Na cozinha com a Bel: Frango à Creole - Hauberk Protection

Frango à Creole 

Hauberk Pretection

É, definitivamente fui para o sul da Louisiana e ainda não saí de lá. A receita de hoje é baseada em um livro que já foi citado na receita de Cheesecake de Cerejas e Chocolate, então não vou dar grandes detalhes sobre ele, ou sobre a autora. É mais uma receita que a Leah Braemel cita em Hauberk Protection.

Já apresentei uma pequena introdução do que é a cultura Cajun, hoje uma dica do que caracteriza a culinária Creole, que faz parte da cultura Cajun.

É uma culinária que usa como base temperos como sal, alho e cebola (lembra muito o Brasil, certo?!). A isso eles acrescentam páprica, tomilho e sálvia. E pimentas locais como caiena, verde e jamaica. Eu diria que lembra um pouco a comida da Bahia!

Hoje vamos de: Frango à Creole.


Ingredientes:
8 pedaços de coxas, sobrecoxas e sobrepeitos de frango
2 cebolas grandes cortadas em gomos
2 tomates maduros cortados em pedaços
1 lata de milho
½ xícara (chá) de ketchup
½ xícara (chá) de molho de tomate
2 colheres (sopa) de óleo
1 ramo de sálvia (se não gostar, pode usar salsinha, mas muda completamente o prato)

Para a Marinada:
1 colher (sobremesa, rasa) de sal
3 dentes de alho triturados
1 pitada de páprica
1 pitada de tomilho
1 pitada de pimenta caiena
½ xícara (chá) de rum (pode ser substituído por vinho branco)

Para o caldo de legumes:
1 cenoura
1 cebola
1 talo de aipo

Modo de preparo:

Lave e limpe bem o frango, deixe descansar por cerca de meia hora na marinada. Antes de levar ao fogo, pincele o ketchup por todo o frango.
Para que seja realmente uma receita Creole é necessário fazer uma base de farinha de trigo, antes de começar a realmente cozinhar o frango. Então vamos lá:
Em uma panela aquecida coloque duas colheres (sopa) de farinha de trigo e mexa até que fique dourada, acrescente duas colheres (sopa) de manteiga e misture bem, tomando cuidado para não empelotar. É nessa mistura que os pedaços de frango serão fritos.

Aviso, essa técnica não é para amadores: a farinha tem um ponto certo, caso contrário queima. A manteiga não pode amargar e o frango tem que fritar por igual. Quer uma maneira mais fácil? A tia Bel ajuda... Veja abaixo:

Em duas colheres (sopa) de óleo refogue meia cebola, um dente de alho e frite os pedaços de frango até ficarem bem dourados. E pronto! Bem mais fácil, não é? Agora que você escolheu o método de deixar seu frango douradinho...

Continuemos.

Depois que o frango estiver dourado, vá acrescentando aos poucos o caldo de legumes até que esteja na metade da altura do frango. Acrescente então o molho de tomate, metade da lata de milho, batida no liquidificador e as ervas, além de metade da cebola e do tomate picados. Misture bem, corrija o sal, acrescente a páprica e pimentas. Tampe e deixe o frango cozinhar em fogo baixo, lembrando de acrescentar água para que o frango não seque.
Quando o frango estiver completamente cozido e macio, junte a cebola e o tomate reservados, misture e deixe a cebola murchar um pouco. Desligue o fogo e acrescente o milho que não foi batido. Sirva quente com arroz branco, bem soltinho.

Eu sei, a receita é difícil e complicada. Mas é uma delícia, super recomendo. E você, leu um livro e tem uma dica de receita? Manda para mim. 


Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Beeel, não é nem 9:00 hrs e essa receita já me deixou com água na boca... rsrs
    Adorei, só tiraria a cenoura! ;)

    ResponderExcluir
  2. hahahahahahah A cenoura serve para tirar a acidez dos temperos e molho de tomate, além de "encorpar" o molho...

    ResponderExcluir
  3. Ok... Mais um prato que vai para a lista do "tenho que fazer um dia".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente uso menos temperos... Mas é bom!

      Excluir
  4. Que fome que me deu agora. Eu adoro frango e cenoura então certeza irei tentar fazer.Claro se eu encontrar aipo tem duas semanas que não encontro por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sem aipo oras! rsrsrsrsrsrs
      Frango é bom de qualquer jeito.

      Excluir