Leituras da Mari: Em Busca de Cinderela - Colleen Hoover


Título no Brasil: Em Busca de Cinderela
Título Original: Finding Cinderella
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 160

Preparem-se, queridos leitores, para a resenha mais puxa-saco que vocês já leram na vida! E esse nem é o meu livro favorito dessa autora, mas foi necessário, porque mais uma vez temos a diva, divando. Colleen, eu te amo! (Vamos lá galera, geral, no coro comigo "Colleen, eu te amo!"). Ok... agora chega de puxar o saco da autora... Vamos apenas chover elogios para a obra.

Em Busca de Cinderela (tradução bizarra de Finding Cinderella, que seria "Encontrando Cinderela". Mas beleza, não vou surtar com isso) é o livro que eu não sabia que precisava ler.

Quando foi lançado pensei "eu não preciso saber a história dessa personagem, só a de Holder e Sky já foram o suficiente". MENTIRA! Eu precisava sim, só não sabia. Mas como a Colleen é um gênio ela soube por mim e fez a caridade de escrever para que eu pudesse ler e ser mais feliz.

Nessa obra conheceremos a história de nossos queridos coadjuvantes, Daniel e Six, e ainda teremos o prazer de matar um pouquinho da saudade de nossos queridos protagonistas dos livros anteriores, Sky e Holder.

Vocês lembram de que Daniel fala no livro SEM ESPERANÇA sobre uma cena de um encontro entre ele e uma mulher misteriosa no armário da escola? Pois então... Ele sempre suspeitou que fosse uma das professoras, mas nunca conseguiu reconhecer sua "amada Cinderela" em nenhuma delas ou nas alunas do colégio. Doze meses se passaram e Daniel ainda sofre por não a ter encontrado e teme nunca mais voltar a sentir com alguém aquilo que sentiu com ela. Mas não se enganem... Ele não é um personagem baixo astral que vive se lamentando; na verdade, Daniel é bastante divertido e, assim como esse livro "inodiável" (peguei emprestada a sua palavra viu Six!?)
"Talvez ela possa ser a Cinderela e eu, o Príncipe Encantado. É, gosto mais dessa opção. A Cinderela é gostosa mesmo pobre, suada e se matando de trabalhar na frente do fogão. Ela também fica bem bonita com vestido de baile. Além disso, nos conhecemos num armário de cheios de vassouras. Bem adequado."
Mas voltando... Quando tudo parece perdido para Daniel e seu coração fadado à solidão (momento ultra mega drama aqui), surge Six para salvá-lo... Ou para deixa-lo ainda mais desesperado. Vai depender muito do ponto de vista.rs.

É isso mesmo pessoal, nossa querida, forte e espirituosa Six, melhor amiga de Sky no livro UM CASO PERDIDO está de volta! Agora mais madura e com uma personalidade revigorante de se ler nessa era de mocinhas lesas que têm algodão doce no lugar do cérebro. Six pensa, é divertida e não tem "mimimis" ou "não me toques" imbecis.
" - Todos temos nossos segredos Daniel.Alguns de nós simplesmente esperam que eles fiquem escondidos para sempre."
A história desses dois vai perpassar a amizade e o amor, vai envolver você até que... BUM! Como sempre a tia Colleen vai jogar uma bomba no seu colo e te fazer questionar porque o mundo é tão injusto a ponto de deixar um autor ferrar tanto o seu emocional.

Eu queria contar mais, detalhes sobre o livro, mas tudo me parece spoiler então paro por aqui.

Um livro, na verdade, um conto, que pelo nome tinha tudo para ser simples, bobinha e melosa, mas que não é nada disso. Pelo contrário, é envolvente e capaz de fazer você rir, se apaixonar e ter o seu pobre coração partido em zilhões de pedacinhos (Oh, dor! Snif).


Sinopse do Skoob: Neste conto da bem-sucedida e adorada série Hopeless, o leitor conhecerá melhor dois personagens secundários de "Um caso perdido". Daniel está no breu do armário de vassouras da escola – o perfeito esconderijo para quem quer fugir do mundo real –, quando uma garota literalmente cai em cima dele. Às cegas, os dois vivem um curto romance, mesmo sem acreditar muito no amor. No fim a garota foge, como se realmente fosse a Cinderela e tivesse uma carruagem prestes a virar abóbora. Um ano depois, Daniel e sua princesa se reencontram, e percebem que é possível nutrir um amor de conto de fadas por alguém completamente real. Juntos, os dois irão perceber que fora do faz de conta, ficar juntos é bem mais difícil e os problemas de um casal são muito reais.

Leia resenhas de obras anteriores dessa série clicando nas imagens abaixo: 


Um caso Perdido (Hopeless #1)
Sem Esperança (Hopeless #2)

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Assim como você, eu achei que esse não era um livro que eu precisava. Isso foi antes, antes de ler a sua resenha. Eu sou completamente apaixonada pela Collin e esse foi o único lançamento dela que não fiz questão de comprar na pré venda. Bom, vamos mudar isso, não é?! Vou ali comprar o livro e já volto rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk Raiza, ruindo horrores aqui. Corre lá, compra, lê e me conta o que achou. Sério, valeu a pena na minha opinião. Achei impressionante a capacidade da Colleen em me comover em tão poucas páginas.

      Excluir
  2. Mari, já prometi pra mim mesma que minhas próximas leituras serão os livros da Collin.. Então este está na lista... rsrsrs

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EEeeeee coisa boa! Depois conta para mim sobre todos! Amo falar sobre os livros dela.rs.

      Excluir
  3. Mari quando vi a publicação no grupo pensei... Não vou ler a resenha ate ler o livro,achei que ia ser meio sem graça sabe Holder e Sky ja tinham levado meu coração. Me enganei! Daniel e Six conseguiram um pedaço enorme e só deles. eu fiquei meio chateada num capitulo,mas fazer o que?Realmente a Six doidinha de UM CASO PERDIDO amadureceu bastante. Queria mais desse novo casal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, isso que dá não ler a minha resenha. Acabou cometendo o mesmo erro que eu ao achar que era um livro que não prenderia, que seria desnecessário! kkk

      Eu amei esse livro. Apenas uma única coisinha me decepcionou um pouco, mas é a realidade nua e crua então fui obrigada a aceitar que na vida real seria daquela forma também, mesmo sendo triste. Tenho certeza de que sabe de qual parte estou falando.

      Excluir