Resenha: Caçadores: O Vale da Morte


Título no Brasil: Caçadores - O Vale da Morte
Autor (a) Nacional: Priscila Magalhães Palmeira
Editora: Independente
Ano: 2015
Páginas: 196





Olá leitores,

Hoje trago mais uma resenha da nossa autora parceira e a narrativa dela continuou no mesmo gênero, um mundo de fantasia, e voltado para o público juvenil.

O livro narra a história de três amigas caçadoras de bruxa. Depois de passarem por situações difíceis, resolvem unir-se para caçar e matar as bruxas que fazem tanto mal à população.

Vamos conhecer Diju, uma caçadora que perdeu o pai ainda muito nova e teve que aprender a lidar com todas as diversidades sozinha até encontrar as duas amigas, Angelina e Petra. Ela resolve ir sozinha em uma nova caçada, mas depois da batalha com a temida bruxa, ela é gravemente ferida na perna e quando está indo embora, em meio de uma floresta, perde os sentidos e desmaia. Quando acorda, depara-se em uma aldeia de ciganos e descobre que foi resgatada por Doru. 


Doru é cigano e vive somente com a irmã, depois que seu pai morreu e sua mãe desapareceu com o seu padastro. Diju quer ir embora naquele momento e Doru sente a necessidade de acompanha-la. Ele sempre sentiu que havia algo diferente nele e sabia que a garota teria as suas respostas. Depois que descobre o que Diju faz, a sua vontade de partir aumenta ainda mais.

O cigano resolve mostrar algo que o tio dele entregou e recomendou bem antes de morrer; pediu que guardasse em um lugar secreto. Ele nunca soube o que aquilo era, mostra para a garota para saber o que era e o que significava. Quando Diju vê o talismã muito importante para os caçadores que se encontra em poder do cigano, acaba aceitando que ele a acompanhe, mesmo contra a sua vontade.

Assim eles partiram para uma aventura perigosa. 

Diju sabe que o conclave, um ritual que as bruxas sacrificam quatro jovens virgens, está próximo e precisa correr contra o tempo para salvá-las. Mas para isso, precisa da ajuda das duas amigas, Angelina e Petra, e Doru, o mais novo integrante do grupo de caçadores. Juntos, vão fazer de tudo para descobrir o local exato da grande festa das bruxas e evitar que isso aconteça.


Para mim, esses momentos foram eletrizantes. Juntos vão passar por situações difíceis, enfrentarão criaturas horripilantes e farão de tudo para saírem vivos.

Priscila M. Palmeira me conquistou com a sua narrativa, em um mundo mágico de aventuras que parecem tão reais. Em vários momentos fiquei com o coração na boca por cada situação que eles passaram em meio as lutas. 

É uma leitura leve e divertida, que super indico! Lembrando que é voltado para o público mais juvenil.

Outros livros da autora:

Crônicas de Silbery, resenha aqui.


***

Sinopse do Skoob: Século XVll, Romênia.
Quando as bruxas rompem a tênue linha que as separa dos humanos, três caçadoras vão usar suas próprias experiências e perdas para caçá-las e matá-las, evitando que novas vítimas sejam feitas, até que Djiu conhece um misterioso e atraente cigano e descobre que os mistérios que o envolve talvez façam parte de sua própria história. O conclave está próximo, a grande festa sabática onde as bruxas sacrificarão quatro virgens para o ritual de reafirmação de pactos, e os caçadores terão que correr contra o tempo para descobrir o local exato do sabbatum e evitar que novas vidas inocentes sejam sacrificadas.

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Não faz meu estilo de leitura, apesar que gostei da resenha. Quem curti o gênero vai gostar da leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bianca,
      Eu gostei, uma pena não ser o seu estilo :(
      beijos

      Excluir
  2. Adorei a Resenha, conchego. Muito obrigada pelo carinho
    :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri,
      Obrigada pela confiança e sucesso!!!
      beijos

      Excluir
  3. Leio caçador e lembro de Supernatural ♥
    Adorei a resenha e o livro parece ser bom e bem leve, eu leria com certeza!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei super interessada na leitura, amo o tema de caça as bruxas, são histórias que tem o dom de me prender, amo tudo relacionado a isso, acho super envolvente, enfim, ótima a sua resenha!!!
    Estou seguindo e adorando o blog <3
    Beijos.
    Tenho um blog no qual falo sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Willma,
      Obrigada pelo interesse e pode deixar que vou lá no seu blog.
      Beijos

      Excluir
  5. huuuuum... nunca mais li fantasia!!! saudades!!!! adorei a resenha amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andreza,
      Eu não lia fantasia e agora estou apaixonada.
      Beijosss e obrigada *-*

      Excluir