Filmes e Séries: Perdido em Marte



Filme: Perdido em Marte / The Martian
Dirigido por: Ridley Scott
Produzido por: Simon Kinberg
Lançado em:01/10/15




Não é possível apontar com exatidão a data, mas há muito tempo que o planeta Marte intriga e fascina os habitantes da Terra. Todos os povos, que viravam seus olhos para o universo conheciam o planeta, seu caminhar diferente das estrelas no firmamento, tinham para ele uma história ou mito, quase sempre relacionado ao fogo, à guerra, ao sangue devido sua cor avermelhada que é proveniente da grande quantidade de óxido de ferro em sua composição. 

Batizado pelo nome do Deus Romano da guerra ele tem duas luas que já foram visitadas no clássico "As aventuras de Gulliver" de Jonathan Swift. Em "A Guerra dos Mundos", os marcianos é que vem nos visitar, com intenções pouco amigáveis. Depois destes, muitos livros, dos mais variados estilos, foram escritos com o planeta vermelho como ambiente.


A busca de vários pensadores dos mais variados lugares e épocas fez com que atualmente tivéssemos uma grande quantidade de informações sobre Marte e é por causa disto que hoje a humanidade se encontra muito próxima de visitar o planeta. Pelo que se sabe até agora visitaremos Marte antes de sermos visitados por eles.

É exatamente sobre isso que trata "Perdido em Marte", inspirado no livro homônimo de Andy Weir, ele mostra a história de Mark Watney, que já é o décimo sétimo homem a pisar em Marte, sofre um acidente durante uma tempestade e é deixado pra trás por seus companheiros que o  julgam morto no retorno à Terra. Mark acorda no dia seguinte, sozinho num planeta que agora é só seu, e de onde ele não pode sair. Ninguém sabe que ele está lá e mesmo que soubessem demoraria muito tempo até que outra nave fosse preparada e enviada para o seu auxílio.


Depois deste começo, Mark inicia seus trabalhos em diferentes tarefas como: se comunicar com a Terra, contar, racionar e produzir comida e água. Muita ciência é mostrada e de uma forma que agrade leigos e nerds. Pelo que li, o filme tentou ser o mais real possível,o que deixa a experiência da telona bem próxima do que realmente acontecerá quando humanos realmente pisarem lá. 

O roteiro do filme me lembrou uma história de Júlio Verne, onde o protagonista vive uma situação única e sua sobrevivência depende de seu conhecimento, inteligência e força de vontade para transformar as coisas e o ambiente a seu favor. Muito humor está inserido na trama o que deixa a película mais leve, mas isso não é capaz de tirar a tensão dos momentos emocionantes, como a parte da tentativa de resgate do "primeiro marciano".

Matt Damon interpreta um papel complexo que intercala momentos de alegria e euforia com outros de raiva e depressão. Mas como na maioria dos seus filmes, "Jason Bourne" (sim eu adoro a trilogia das telas e dos livros) tem uma ótima atuação. Ele se transforma durante a estadia em Marte, tornando tudo ainda mais realista.

Não sou grande apreciador de filmes 3D. Os óculos atrapalham um pouco e o resultado nem sempre vale o incômodo. Isso não acontece em "Perdido em Marte", as imagens com gravidade zero, com várias coisas flutuando, ficam muito reais em 3D, e nas imagens panorâmicas é possível ver os relevos da Terra ou Marte "saindo da tela". Criando  sensação de você estar dentro da nave espacial ou ao lado de Mark em Marte.

Por isso, vista sua roupa espacial e capacete e embarque nesse foguete de diversão, imaginação e conhecimento científico, rumo à próxima parada na grandiosa viagem que é a evolução da humanidade.

Curiosidades:

01 - O livro "Perdido em Marte" foi lançado no blog do autor Andy Weir que não imaginava o sucesso que ele iria fazer.

02 - As partes de Marte foram filmadas em Wadi Rum, Jordânia, um deserto com a cor vermelha que já serviu de cenário para outros filmes espaciais.

03 - Os produtores tinham um plantação real de batatas com plantas em todos os estágios de crescimento para serem usadas nas gravações.

04 - Matt Damon participa do filme "Interestelar" onde também fica perdido em um planeta, só que em outra dimensão.




Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Olá, Marco. Ainda não realizei nenhuma das ações, não li o livro e não acompanhei ao filme Perdido em Marte, mas estou bem curioso sobre os dois. Perdido Em Marte me interessou, como é normal, primeiramente pelo livro, mas assim que vi o filme desejei acompanhá-lo, como tradicional ritual de livro antes, não pude ir ao cinema, o que me aguarda até os dias atuais. Filmes de ficção científica me agradam bastante, embora os livros nem tanto, então não posso deixar de conferir esta aventura e perigosa jornada em Marte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Ycaro. Do livro não posso dizer muito, mas posso dizer q tbm tenho essa vontade de ler os livros que inspiraram os filmes. Não perca é muito legal a história de Mark.

      Excluir
  2. Marcola porque sou sua fã,hj vou assistir esse filme.Seu post me fez querer ler e assistir.Adoro os filmes com Matt Damon o cara arrasa! seja na pele do Agente Jason Bourne ou David Norris em Os agentes do destino o cara sabe o que faz.colocando meu capacete,vestindo minha roupa espacial e indo pra Marte com Matt.
    Adoro seus post fã numero 2,se eu falar que sou a numero 1 a Daya me bate rsrsrs.Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal q vc gostou da resenha e vai ver o filme, depois me fala oq vc achou? Abraço e obrigado pelos elogios

      Excluir
  3. Gente que massa, eu não sabia que existia um livro, eu fui ver o filme a gostei muito do que se foi passado. E o que eu mais gosto no filme é isso, em que ele precisa usar sua inteligência, seu raciocínio para pensar nas coisas, e principalmente em como sobreviver aquele lugar. Já vou procurar o livro para eu aprofundar ainda mais nessa aventura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco + Conchego das Letras = Cultura na certa!

      Os posts do Marcola são sempre repletos de novos conhecimentos. rs

      Excluir
    2. Grande Gustavo que legal q vc tbm gostou do filme. E cara se vc gosta de histórias assim deve conhecer as escritas por Julio Verne. Se vc ler o livro passa aqui pra comentar oq achou!
      Abraços e valeu pelo comentário.

      Excluir
    3. Meninas do conchego valeu pelo elogio só fico feliz de ser este distribuidor de cultura.

      Excluir