Leituras da Mari: Confess - Colleen Hoover



Título no Brasil: ainda não tem.
Título Original: Confess
Autora: Colleen Hoover
Editora Estrangeira: Atria Books
Páginas: 320
Ano: 2015



Depois de O Lado Feio do Amor Colleen Hoveer volta às raízes e escreve Confess, um livro ótimo com tudo que ela tem de marcante como autora: personagens fortes, romance, drama e lições de vida.
Confess já começa arrasador, apresentando dois jovens adolescentes tendo que lidar com uma situação difícil de ser aceita até mesmo por muitos adultos levantando questionamentos simples, porém profundos, como "pode-se julgar a grandeza ou falta dela de um amor apenas pela idade dos apaixonados?". O meu encantamento pela obra já estava praticamente garantido apenas com aquelas primeiras páginas, preciso assumir.


"Eu irei amá-la para sempre, mesmo quando eu não puder" (tradução livre de: "I'll love you forever, even whem I can't") ... "E eu irei amá-lo para sempre, até mesmo quando eu não deveria" (Tradução livre de: "And I will love you forever, even when I shouldn't")
Neste livro conheceremos Auburn, uma garota jovem, solteira, que acaba de se mudar para Dallas e precisa urgentemente conseguir dinheiro extra para pagar as despesas extras que surgiram junto com seus "problemas". Ela é cabeleireira e, por mais que a clientela seja boa, o lucro não é o suficiente para o que ela precisa. Cabisbaixa, ao voltar para casa pensando em seus problemas, depara-se com uma placa de anúncio de emprego na porta daquilo que parecia ser uma loja. O nome do local? Confess (que significa Confesse, é inglês).

Ao tentar olhar para dentro e descobrir como era o ambiente, na dúvida de se deveria ou não procurar saber sobre a proposta, percebe que toda a fachada está coberta por papeizinhos que impossibilitam sua visão do interior. Curiosa começa a ler o que neles têm escrito e qual não é a sua surpresa quando descobre ali confissões das mais íntimas e com as mais diversas letras.
"Estou com medo de que eu nunca pare de comparar a minha vida sem ele com como ela era quando eu estava com ele" (Tradução livre de: "I'm scared I'll never stop comparing my life without him to how my life was when I was with him")
Owen é um jovem e talentoso artista que busca inspiração nas confissões anônimas que as pessoas deixam na caixinha da entrada de seu estúdio. Aquelas que o tocam mais profundamente viram lindas telas, as quais ele vende com a confissão colada junto. Assim que vê Auburn seu mundo para. Ele não acredita que ela realmente está ali, na sua frente... Seria mesmo ela

Apaixonar-se não estava nos planos de nenhum dos dois naquele momento, mas é inevitável, assim como é inevitável Colleen nos apresentar reviravoltas e surpresas de parar o coração (sim, elas também estão nesse livro e são MARAVILHOSAS). Afinal, este realmente é um livro no estilo Colleen Hoover de ser, que nos apresenta um início de romance simples, leve, até bobinho, para quando você estiver com a guarda completamente baixa atacar você com aquele drama bem trabalhado. 

Não vou contar muito mais da obra para não estragar as surpresas para vocês e por isso falei só do romance em si, mas posso garantir que é cada confissão que... Sinceramente... Arrepia. É lindo e terrível ao mesmo tempo. Os personagens são bem realistas, possuindo tanto defeitos e qualidades, ninguém é perfeito e nem aceita "tudo" por amor, até os mais ridículos pitis e humilhações, e isso é bem legal.
Mais um livro da autora que vale a pena ler. Tem os ingredientes certos para te fazer relaxar, sofrer, chorar e sorrir (não necessariamente nessa ordem). Eu CONFESSO que, podem dizer o que for, mas amo o estilo de escrita dessa autora e que o livro me comoveu.

CURIOSIDADES:

01 - Dizem que as confissões contidas no livro são reais, de fãs que enviaram para ela de forma anônima para a composição dessa obra.

02 -  Há, no livro, as pinturas que o personagem narra. Elas foram feitas por Danny O'Connor e são lindíssimas. Algumas das imagens podem ser compradas no site da Colleen como fotos e estão na faixa de U$ 15,00. O artista fez uma parceria com a autora para este livro e pelo que li inspirou os desenhos nas confissões, como o personagem alega ter feito.

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Ja ouvi fala sobre esse livro e confesso eu me interessei mas tenho muitos livros na frente pra ler mas ele vai fica na lista e ser eu encontra uma promoção do Livro O lado feio do amor vou fura fila e comprar e ler e espero muito que esse livro lance no Brasil porque não sei ler em inglês :( e gosto muito de personagens fortes e romance com drama, porque e mas realista.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que mais cedo ou mais tarde eles lançarão. Estão lançando todos os dessa autora e duvido que esse vá passar. Vale a pena ler, embora eu seja suspeita para falar pois sou mega fã dela.

      Excluir
  2. O livro parecia interessante até eu ler as curiosidades, saber que as confissões e os desenhos são baseados em fatos reais deixou tudo mais interessante ainda e o nível do livro subiu muito no meu conceito. Agora ele não parece apenas interessante, parece um livro excelente.

    E, como já era de se esperar em seus textos, uma ótima resenha muito bem escrita! Parabéns, Mari.

    Alessandro Bruno
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/12/polemica-musica-brasileira-esta.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alessandro! O livro é um misto de romance com drama. Claro que não chega nem perto da profundidade de Demian ou alguns livros mais politizados que lemos esse ano no clube do livro 2 caras, mas essa coisa das confissões serem verdadeiras e os quadros baseados nela... Nossa, é legal de mais.

      E tem umas confissões de partir o coração. O personagem tem a caixinha do "nunca serão", sabe? Aquelas que ele leu uma vez e espera nunca mais ter que precisar ler de tão sofridas. É comovente.

      Excluir
  3. Ai Meu Deus! Eu quero esse livro aqui no Brasil (não leio muito pelo pc, cansa as vistas).
    Tem data para ser lançado aqui??
    Adoro os livros dela, "O lado feio do amor" é muito bom, e esse parece ser melhor ainda. Espero ansiosa para notícias dele aqui no Brasil. Vou colocar na minha lista pra quando sair, eu comprar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, ouvi boatos de que estaria sendo lançado em 2016 aqui. Mas foram boatos, não vi nada realmente escrito no site da editora que lançou os outros dela.

      O lado feio do amor tem resenha aqui também, mas acho que você não vai vibrar tanto com essa minha resenha porque foi o único livro dela que não me agradou muito.

      Excluir
  4. Quero muito ler este livro, amo essa autora! <3
    Parabéns pela resenha! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é maravilhosa, não é!? Colleen, I Love You!

      Excluir
  5. Necessitando desse livro, atiça tanto a curiosidade da gente saber que é baseado em fatos (curiosidades, whatever) reais, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li o livro inteiro sem saber disso e já amei. Pesquisando a respeito dele para fazer essa resenha a mais completa dentro do possível descobri essa curiosidade e quase caí para trás.

      Sinceramente, acho que se eu já soubesse disso enquanto lia definitivamente teria chorado em alguns momentos. Eles já me arrasaram por si só, imagina se eu soubesse que... Nossa!

      Excluir