...

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andréa, ameeei!

      Vamos começar uma campanha: "Por um milionário clichê em nossas vidas (e contas bancárias)"? rsrsrr

      É e-book e físico também, bancado pelas autoras, sem uma editora fazendo suporte.

      Obrigada pela visita.

      Excluir
  9. Eu entendi perfeitamente o que você disse quando não gostou porque não tem um final. Eu estou muito cansada de séries e sagas. Por isso não estou começando mais nenhuma leitura desse gênero. Não tenho tempo, espaço nem dinheiro pra séries enormes na minha casa. Sem contar que muitas vezes, o 1º livro é fantástico e os seguintes são encheção de linguiça. Mas de qualquer maneira esse gênero não me atrai. E eu achei essa capa tão estranha, tive a impressão de ser uma capa de chuva que a moça tava usando.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é essa coisa de deixar em aberto para continuar no seguinte virou modinha e está chato. Não é culpa dessas autoras específicas, é a moda atual... lançar um continua e ver se cola!

      Obrigada pela visita

      Excluir
  10. Olá... tudo bem???
    Mania interessante de ficar interessada pela leitura de um livro, gostei... comigo funciona com capas... não adianta... se eu não achar nada interessante na capa ou no título do livro, esquece... não leio rs... bom eu gostei do modo como escreveu a sua resenha, devo confessar que o livro e si não me despertou interesse na leitura, mas a forma como a descreveu me deixou um pouco curiosa... confesso que livros que terminam com o continua, também me deixam irritada... ultimamente quando tenho interesse em um livro pesquiso se faz parte de series imensas se fizer, penso duas vezes se quero... eu gosto, mas ultimamente... tem livros com continuações desnecessárias... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, já me enganei muito com capas de livros. Achava que eram péssimos e eram bons. Pensava que eram bons e eram péssimos.

      Quanto a manias estranhas... eu cheiro o livro... Isso é bizarro, mas se não gostar do cheiro também não leio. Eu sei, sou louca!

      Obrigada pela visita.

      Excluir
  11. Oi, tudo bem?
    O livro não faz meu gênero, então não pretendo ler. Eu não conhecia a obra, mas também passo raiva com livros sem "finais". Eu ficaria extremante irritada com tudo isso, terminar um livro assim é maldade com o leitor.
    Eu já fico interessada por algum livro quando leio uma resenha ou capa, ou pelo o gênero. Não sou de ler sinopses, só em algumas casos mesmo.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, não lembro qual foi o livro, mas a sinopse era maravilhosa, a capa linda, a primeira frase empolgante e o final interessante. Comprei.

      Minha sorte era ser amiga do dono da livraria, porque voltei pra trocar, era muito ruim e nada a ver com a sinopse... rsrrs

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  12. Oieeee
    Assim como você não gosto de livros sem final, mesmo sendo uma série, isso me mata!!!
    Mesmo sendo clichê, é um tipo de livro que adoro e com certeza me lembraria de uma linda mulher, mas com tantos erros de revisão, estou fora.
    Depois de um certo tempo, você se torna bem crítica com relação a isso.
    Adorei sua resenha, não foi nada chata.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi.

    Apesar de gostar de livros hot, fiquei com dúvida em relação a esse livro. Já li tantos livros com esse: cheio de clichê, que já estou cansada de sempre ser a mesma coisa. E sem contar esse "continua" que você falou, simplesmente fico com vontade de matar um quando vejo isso em um livro. Se for pra ter uma continuação que pelo menos feche o primeiro livro e depois passe pro segundo.

    ResponderExcluir
  14. Cada um tem uma mania para escolher livros neh? Eu leio o último parágrafo também. Kk. O ruim é que isso as vezes estrada a supresa.
    Não curti a premissa do livro ainda mais porque não tenho paciência com muita descrição não. As vezes levo isso como enrolação. Sei lá.
    Fica para uma próxima dica
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir