Resenha: Benjamin Litter


Título no Brasil: Benjamin Litter
Autor (a) Nacional: Leonardo Otaciano
Editora: Clube de Autores
Ano: 2015
Páginas: 130





Olá leitores,


Hoje vou trazer a resenha de um livro de mais um autor nacional, Léo Otaciano. Benjamin Litter é um jovem poeta, perdeu o pai recentemente e a namorada terminou o relacionamento com ele. Sua vida atual é bem complicada financeiramente e a sua única companhia é o seu cachorro, Rodulf.

Para mim, Benjamin estava em processo de depressão, pois não estava indo mais para o seu trabalho e nem estava preocupado com isso.  Ele seguia sempre a mesma rotina todos os dias, saía de manhã para passear com o seu cachorro, na praça próxima de casa. Ele é muito observador, nada passa despercebido e até que em um dia, na praça que sempre ia, vê uma senhora muito agoniada segurando sua bolsa bem apertado e empurrando um garoto na cadeira de rodas.
A idosa, ao sair da praça, esquece a bolsa no banco. Mesmo Benjamin vendo a situação, não faz nada. Essa inércia dele me deixou bem nervosa, não entendo como ele ficou parado; mesmo em pensamento ele queria ir lá para avisar e não não fez NADA. Depois de um tempo, ele vai ao encontro da bolsa e pega para si, levando para casa. 

Chegando em casa, não dá tempo de abrir para saber o que tem dentro, pois ele recebe uma ligação avisando sobre uma oportunidade de emprego e sai correndo. No caminho Benjamin encontra a senhora, que o reconhece e pergunta se ele viu a sua bolsa. Ele nega e devido a situação, retorna para casa, esquecendo do compromisso. Juro que cada situação dava raiva desse garoto, ele só pensa nele e o que poderia ter dentro da bolsa.

Chegando em casa, abre a bolsa e encontra um cheque no valor de quinhentos mil reais. O que você acha que passou pela cabeça de Benjamin??? Ele até pensa em devolver, mas a ambição fala mais alto e já faz planos do que fazer com todo aquele dinheiro. Para não gerar suspeitas, ele deposita o cheque na conta da ex-namorada. Uma conta do cartão do banco e a senha ainda estavam com ele. 
"O vazio de Benjamin foi preenchido com os zeros a mais na parte direita da questão, e inicialmente, o poeta nem pensara na parte que contestava a sua estúpida desonestidade." Pág. 34
Quando Benjamin tira o saldo da conta e confirma o crédito, fica em estase. O Benjamin anterior deixa de existir a partir dali, tornando-se um homem soberbo. Já começa a gastar o dinheiro com coisas para ele e compra uma passagem para os Estados Unidos. No dia da viagem, sua ex-namorada aparece em seu apartamento, mas ela percebe que ele está diferente do homem por quem ela um dia se apaixonou e sai, deixando ele com seus pensamentos. Mesmo com o seu grande amor de volta, nada o impede de viajar. Algo acontece e faz com que ele volte antes do previsto e um novo mundo o espera.

Eu li o livro em uma manhã, a cada página queria entender melhor aquele rapaz solitário, que tinha uma vida simples e infeliz. Mesmo vendo o sofrimento da senhora, não pensou em devolver a quantia roubada. Fiz de tudo para entender o motivo de Benjamin ter feito isso. Mas...

Chegando no final tudo ficou muito claro e o autor conseguiu fazer algo que nunca imaginaria. 

Não posso deixar de falar que achei a narrativa um pouco cansativa. Não ligo se a narrativa é em primeira ou terceira pessoa, para mim tanto faz. Em Benjamin Litter é em terceira pessoa, mas fiquei com a sensação de que se fosse em primeira seria melhor, pois pelo menos entenderia um pouco dos pensamentos do personagem... E os diálogos também foram em pequena quantidade.


***
Sinopse do Skoob: Até que ponto a sua honestidade é capaz de ser prioridade em seu caráter? Siga os passos de Benjamin Noah, jovem poeta brasileiro que após uma sucessão de perdas, torna-se desacreditado da vida e vive a se questionar sobre a felicidade. As paixões, o amor enlouquecido por Rafaela e as escolhas e atitudes desonestas que trazem ao rapaz as piores consequências vão fazê-lo entender o verdadeiro sentido do que é ser feliz.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Obrigado pela resenha, fico feliz que tenham gostado da obra.
    Agradeço.
    Beijos.
    :)

    ResponderExcluir
  2. Uau, gostei da resenha!
    Me chamou atenção, saber o que uma pessoa pode fazer ao encontrar um cheque. Quero saber!
    Vou colocar na minha lista. E gostei da capa, é misteriosa, estou curiosa.

    ResponderExcluir
  3. Até eu fiquei com um pouco de raiva do Benjamin e isso que nem li o livro AINDA. Hahahaha, adorei a história e a resenha!!!

    ResponderExcluir