Leituras da Mari: Teatro Selena


Título Original: Teatro Selena
Autor Nacional: Domnall September
Editora: Young
Ano: 2015
Páginas: 174
Nota: sem*

Esse foi o primeiro livro que recebemos da parceira com a editora Young. Teatro Selena é o primeiro volume da série Selena, apresentando-nos uma história de fantasia com um quê de suspense.



Digam o que quiserem, reclamem do que for, mas se tem uma crítica que não dá para ser feita em relação a este livro é referente à imaginação. Criatividade é o que não falta por parte dos autores.


O lançamento oficial do livro é agora em novembro. A imagem da capa é linda e chama a atenção, assim como a sinopse da obra.



Em Teatro Selena conheceremos Erika Isoni, uma garota que durante boa parte de sua vida esteve em meio às brancas paredes dos hospitais devido a um grave problema cardíaco. Qualquer esforço maior, até o fato dela ficar nervosa, muito ansiosa ou estressada, já lhe provocavam taquicardia e uma dor horrenda que muitas vezes levava ao desmaio.


Erika sonhava com uma vida diferente, queria ser artista, fazer teatro ou cinema, ser conhecida, famosa, reverenciada. Certo dia ela foge do hospital e em sua "aventura" de algumas quadras acaba topando com uma audição para o Teatro Selena.

Sem a mínima ideia de que número apresentar e apavorada com os rostos que a fitavam, Erika fechou os olhos e iniciou sua apresentação de forma completamente improvisada, cantando sua música favorita. Mas, perto do final, seu coração, cheio de alegria e emoção, começa a doer e ela desmaia. Acorda no hospital, já depois de uma cirurgia de emergência, com sua mãe extremamente preocupada ao seu lado perguntando o que ela fazia naquele prédio abandonado e sujo.

Mas Selena não estava abandonado e nem tão pouco sujo quando ela esteve lá, estava? Ela se lembrava perfeitamente da beleza do interior do local, será que havia delirado, imaginado tudo?

Quando sua mãe sai para falar com o médico um misterioso rapaz surge para dizer à Erika que ela passou no primeiro teste e que a aguardavam naquela tarde para o segundo. Ela, com a certeza de que ele era uma alucinação, não dá bola e para provar o quão real e importante era sua proposta o homem misterioso coloca fogo no hospital.

MAS HEIN? Pois é isso mesmo. Ele coloca fogo no hospital e mata geral, menos ela. Então lhe faz uma proposta: caso ela consiga passar em todos os testes e ocupar o posto que acreditam que deva ser dela, ele concederá a ela o seu maior desejo "trazer de volta todos aqueles que matou no incêndio e que não deveriam ter morrido naquele dia, como se absolutamente nada tivesse acontecido". A pegadinha? Ela nunca mais poderia deixar seu posto e sua mãe não lembraria mais da existência dela.

Erika aceita sem nem pensar duas vezes, afinal, mesmo sem lembrar dela ao menos a mãe estaria viva e bem. Valeria a pena.

A partir daí o sobrenatural toma conta do livro, com testes diferentes, amizade, sofrimento e personagens um tanto incomuns.

Ficou curioso para saber sobre essa obra? Teatro Selena estará em Pré-venda a partir 10/11/2015, no site da Young 



CURIOSIDADES:

01 - Domnall September é um pseudônimo. O livro foi escrito por quatro mãos, duas pessoas: José Ricardo Martinho e Nany Seskiene. 

02 - José e Nany são casados desde 2004. Ele é gamer e desenhista, ela é blogueira. Quando não escreve Nany dedica-se inteiramente aos cuidados com os filhos. 

03 - A editora Young fez uma entrevista com os autores. Quer saber um pouco mais? Clique AQUI e veja a entrevista no Youtube.

* Obs.: Como recebemos a versão ainda não oficial, aparentemente não revisada, preferimos optar por não fornecer nota à obra para que a mesma não fosse influenciada pela situação de "não revisão". Inclusive, justamente por esse detalhe algumas outras questões também foram relevadas durante a leitura, como a falta de divisão entre a troca de narradores que reconhecemos ter dificultado bastante


***

Sinopse: O misterioso teatro Selena abre as portas à procura de talentos que deem vida ao teatro. De tempos em tempos, faz audições para recrutar os melhores talentos que puder encontrar. Pessoas com capacidades de canto, dança e instrumentais. Mas acima de todos esses cargos, está o Grand Coryphe. Aqueles que dão energia para manter Selena sempre vivo e interessante. Erika Isoni é uma garota sonhadora que ama dançar e cantar, mas que tem uma doença rara que a impede de fazer o que mais ama se não tem uma parada cardíaca, decide fugir das “paredes brancas” – seu isolamento do hospital –, se depara com o teatro e se arrisca a fazer uma audição. Erika é o que o Teatro procura a muitos anos. Mas o que será que acontecerá com ela? Selena é um teatro normal? Fantasia, comédia e muito mistério te aguardam nessa incrível estória.

Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Oi, Mari. O que me chamou a atenção para este livro foi a sua capa. Mas, a história despertou ainda mais o meu interesse, realmente o autor não controla sua criatividade na hora de criar Teatro Selena. Me espantei com o fogo no hospital e a agonia veio a seguir com a proposta que o rapaz faz para Selena, história inovadora. Gostei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ycaro, vou dizer pra você que assim que vi essa capa pensei "quero ler". Ela é realmente linda e se eu estivesse passando por uma livraria realmente "julgaria o livro apenas pela capa". Ela basicamente grita para a gente, "compre-me", "leia-me", independente do conteúdo ser bom ou não, não acha?

      Excluir
  2. A capa arrazou!!! A resenha perfeita <3 meio assustador. Penso no pânico que Erika vivenciou ao ver as pessoas morrendo naquele hospital. Ela deve ter tipo uma pqrada cardíaca. Espero que o teatro Selena traga a ela a vida que sempre quiz, cheia de alegrias e emoções. Quero um ♡♡♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda,obrigada! Essa não foi uma resenha fácil de fazer, não mentirei. Primeiro porque o livro é de uma autora parceira e isso por si só já coloca um pouco de pressão, segundo porque nós acreditamos não estarmos com a versão oficial ainda... Então ficou extremamente difícil de avaliar porque muito teve que ser relevado por ainda vir a ser revisado e tal.

      Excluir
  3. Mari que capa linda e a sinopse do livro parece ser uma história maravilhosa, fiquei super curiosa e intrigada!
    Um abç,
    Boo Nina
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/10/proibido-impossivel-sair-ileso-da.html#more

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gi, a capa e a sinopse também me chamaram bastante a atenção. São extremamente bem feitas, envolvente e capazes de despertar o interesse do leitor.
      Minha resenha em si trata, na verdade, apenas do primeiro terço do livro, sendo a frase "A partir daí o sobrenatural toma conta do livro, com testes diferentes, amizade, sofrimento e personagens um tanto incomuns." o meu resumo discreto de "todo o resto".

      Excluir
  4. Caramba, fiquei mega curiosa para ler esse livro!

    A história parece ser muito boa, a capa é linda, e sua resenha ficou de parabéns!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nazare! Fui ao seu blog e achei-o uma gracinha, está de parabéns pelo capricho.

      Excluir
  5. Que capa é essa... Eles estão de parabéns. Resenha perfeito, fiquei com uma vontade ainda maior de ler o livro. Já tinha ouvido falar dele, esse dias atrás, mais não tinha prestado muita atenção. Agora depois dessa resenha, meu interesse despertou e quero ler o livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, obrigada! Como disse no comentário que fiz para a Gi, não foi nada fácil produzir essa resenha.rs. Ela toda se trata, na verdade, apenas do primeiro terço do livro, sendo a frase "A partir daí o sobrenatural toma conta do livro, com testes diferentes, amizade, sofrimento e personagens um tanto incomuns." o meu resumo discreto de "todo o resto".

      Excluir
  6. Mari,
    gostei bastante da resenha, a capa linda e encantadora!!!
    Parabéns!!
    Coitada de Erika, passar por tudo isso sozinha.. como será o final!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taise, pois é menina. No início também pensei "coitada da Erika", mas depois de um tempo o coitada por perdendo espaço em minha mente assim como o drama principal da perda da mãe foi perdendo espaço na dela.

      Ainda assim, a história é bastante criativa e tem a capacidade de nos fazer imaginar aquele mundo novo, diferente e com personagens um tanto incomuns. O final? Ainda não sei... É uma série, então terei que esperar para ver o que acontece.

      Minha maior dúvida no momento, e consequentemente a maior curiosidade, é o mistério das estátuas de Mármore. Espero sinceramente que a autora explique a respeito delas em algum dos livros futuros.

      Excluir
  7. Uauuuu! Adorei, já fiquei super curiosa pra ler!!
    Parabéns pela resenha Mari :)

    ResponderExcluir