Filmes e Séries: Vai que Cola - O Filme





Título no Brasil:Vai que Cola – O Filme

Filme dirigido por: Cézar Rodrigues
Gênero: Comédia
Censura: 12 anos


Oi, gente!

Tudo bom com vocês?

Acho que o filme de hoje vai gerar conflito, mas vamos lá mesmo assim... rsrs

Todo mundo sabe que Vai que cola – seriado que passa no Multishow - é um grande sucesso! Eu simplesmente ADORO, sério gente, meus vizinhos devem odiar quando estou assistindo, por que dou muita gargalhada...

Acho os atores sensacionais, com um humor que sai naturalmente. Cada episódio é super hilário, adoro essas séries mais descontraídas, que os atores caem na gargalhada junto quando não aguentam uma piada, o programa fica descontraído e com certeza é um ótimo remédio para o stress!


Todo esse sucesso levou Vai que cola para as telonas e eu fui correndo assistir, mas infelizmente não gostei do filme (por isso falei que iria gerar conflito, todo mundo com quem eu falei e assistiu, adorou...). Achei o roteiro fraco, as piadas forçadas e repetitivas. Claro que mesmo assim, ainda dei muito risada, mas não assistiria novamente, prefiro mil vezes assistir os episódios no Multishow... 

No filme Valdomiro (Paulo Gustavo) recebe uma proposta de um “amigo antigo” e após aceitá-la tem todas as suas dívidas pagas podendo finalmente deixar o Méier e voltar para sua maravilhosa cobertura no Leblon. 
Mas como nem tudo é perfeito... A famosa Pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla) acaba interditada pela Defesa Civil devido as fortes chuvas e Valdomiro, sem muita opção, acaba acolhendo todos os moradores da pensão na sua Cobertura... A partir deste ponto, a galera da pensão faz o Leblon virar o Méier. Como o próprio Valdomiro fala: “Você pode deixar o Méier, mas o Méier não deixa você!” ...

Não vou dar mais detalhes do filme se não vai perder a graça pra quem for assistir.




Sinopse por adoro cinema: Após ser vítima de um golpe que roubou todo seu dinheiro, Valdomiro (Paulo Gustavo) se muda para a pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla) no Méier, bairro localizado no subúrbio do Rio de Janeiro, onde pretende escapar da polícia. Para sobreviver, ele passa a vender quentinhas pelas redondezas. A situação muda mais uma vez quando Andrade (Márcio Kieling), seu ex-sócio, consegue fazer com que Valdomiro recupere sua cobertura no Leblon. Mas há um problema: como a pensão foi interditada pela Defesa Civil, Dona Jô e os demais moradores se mudam para a casa de Valdomiro.

Espero que tenham gostado. Já assistiram? Contem-me se vocês gostaram ou não.

Beijo e até a próxima :*

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Amo, amo e amo!
    Adorei o filme e chorei de tanto ri. Acho os palavrões e o estilo do Paulo Gustavo forçado, mas me diverti mesmo assim. Também não assistiria novamente, mas a série eu estou sendo vendo no domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, eu AMO o PG, adoro o estilo dele! Ele esteve na minha cidade semana passada e fui ver ele no teatro, chorei de rir também... Tudo que ele faz na TV eu assisto 500 vezes se deixar. rsrs
      Mas o filme eu achei muito forçado, mais do que de costume.. srsrsr

      Excluir
  2. Bruna,
    eu não vi o filme e nem a série. Paulo Gustavo é hilário.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daya, você tem que assistir Vai que cola, é muito bom! :)

      Excluir
  3. Oi Bruna,

    Só não entendi porque você achou que o filme fosse gerar conflito? Só porque você não gostou muito e achou as piadas forçadas? Se for isso calma, a visão de uma crítica é analisar a obra e não elogiar sempre.

    Não conhecia a série, e nem vi o filme, mas pelo jeito deve ser bem divertida.

    Abraços,

    Alessandro Bruno
    www.rascunhocomcafe.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, as pessoas tem mania de não aceitar muito uma opinião quando não está de acordo com a maioria, por isso achei que geraria conflito... rsrs
      Quando puder, veja a série, eu amo!

      Excluir
  4. Não sou fã dos nacionais, mas Paulo Gustavo é tão incrível que o filme deve ser ótimo.

    ResponderExcluir