Resenha: Gaian, O Reinício



Título no Brasil: Gaian, O Reinício
Autor Nacional: Cláudio Almeida
Editora: Novo Século
Ano: 2015
Páginas: 370


Olá leitores,


O livro Gaian, O Reinício é do autor Cláudio Almeida. Por coincidência ele mora na mesma cidade que as fundadoras do blog e tive o prazer de conhecer essa pessoa rara pessoalmente. 

Vocês que me acompanham sabem que não é meu estilo de leitura, sou uma romântica açucarada assumida e até falei com Mariana (a outra fundadora do blog) que iria ler. Sou daquelas que acreditam que devemos enfrentar os desafios e quem sabe eles te mostrem que podemos gostar de algo novo e diferente? E Gaian fez isso!


O começo foi bem complicado, tenho um problema sério com nomes e Gaian tem nomes bem diferentes, que nunca vi na vida (e meu nome é bem comum né? rsrs Deve ser por isso que tenho esse problema).

O autor é bastante detalhista e muitas vezes fica cansativo, mas em Gaian foi necessário. Vou explicar: como a história é longa demais e nomes diferentes, quando o autor falava de tal personagem lá no meio do livro, eu nem lembrava mais quem era ele  de início (meu problema é sério rsrs); mas parece que o autor pensou em pessoas como eu e explicava um pouquinho sobre o personagem, o que facilitava minha vida.


Só não sei se para quem não tem esse mesmo problema, a história fica cansativa ou não... Depois vocês me contam, tá?


Gaian - O Reinício tem momentos eletrizantes e logo no prólogo tem uma batalha, a destruição do Reino do Norte, os paladinos (como os moradores da região são chamados) enfrentam homens que são possuidores de magia (e usam para a destruição) e outros que se transformam em lobisomens. A maioria dos paladinos morrem e o reino é destruído, os únicos sobreviventes são dois guerreiros sagrados.
A escuridão avança, e qual destino os homens escolherão? A força indomável do espírito, a eterna espera do medo ou a traição velada da ganância? Eu já fiz a minha escolha! Eu farei o meu destino! Pág. 156
Quando li o prólogo fiquei, "o que é isso??". Me senti aqueles meninos adolescentes que acabam de jogar uma partida de vídeo game, aqueles jogos de luta e seu personagem faz de tudo para sobreviver. Quando começa a história em si, aí que vamos entender melhor. Gaian é um mundo separado por reinos e é vivenciado no período antigo, as cidades são calmas e a população vive em total harmonia. Tudo muda quando o líder da região de Arinon, Ehlen, tem uns sonhos conturbados e marca uma reunião para contar aos Conselheiros, mas nenhum deles leva a sério e não acreditam que a qualquer momento uma guerra poderá existir. 
A busca por si mesmo é um caminho misterioso, árduo e encantador, pois cada passo significa o contato pleno com todas as preciosidades e desventuras que se traz na alma. Pág. 191
Na antiguidade, existiu um grupo de guerreiros sagrados que utilizavam magias para salvar o mundo e um dos guerreiros, Arffek, aparece na região de Arinon para uma missão; confirmando que o Reino do Norte foi devastado e que a guerra está a caminho. Depois vamos acompanhar Arffek e a sua busca pelos guerreiros sagrados por Gaian. São momentos tensos, muitas batalhas e conhecimento das magias antigas. Foi a partir daí que comecei a gostar mais da história.

Para mim, o final foi maravilhoso e intenso demais. Foi como se estivesse vendo um filme de guerra e cada cena é excepcional, sabe? Nem queria atender telefone, ouvir ninguém me chamando... queria só ler e saber como terminaria.
É preciso haver dor para se alcançar a paz? É preciso sempre seguir por esse caminho? Pág. 168
O autor tem uma mente muito fértil, sério!! Acredita que ele para escrever a história de Gaian, criou o mapa explicando como é a região? Os nomes dos personagens foram todos criados por ele e tem uma tabela explicando como pronuncia cada nome de personagem e região (detalhe, como moro na mesma cidade e devemos nos esbarrar por aí, vou decorar os nomes dos meus personagens favoritos. Não quero passar vergonha, né? rsrs).





***



Sinopse do Skoob: Gaian - o Reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da 7ª Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados, um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos dos guerreiros sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança? 
Seja bem-vindo(a) a Gaian - o Reinício. Um livro sobre perdas, poder, pureza, vingança, aprendizado, medo e sobretudo crescimento. Um livro onde o passado, o presente e o futuro se encontrarão para formar o destino.

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Daya sou fã de romance,mas, amo esses guerreiros Bárbaros. Agora imagina Bárbaros,lobisomens, dragões, elfos todos num livro só. Esse autor ganhou uma fã. E vc amiga como sempre arrazoou na resenha. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né Fernanda?
      Muito bom rs
      beijos e obrigada

      Excluir
    2. Complicado viu Daya. Eu como sempre sigo seus conselhos sobre que livro ler,pra resumir isso já são 02:08 da madrugada e eu aqui pensando...durmo ou leio mais um capitulo? Valeu pela dica!!!
      concordo com vc"O autor tem uma mente muito fértil"

      Excluir
  2. Oi amiga! Eu confesso que fiquei receosa... eu sou como você... muito romântica... açucarada! E não sei se um livro me prende assim, sera???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreza,
      Eu sou mesmo e assumida rsrs
      Mas para saber, só vc lendo :)
      beijosss e obrigada

      Excluir
  3. Eu adorei sua resenha. O Claudio já me provou queescreve super bem.
    Abraços!!
    http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir