Resenha: Minha Obsessão


Título no Brasil: Minha Obsessão (livro 01)
Autor (a) Nacional: Érica Christieh
Editora: Editora Multifoco
Ano: 2015
Páginas: 207





Olá leitores,



A parceria com a autora Érica Christieh está dando tão certo, que estou fazendo a resenha do seu segundo livro. A história foi publicada na plataforma wattpad até o capítulo quinze, onde pude acompanhar. Quando a autora confirmou a publicação pela editora e eu não via a hora de conhecer mais da história. Comecei a leitura desde o primeiro capítulo, pois poderia ter acontecido alguma alteração e eu não queria deixar passar nada. Foi tão prazerosa, que li em um dia; para falar a verdade, foi em poucas horas. 

Minha Obsessão é o primeiro livro da trilogia e nele vamos conhecer Zoe Morgan, uma adolescente de dezoito anos que tinha finalizado o ensino médio e vivia trancada em seu quarto. Elisabeth, mãe de Zoe, nada satisfeita com a forma como a filha estava levando a vida, conseguiu um emprego para ela na biblioteca da cidade.

A história se passa no estado do Rio Grande do Sul, em uma cidade pequena, chamada Colorado. Como toda cidade pequena, todos se conheciam e tudo era muito perto. Mas Zoe vivia a vidinha dela, uma garota tímida, de poucos amigos, sem sonhos e que há muito tempo não se sente notável.


Assim que começa a trabalhar na biblioteca, conhece Nicole, uma menina curiosa e divertida, e Eros, um rapaz tímido e cativante. Mas Zoe quando vê Arthur, um rapaz lindo e sensual, sente que algo chama sua atenção e não demora muito para que se apaixonar por ele. 

Arthur é irmão do prefeito da cidade e é responsável pela biblioteca, mas ele não leva a vida a sério. Além de faltar muito ao trabalho, não quer saber de compromisso, só quer saber de festas, bebidas e mulheres. 

Como diz na sinopse, Zoe foi abusada sexualmente pelo namorado da mãe, no próprio quarto e na primeira noite que ele dormiu lá. Elisabeth nem imaginava o que levou a filha a mudar drasticamente, deixando de ser aquela menina alegre. Desde então, Zoe luta insistentemente com um passado traumático e cheio de medos. 

Zoe se vê em uma luta diária, sem saber se tenta esquecer ou se deve contar o que aconteceu naquela noite para sua mãe. E ela vai achar ajuda onde menos imaginava, em Arthur. Zoe é uma garota carente de amor e com isso, sentia-se diferente perto de Arthur. Ele se torna a sua obsessão.
"O Arthur me confundiu naquele momento. Em uma hora, parecia pouco se importar, em outra se importava tanto que me fascinava com tanto cuidado e preocupação. Eu ainda não sabia qual era a dele, mas gostei dele está ali naquele momento tão difícil para mim." Pág. 49
Mesmo todo mundo dizendo que ele não prestava e não servia como namorado ou algo do gênero, ela não ouvia e aceitava as migalhas que Arthur proporcionava. Típica de uma adolescente imatura e teimosa. Lembro muito bem quando tive essa idade, achava-me a dona da razão e se alguém tentava me alertar de algo errado, nem dava ouvidos. Com Zoe não foi diferente, mesmo sendo humilhada diariamente por Arthur ela não aceitava ficar longe dele.

A autora podia ter explorado mais a situação do abuso sexual e também achei o final bem corrido, poderia ter feito com mais detalhe como Zoe lidou com tudo.

Por outro lado, Minha Obsessão é uma história comum no mundo atual, onde muitos adolescentes ou jovens sofrem por certas situações específicas. Com uma narrativa simples e casual, a autora consegue transformar em uma história cativante.

Zoe é uma adolescente com baixa auto estima, cheia de medo, sem sonhos, mágoa do pai que largou a mãe ainda grávida. Tudo o que ela queria era ser amada por alguém. 




Veja a resenha em vídeo:





Sinopse do Skoob: Zoe Morgan é uma adolescente de 18 anos, tímida, de poucos amigos, que não possui sonhos e que há muito tempo não se sente notável. Ela luta insistentemente com um passado traumático e cheio de medos. Abusada sexualmente pelo próprio padrasto, Zoe tenta entender os motivos que levaram a sua mãe, Elisabeth Morgan a se preocupar mais em lhe arranjar um emprego, do que perceber o que aconteceu debaixo do próprio teto. Quando obrigada pela própria mãe a ir trabalhar na biblioteca da pacata cidade onde mora, ela conhece Arthur Bernardo, bonito, sorridente e um perfeito sedutor. Porém enquanto ela ainda luta para contar o segredo sobre os abusos causados pelo marido da mãe, se ver perdidamente apaixonada por Arthur e aprisionada por uma obsessão sem fim. Uma história apaixonante que vai prendê-lo até a última pagina.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Nossa Daya muito obrigada pela resenha maravilhosa e pela sua opinião sincera sobre o livro! Gostei muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Érica,
      Fico feliz que gostou :)
      Ansiosa pela continuação... beijosss

      Excluir
  2. Daya também fiquei obcecada pelo livro da Érica. Fiquei com tanta raiva de Zoe em alguns capitulos que me via brigando com ela sempre . Acorda menina!!! Rsrsrs Apesar de Eros ser um fofo, Arthur realmente chama muito a atenção. Também queria mais do final. Foi corrido demais, o que por outro lado foi bom acho que ela deixou o leitor querendo saber o que ainda pode acontecer no segundo e terceiro livro. Quanto a parceria Érica e Conchego perfeito quanto frio e chocolate quente. Adorooo♡♡♡ beijus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda,
      Érica fez de propósito rsrsrs
      vamos ficar no pé para lançar logo o segundo livro
      beijosss

      Excluir
  3. Adorei a resenha! Parabéns pela parceria.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha maravilhosa,Parabens!!!

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a resenha, Day. Gosto do assunto tratado no livro, uma pena que não foi tão desenvolvido como você comentou. Mesmo assim parece interessante. Esperando minha vez de fazer parceria com a Érica. :)
    Beijos!
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardo ansiosa pela sua resenha hehehe
      beijossss

      Excluir
  6. Parabéns pela resenha, maravilhosa.
    O livro todo é ótimo.

    leootaciano.blogspot.com.br.

    ResponderExcluir
  7. Daya, gostei muito da resenha, adoro o fato de você ser sempre sincera...
    O livro parece ser bom, mas por enquanto vou deixar passar... Tenho muitos outros pra ler ainda... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna,
      Obrigada, mas pode colocar ele na sua lista viu???
      beijos

      Excluir