Na cozinha com a Bel: Scones - Há Sempre um Amanhã



Você leu a resenha sobre "Há sempre um amanhã"? Eu gostei do livro, sério.
A Lily, umas das personagens, é cozinheira, não chef de cozinha e tem umas receitas ótimas ao longo da história.
Que tal conhecer algumas???

A primeira é da tia da Lily, uma agradável senhora chamada Milly: 

Scones (um tipo de pão que não usa fermento biológico):


Ingredientes:

  • 225 gramas de farinha de trigo
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  •  1/2 colher de chá de sal
  • 30 gramas de açúcar
  • 55 gramas de manteiga
  • 55 gramas de passas ou passas da uva sultana – opcional (eu não uso, gosto dele sem nada)
  • 50 ml de leite
Modo de Preparo

Pré-aqueça o forno em 180 C. Enquanto o forno vai esquentando, peneire a farinha, o fermento, o sal e o açúcar em uma tigela e depois junte a manteiga com as pontas dos dedos até que a mistura se pareça com farelos de pão. Coloque as passas, se estiver usando.
Adicione, aos poucos, o leite até formar uma massa firme que não grude nas mãos (pode ser que se use mais ou menos leite do que está na receita, depende muito da qualidade da farinha que se está usando). Coloque a massa em uma superfície enfarinhada. Amasse e faça um círculo com altura de 1 1/2 cm e corte os scones (pães). Acomode as bolinhas em forma antiaderente e pincele-os com leite. Asse por 12 a 15 minutos. Sirva com manteiga ou geleia.

Tarte de Ruibarbo (receita da Lily)

Ingredientes: 

Para a Massa
  • 250 gramas de massa folhada
  • 6 hastes de ruibarbo 6
  • 100 gramas de açúcar
Para o creme
  • 2 ovos
  • 200 ml de creme de leite (em Portugal eles usam natas, é igual, mas é diferente)
  • 50 gramas de açúcar
Modo de preparo

Tire os fios ao ruibarbo e corte as hastes em fatias de 2 cm. Cubra com o açúcar e reserve cerca de 1 hora. Estenda a massa e forre uma forma de torta. Escorra bem o suco do ruibarbo que ficou descansando no açúcar e disponha sobre a massa. Cozinha por cerca de 10 minutos em forno médio (até 180º). Durante esse tempo, misture os ovos, o creme de leite e o açúcar. Acrescente o creme por cima do ruibarbo e cozinhe por mais 15 min.


Tem mais uma receita, mas o Pastelão de Carne (que amo de paixão), só em outra postagem.

Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. Parece ser tão delicioso!

    Me deu fome agora kk

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nazaré, os scoones são sim, já testei várias receitas. Amo com café fresquinho e manteiga. Ruibarbo eu nunca provei, mas alguns amigos já se aventuraram e garantem que é bom.

      Excluir
  2. Olá, Bel. Eu não havia lido a resenha de Há sempre um amanhã, mas fui conferir e gostei bastante da criatividade da autora em introduzir receitas na narrativa. As "caras" dos scones estão deliciosas, que vontade de mordê-los. Gostei bastante da primeira receita, enquanto a segunda me agradou apenas pelo olhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ycaro, eu amo livros - romances, ficção, comédia, drama - que apresentam pelo menos sugestões de receitas. Claro, desde que sejam comestíveis por pessoas frescas como eu. Li um que o autor ensinava a fazer sopa de cobra...
      Que legal que gostou das resenhas.

      Excluir
  3. Bel, que receitinha delícia, pelas fotos os doces aparentam ficar parecido com um sonho, é mais ou menos isso??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mal comparando Bruna, aqui no Brasil, scones seriam "Pães de minuto". Eles levam fermento comum, desses usados para fazer bolo, não o fermento de pão. Mas é sim uma comparação.

      Excluir
  4. Acabei de comer e já fiquei com fome de novo (haha)!
    Adorei o post Bel, não vejo muitos como ele e gostei muito!

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio Vinicius. Amo cozinhar e quando encontro um livro que cita algum prato, corro pra procurar a receita.

      Excluir
  5. Eu não li,mas vou ler agora. adoro cozinhar,pegando papel e caneta pra copiar a receita.Tarte de Ruibarbo hummm eu sou viciada em massa(acho que com esse post fica difícil eu manter minha dieta rsrsrs) Vou fazer no jantar. Delicia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê, amo descobrir dicas de receitas nos livros. Prefiro quando o (a) autor(a), facilita minha vida e publica a receita, mas como elas andam preguiçosas... Viva a internet e seus milhões de sites de culinária!

      Excluir
    2. Bel eu também adoro as receitas nos livros. Viva a internet!!! Acho que temos que fazer um protesto em prol das receitas rsrsrs, os autores podiam se lembrar que imaginamos a mesa, a comida e que ficamos com água na boca né. Bjus Bel

      Excluir
    3. Concordo plenamente, acho que podemos começar a enviar e-mails para as editoras, pq vamos combinar, são autores demais! rsrsrsrrs

      Excluir
  6. Que bacana... adorei ver as receitas. Eu como trabalho com doces adoro receitas e adoro cozinhar. Varios livros que li gostaria de saber as receitas. Vou ver se consigo testar uma destas. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreza, mande as referências: nome do livro, autor e receita. Se eu tiver a receita ou souber fazer o prato, pode apostar que publico aqui. Também amo cozinhar, apesar de não poder me deliciar tanto quanto antes. Meu atual vício é testar receitas de alfajor argentino.

      Excluir
  7. Nossa tá com uma cara que parece ser bom. Tô com fome kkkkk. Já anotei a receita. Vou fazer depois para experimentar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses pãezinhos são uma delícia e super fáceis de fazer...

      Excluir