Resenha: O príncipe dos Canalhas



Título no Brasil: O Príncipe dos Canalhas
Título original: Lord of scoundrels
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 287



Quem ama romances de época, como eu, não pode deixar de ler esta história encantadora. Uma vez que conhecia outras obras de Loretta Case, já esperava que esta me ‘pegasse de jeito’.


Você que também é amante dos épicos e históricos vai, com certeza, me compreender quando falo de certo fastidio que ocorre, frequentemente, nesse tipo de leitura devido à repetição de temas e clichês exaustivamente explorados por uma infinidade de autores. É inegável que nesta obra Loretta Chase faz uso de alguns desses elementos. No entanto, preciso ressaltar que ela também faz com que pareçam algo totalmente novo, pela maneira criativa e engenhosa com que escreve e descreve cada situação, cada cena.

O que mais me encantou nessa história, ambientada nos fins do século XIII e início do XIX, foi a incrível caracterização que Loreta Chase faz dos personagens, sobretudo, do protagonista Lorde Sebastian Ballister, quarto marquês de Dain. Somente com um olhar superficial, parece simples a reflexão que a autora faz sobre o ‘belo’ na obra. Certamente, enquanto eu lia, foi difícil dizer se sua essência trata da ‘beleza’, ou se da ‘feiura’, visto que a criatura descrita como a mais feia – e que de tão, tão feia chega a ser ofensiva e até mesmo vil –, tornou-se a mais bela que já existiu, aos meus olhos, sem que o narrador dissesse isso ao pé da letra. Contraditório, não é? Sim. Mas é por isso mesmo que considero a forma como a autora desenvolve os arcos narrativos durante a trama brilhante e nada singela.

Desde o seu nascimento, Lorde Sebastian, herdeiro de um importante marquesado inglês, carrega o estigma de sua descendência materna florentina. Isso para o egocêntrico inglês Lorde Dominikc Ballister, pai do mesmo, não é mais que uma mancha na linhagem de sua distinta e nobre família. Toda a antipatia que ele nutre pela esposa é transmitida ao filho através de seu desprezo e isso se agrava ainda mais pelo menino ter os inconfundíveis traços dos conterrâneos de sua mãe.

Devido a dramáticos acontecimentos, Sebastian acaba a mercê de seu cruel pai, que fará de tudo para tornar sua vida um verdadeiro inferno. A sociedade reproduz o comportamento de Dominikc num átimo e, a partir de então, segue-se um histórico repleto de bullyng, cuja vítima é ele. Sem tocar no conceito, que é contemporâneo, a autora trata desse tema tão delicado e discutido na atualidade com extrema sensibilidade, mas com algumas cenas chocantes que vão indignar o leitor.

Acontece que lorde Sebastian, além de ‘feio’, tem o temperamento de mil demônios e uma inteligência assombrosa. Ele não deixará barato todas as humilhações a que é submetido. Com o passar dos anos Sebastian deixa de ser o menino assustado a quem os colegas da escola fizeram de capacho, e torna-se um poderoso, absurdamente rico e temível homem. Mas por trás de toda a fortaleza e aparência assustadora se esconde uma alma profundamente ferida, que não consegue mostrar nada além daquilo que a sociedade espera ver nele: feiura por dentro, e por fora.

Isso tudo, até que uma bela solteirona, cujo temperamento e inteligência rivalizam com o dele, surge.

A Srta. Jessica Trent encanta Sebastian de tal maneira, que para tê-la ao seu lado ele é capaz de muita coisa. De maneira audaciosa essa mulher sacode seu mundo e balança suas estruturas.

Caros leitores (as), quero expressar minha alegria em resenhar este livro. Ele se tornou um de meus prediletos e isso não me surpreendeu completamente, uma vez que já admirava o talento dessa autora.

Está procurando um livro que te prenda do início ao fim? Quer uma obra bem escrita e emocionante? Então você precisa ler ‘O príncipe dos Canalhas’, esse delicioso livro, ganhador do prêmio RITA de melhor Romance Histórico.

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. É sem dúvida, um dos melhores romances de época que já lii!!! Quem diria que iriamos nos apaixonar por uma criatura tão edionda, mas transformada paulatinamente pelo amor, tornou-se um dos personagens mais lindos, que tive o prazer de ler. Meus parabéns a autora!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se você se recorda, Janaina, mas antes de comprar esse livro perguntei a você se valia a pena a leitura. Comprei graças a sua recomendação, e por isso aproveito para lhe agradecer, porque realmente passei ótimos momentos lendo esse livro! Beijo! Deh Ratton.

      Excluir
  2. Deh, eu já queria ler, mas depois da resenha fiquei com mais vontade.
    Parabéns pela resenha, VC como sempre arrasando.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Daya! Depois me conte o que achou da história! Beijos!

      Excluir
  3. Aaah eu amo romance de época e com esse não foi diferente, ver a transformação do personagem e ainda uma mocinha cheia de atitude valeeeu demais a leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do livro, Pri Hanai! Realmente a transformação ou talvez o descobrimento do protagonista sobre seu verdadeiro 'eu', foi o ponto forte da trama. Obrigada! Deh Ratton.

      Excluir
  4. Esse livro está na minha lista de vou ler tem um tempo e a cada segundo fico mais curiosa com ele. Definitivamente ele vai comigo nas férias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste, Mari! Eu li justamente na minhas férias e ele me prendeu bastante!

      Excluir